Wada pode levar caso Solberg à Corte Arbitral do Esporte



Reportagem de Felipe Mendes no LANCE! de hoje. Leiam abaixo, na íntegra.

A alegria de Pedro Solberg com o arquivamento da acusação de doping pode estar com os dias contados. A Agência Mundial Antidoping (Wada) afirmou ao LANCE! que vai analisar o caso e, caso considere necessário, irá recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS) a fim de buscar uma punição ao jogador de vôlei de praia.

“Como faz com toda decisão tomada por um signatário do Código Mundial Antidoping, a Wada irá rever o caso cuidadosamente, sempre levando em conta o seu direito independente de apresentar recurso na Corte Arbitral do Esporte”, explicou, por e-mail, o diretor de Comunicação e Relação com a Mídia da Wada, Terence O‘Rorke.

O dirigente também informou que a Wada já está ciente das questões levantadas pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) no que diz respeito ao Ladetec, laboratório responsável pelo exame do atleta.

Segundo O‘Rorke, o caso envolvendo Solberg será analisado detalhadamente no encontro do seu grupo de peritos, entre os dias 9 e 11 de novembro, em Montreal, no Canadá. Na ocasião, a Wada também vai avaliar a situação do Ladetec, único laboratório do Brasil que tem a chancela da entidade.

Pedro Solberg disse não acreditar que a Wada irá recorrer à CAS:

– Tenho certeza de que não vão levar adiante. Se forem, vai ser o maior absurdo. Ficará ruim para a imagem da Wada. O laboratório da Alemanha é referência. Contratei químicos competentes que comprovaram o erro no exame – disse o atleta, que gastou mais de R$ 100 mil com advogado e especialistas a fim de provar sua inocência.

Bate-Bola
Pedro Solberg
Jogador de vôlei de praia, em entrevista ao LANCENET!

Você vai processar o Ladetec?
Ainda não decidi pois quero saber o nome de todos os culpados. Mas, com certeza, o Ladetec tem de pagar pelo erro que cometeu.

Acha possível conseguir a vaga na Olimpíada de Londres-2012?
Ficou difícil pois perdi vários torneios (a classificação é pelo ranking da FIVB). Diante do grande erro cometido, isso tem de ser reparado de algum jeito. Tenho de ter a oportunidade de brigar de igual para igual com as demais duplas. Este ano, continuarei jogando com o Ferramenta, mas não sei o que farei em 2012.

Entenda o caso:

A suspensão
No dia 8 de julho, a Wada informou à FIVB que a análise do exame de Pedro no dia 30 de maio, no Rio, mostrou a presença do esteroide exógeno 5a-Androstane-3a 127b-diol. Com isso, o atleta foi supenso provisoriamente.

A reviravolta
Devido ao atraso da análise da contraprova, além de depoimento do médico Eduardo de Rose indicando a possibilidade de falha do Ladetec, a FIVB anulou a suspensão provisória em 11 de agosto. Em 23 de setembro, a entidade solicitou nova análise, dessa vez no laboratório de Colônia (ALE). Como o exame não indicou substância exógena, a FIVB anunciou terça-feira o arquivamento do processo.



  • Pedro Solberg foi absolvido depois de gastar mais de 100 mil reais. Cesar Ciello também foi absolvido da acusação de uso de doping. O que será que está acontecendo, pois somente os não poderosos são condenados. Está tudo muito estranho.

  • Marcelo souza

    Olá Daniel, boa noite. Fiquei uns dias sem internet e estou voltando hoje para a velha retina de vôlei e mais vôlei. Passei aqui para lhe fazer uma pergunta. Teremos o bolão da Capa do Mundo de vôlei feminina? Diz que sim, diz que sim; sim????

    • Daniel Bortoletto

      preciso arrumar um prêmio, Marcelo

  • Graca

    Antes de suspender um atleta injustamente, destruir seu planejamento, dificultar sua classificacao p/ as olimpiadas, perder patrocinadores, expor sua dignidade perante ao publico, dve-se fazer exames em mais de um laboratorio para se ter certeza do laudo. Pois uma vez feito o estrago as cicatrizes permanecem. Depois que vc quebra um vaso, vc pode tentar cola-lo, mas as rachaduras ficam aparentes. O laboratorio Ladetec fez uma acusacao gravissima ao Pedro Solberg, porem o conceituadissimo Dr. Eduardo de Rose suspeitou do laudo do LADETEC, foi feito um novo exame na Alemanha, centro de excelencia em materia de exames anti-doping, que inocentou Pedro. SOLBERG vem de uma familia que contribui muito para o volei brasileiro, filho da MUSA Isabel e irmao de Maria Clara e Carolina. Ate o fatidico episodio era um dos favoritos ao Ouro Olimpico. Tem um curriculo invejavel: Campeão brasileiro: 2003,2004; Campeão mundial:2002,2003,2006; Campeão do Circuito Mundial 2008 e sua principal conquista individual foi o “REI DA PRAIA” em 2009, quando superou feras consagradas como Emanuel, Ricardo, Franco, Fabio Luiz, Marcio, Harley e Pedro Cunha, sendo o mais jovem atleta do campeonato.

MaisRecentes

Seleção masculina terá logística complicada na Liga das Nações



Continue Lendo

Seleção feminina jogará em Barueri na Liga das Nações



Continue Lendo

Sábado dos visitantes na Superliga masculina



Continue Lendo