Coreia x Coreia: vôlei em tempos de guerra



O mundo viu, nesta terça-feira, ataques mútuos entre as Coreias do Norte e do Sul, os piores nas últimas duas décadas, com uma possibilidade crescente de guerra na região.

Coincidentemente, o vôlei pode marcar o encontro entre as duas nações, no ápice da tensão bélica, no torneio feminino dos Jogos Asiáticos, em Ghangzhou, na China.

Sem a tradição das “irmãs” do Sul, as coreanas do Norte conseguiram vaga na semifinal da competição, eliminando a favorita Tailândia no tie-break, mesmo perdendo um set por 25 a 7.  Por uma improvável vaga na decisão, elas jogarão nesta quinta contra a China. Na outra semi, a Coreia do Sul, que eliminou o time B do Japão, vai duelar com o Cazaquistão. 

Eu vou torcer para que as duas Coreias avancem e provem,  mesmo sabendo do favoritismo chinês, que esportivamente é possível conviver em paz no mundo globalizado.



MaisRecentes

Itália, Sérvia, Holanda e China nas semifinais do Mundial



Continue Lendo

Sérvia e China mais perto das semifinais do Mundial



Continue Lendo

A Itália chegou mesmo para ficar



Continue Lendo