Convocação com Escadinha de volta e expectativa por Leal



Bernardinho anuncia hoje, em entrevista coletiva, a convocação da Seleção Brasileira masculina para a Liga Mundial. E existe a expectativa de algumas surpresas. Uma delas é o cubano Leal. Ele é sonho antigo da atual comissão técnica da Seleção, que projetava, segundo o blog apurou, a Liga em 2015 como competição de estreia do jogador com a Amarelinha.

– Não tenho muita informação sobre isso, mas se tenho a possibilidade de me naturalizar, gostaria muito. Tenho mais um ano aqui, se falarem comigo, seja o que Deus quiser – afirmou, ao repórter Alexandre Oliveira, do SporTV, antes de completar o porquê da possível escolha:

– Sou cubano e gostaria de jogar por minha seleção. Mas tenho um futuro na minha cabeça e gostaria de disputar uma Olimpíada, e se fosse pelo
Brasil, agora em 2016, estaria grato – disse Leal, que não atua pela seleção de Cuba desde 2010 e está no Brasil há três temporadas.

Outra novidade é o retorno de Escadinha, do Sesi. O líbero de 39 anos havia deixado a Seleção após a Olimpíada de Londres, mas segue jogando em altíssimo nível.  No período da ausência do campeão olímpico e mundial, Mário Júnior e Felipe foram os líberos utilizados. É uma excelente notícia.

O levantador William, do Sada, é outro que deve voltar à Seleção. Jogou muito durante a última Superliga e foi peça-chave no bicampeonato dos mineiros.



MaisRecentes

Quem fica com as últimas vagas na Superliga masculina?



Continue Lendo

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo