Conhecem a Eslováquia?



A seleção eslovaca é a maior surpresa do Campeonato Europeu masculino.

Durante a minha folga, no último fim de semana, recebi algumas notícias por celular, mas, por estar sem computador em casa, só pude me aprofundar agora. E não acreditei muito nas vitórias da Eslováquia sobre Bulgária, Polônia e Alemanha. Será que os rivais estavam desfalcados?

Ao ver as estatísticas dos duelos, me deparo com os búlgaros com Kaziyski, Nikolov e Zhekov,  os poloneses com Kurek, Zygadlo e Kubiak, e os alemães com Kromm, Grozer e Hubner. Ou seja, os eslovacos derrotaram três adversários fortíssimos, que estavam no último Mundial, pelo Grupo D da competição. Sair em primeiro lugar desta chave já é algo a ser muito comemorado.

Na próxima fase, as quartas de final, os eslovacos vão enfrentar o vencedor de República Tcheca e Polônia. Na semi, poderão duelar com Eslovênia, Finlândia ou Itália. Outras potências do continente, como Rússia e Sérvia, estão do outro lado da chave.

Por enquanto, o sucesso eslovaco está escorado em um trio ofensivo que está on fire, como gostam de dizer os americanos, e dois bons bloqueadores. O oposto Nemec e os pontas Divis e Sopko foram decisivos contra a Bulgária. Eles somaram 82 pontos. O restante do time, pra ter uma ideia, fez 20. Já diante dos poloneses, os centrais Kmet e Kohut foram 19 acertos, dez deles no bloqueio.

Por trás deles, um italiano: o técnico Emanuele Zanini.

Será que os eslovacos vão desbancar mais favoritos e irão garantir vaga na Copa do Mundo?



MaisRecentes

Coluna: Temos de falar sobre Douglas Souza



Continue Lendo

Atualização do ranking mundial mostra caminhos do Brasil para Tóquio-2020



Continue Lendo

Douglas Souza desbanca Lipe e Tandara na escolha do melhor do ano



Continue Lendo