Confusão pode desfalcar o Sesi



A confusão ocorrida em Campinas durante o primeiro jogo da final do Paulista masculino pode atrapalhar ainda mais a vida do Sesi.

O time da capital, que precisa vencer o segundo duelo contra o Medley/Campinas, sábado, para se manter vivo na briga pelo título, terá quatro jogadores julgados nesta quinta-feira: Lorena, Sidão, Leozão e Cleber.

Eles podem pegar até nove jogos de suspensão. Três integrantes da comissão técnica campineira também serão julgados, podendo pegar o mesmo gancho.



  • Joao Paulo

    Isso que dá contratar jogar que só sabe brigar… O Lorena marca sim muitos pontos, mas o tanto que erra não compensa o risco. Se fizer uma média entre pontos marcados x erros, o saldo é muito pequeno.
    Além do que, sempre dá um jeito de tomar cartão e tornar o jogo cada vez mais feio.

    • Luiz

      Discutir, tudo bem! É até do jogo. Mas, como aconteceu eu nunca vi. Os jogadores do Sesi pareciam moleques de rua.

  • Luiz

    Por mim, pegariam 100 jogos, ou deixariam o esporte para sempre.

  • Emanuella

    Leozão, Sidão e o tal Cleber merecem muito pegar alguns jogos.

    o Lorena foi quem como sempre inflamou a briga, mas na hora das agressões aos dirigentes não vi ele, talvez não enxerguei mesmo, mas ele eu não vi dar socos em ninguém.

  • Erlon H. Santos

    Tem que ter uma punição pesada, para servir de exemplo aos futuros problemas, pra não virar rotina essas brigas no voleibol. Que sirva de exemplo essa punição para acabar com essas baixarias.
    E sem forem punidos, espero que o Sesi possa aplicar uma multa a esses jogadores que esqueceram de jogar voleibol partindo para a pancadaria, e desrespeitaram o nome da equipe ( Sesi ), a equipe adversária e tb os torcedores.

  • Rogerio

    O Volei deve ser moralizado. Não deve ser que nem o futebol, onde só os pequenos são punidos e sempre existe favorecimento aos times de SP e RJ.
    O Volei deve se livrar deste joagdores que denigrem o esporte.
    Sugiro que os jogadores do SESI participem do UFC.
    Lorena, volta para a russia, itália ou turquia – sei que lá tu joga bem quetinho!

MaisRecentes

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo

Com emoção, Corinthians se garante na Superliga



Continue Lendo