Comparação Rússia (atual) com Cuba (década de 90)



Texto abaixo foi publicado na edição de hoje do LANCE!, em reportagem sobre derrotas marcantes da atual geração para a Rússia e do time de Ana Moser, Fernanda, Marcia Fu, Ana Paula, entre outras, para Cuba.

Pergunte para torcedores mais antigos quem foi o grande adversário da Seleção Brasileira feminina no vôlei na década de 90. Dez entre dez responderão Cuba. Faça o mesmo com a geração atual, e a resposta unânime será Rússia.

Coincidentemente, nos dois casos, algumas derrotas verde-amarelas foram bem mais marcantes do que várias vitórias.

Ao analisar estilo de jogo, percebe-se uma semelhança. Cubanas e russas abusam do físico. As caribenhas são mais fortes. As europeias, altas. E é claro que o Brasil, mais técnico e habilidoso do que a dupla, sofre com isso.

Mas, a partir daí, querer transformar derrota para o mesmo rival em freguesia é demais.

Qualquer semelhança é mera coincidência?



MaisRecentes

Sada/Cruzeiro ou EMS/Taubaté? Vai sair o finalista



Continue Lendo

Vaivém: Uma saída e uma renovação no Sesi



Continue Lendo

Vaivém: Sesi Bauru renova com cubana Palacio



Continue Lendo