Como fica a fase final do Grand Prix



Estados Unidos, China, Rússia, Brasil e Holanda são as cinco seleções classificadas para a fase final do Grand Prix. A partir do dia 6 de julho, as cinco seleções disputarão o título, ao lado da anfitriã Tailândia, única que não estará na Rio-2016, numa espécie de pré-0límpico de luxo em Bangkok.

A Seleção Brasileira encerrou a fase de classificação, neste domingo, batendo a Turquia por 3 a 0 (25-14, 25-21 e 25-19), com 14 acertos de Natália e 10 de Gabi, em mais uma partida usada como teste de elenco por José Roberto Guimarães. O resultado fez o time verde-amarelo fechar em quarto lugar no geral, com 22 pontos, com sete vitórias e duas derrotas. Estados Unidos (24), China e Rússia (23) ficarão à frente. Os três times fizeram campanhas idênticas: 8V e 1D. Hoje, inclusive, no confronto direto pela liderança, as americanas derrotaram as chinesas por 3 a 0 (25-19, 25-21 e 25-17), com 18 pontos de Larson e mais 15 de Kimberly Hill.

Fabiana em ação contra a Turquia (FIVB Divulgação)

Fabiana em ação contra a Turquia (FIVB Divulgação)

O quarto lugar deu uma facilitada no caminho brasileiro na próxima fase. A Seleção ficou no Grupo K, com as donas da casa tailandesas e as russas. O J, bem mais difícil, terá americanas, chinesas e holandesas. Caso a tabela prévia no site da FIVB seja mantido, a estreia do Brasil será no dia 6/7 contra a Tailândia, às 8h (de Brasília). No dia seguinte, no mesmo horário, o clássico com a Rússia.

As duas melhores de cada chave passarão para as semifinais. Espera-se assim que o Brasil encerre o Grand Prix enfrentando todas as adversárias com potencial para brigar pelo ouro na Rio-2016.

 



MaisRecentes

Vaivém: Hooker veste a “camisa” de Osasco



Continue Lendo

Brasil se recupera com 3 a 0. Mas não foi assim tão fácil



Continue Lendo

Uma satisfação



Continue Lendo