Começou a Copa do Mundo masculina



Começou nesta madrugada, no Japão, a versão masculina da Copa do Mundo.

12 seleções, todos contra todos em uma maratona de 11 jogos em 16 dias e duas vagas olímpicas para a Rio-2016 em jogo.

Do favoritos, Estados Unidos, Polônia e Rússia venceram seus jogos por 3 a 0, respectivamente diante de Austrália, Tunísia e Venezuela. Certamente os três estarão na briga até o fim pelos lugares na Olimpíada.

Além deles, coloco outras quatro seleções com capacidade de incomodar: Itália, Canadá, Argentina e Irã. E elas acabaram fazendo os confrontos diretos mais interessantes da primeira rodada.

O cubano Juantorena, que agora defende a Itália (FIVB Divulgação)

O cubano Juantorena, que agora defende a Itália (FIVB Divulgação)

Os hermanos, de virada, fizeram 3 a 1 (25-27, 25-22, 25-22 e 26-24) nos iranianos. No banco de reservas, Julio Velasco comandando os argentinos contra o time que ajudou a construir e colocar nos holofotes internacionais. Conte marcou 26 pontos.

Já a Azzurra também precisou de quatro sets (25-19, 25-20, 22-25 e 25-13) para bater o time de Gavin Schmitt, autor de 15 pontos. Pelo lado italiano vale ficar de olho na dobradinha Juantorena, cubano como muita força e talento, e Zaytsev, perdoado após os excessos no Rio antes das finais da última Liga Mundial.

Como pôde ser lido, a Copa do Mundo masculina terá, no papel, bem mais equilíbrio do que a recém-terminada competição feminina.



MaisRecentes

Vaivém: Abouba espera aproveitar chance da vida no EMS/Taubaté



Continue Lendo

Vaivém: Arlene, com 48 anos, segue em atividade no Sesi Bauru



Continue Lendo

Vaivém: Sada/Cruzeiro emite nota oficial sobre situação de Simon



Continue Lendo