Com susto no segundo set, Brasil vence a terceira na Liga



A terceira vitória do Brasil em três jogos nesta Liga Mundial não foi das mais tranquilas, nesta sexta-feira. 3 a 1, com parciais de 25-20, 21-25, 25-19 e 25-18 sobre a Austrália, em São Bernardo do Campo, desta vez com ginásio lotado.

Brasil no duelo com a Austrália (FIVB/Divulgação)

Brasil no duelo com a Austrália (FIVB/Divulgação)

No domingo, as duas seleções voltarão a se encontrar, às 10h. E certamente os testes na equipe da casa – já classificada para as finais – continuarão. Hoje, a dupla Bernardinho/Rubinho optou por Evandro na saída de rede (Leandro Vissotto jogou a estreia e Wallace foi titular no segundo jogo em BH contra a Sérvia), Lipe na ponta, fazendo dupla com Murilo (antes jogaram Lucarelli/Lipe e Lucarelli/Murilo) e Eder no meio ao lado de Lucão. No levantamento, William, que saiu jogando no domingo passado, foi mantido, assim como o líbero Escadinha, titularíssimo.

E o desempenho do time em quadra foi até consistente no início. O saque entrou, dificultando a vida australiana. Por ser quase time de um atacante só, a equipe da Oceania se viu ainda mais obrigada a usar o oposto Edgar (forte e inteligente para explorar o block) na maioria dos ataques. Ele é acima da média, certamente. Mas é difícil carregar um time nas costas quase sozinho diante de um rival como o Brasil.

O único momento de preocupação aconteceu no segundo set. A Austrália chegou a ter uma cômoda vantagem (16 a 11), se aproveitando de escolhas ruins do Brasil no ataque. A diferença foi caindo, até o empate em 21 a 21, em grande parte graças à virada de bola de Evandro, oposto de 2,07m que vem de uma boa temporada no Japão. Mas um erro de ataque de Lipe, outro de passe de Escadinha… E os “cangurus” empataram.

O terceiro set começou novamente com a Austrália na frente, aproveitando que os erros de saque do Brasil. A opção foi tirar o peso e jogar a responsabilidade para o outro lado. E funcionou. O bloqueio parou alguns ataques australianos (Riad entrou bem), a defesa possibilitou alguns contra-ataques e a virada aconteceu antes do segundo tempo técnico. Destaco um jogador para representar a virada: Murilo. Fez pontos importantes no block e apareceu na virada de bola, em algumas bolas aceleradas por William e também pelo fundo.

No set final, a Austrália endureceu até o primeiro tempo técnico, mas foi sucumbindo aos poucos diante da superioridade técnica brasileira e da força de Evandro (19 pontos), o nome da partida, que aos 33 anos chega para brigar por um lugar ao sol na Seleção neste ano pré-olímpico.

 



  • Rafael Silva

    Evandro foi muito bem, tomara que ele continue assim e chute o preguiçoso do vitoco pro raio que o parta, Lucao entrou pra jogar, mas passou batido.Riad entrou e mostrou cono se faz um bloqueio de vergonha e acabou ficando pro resto do jogo, Eder foi daquele jeito de sempre não comprometeu,mas também nao fez a diferença,Murilo fez alguns bloqueios importantes e foi bem, Lipe TB foi regular,William TB foi bem, Serginho falar dele e chover no molhado, craque d+

    • jose herbert arujo

      Disse tudo Rafael. Há tempos que o Evandro merece. Sempre disse que ele é muito mais eficinete que a preguiça do Vissoto, que só tem altura.

  • Aline

    Uma coisa é certa: RIAD veio pra ficar, foi só ele entrar e já foi pondo moral no meio-de-rede!
    RIAD hoje está um estágio acima dos demais centrais. Éder fez bom jogo, mas Lucão deixou a desejar…
    Por quê separaram a dupla Wiliam-Walace? Eles foram a dupla sensação contra a Sérvia, tem entrosamento, funcionam muito bem juntos.
    Murilo e Serginho espetaculares.
    Lipe tem que parar de levar toco no SIMPLES, mesmo quando o Wiliam o deixava mano-a-mano, ele conseguia levar seus tocos. Prefiro a dupla MURILO-LUCARELLI de titular.

    • Robert

      Deu a entender que no próximo jogo deve entrar o Rafael com o Wallace, e pra aproveitar o adversário mais fraco pra entrosar todos os jogadores já que a competição é longa e pode ocorrer alguma lesão até a fase final.

  • albertho

    Tanto experimento e no final a gente sabe quem serão os titulares, ou seja a panelinha de sempre.Infelizmente a seleção é de nepotismo e apadrinhados e agora a aposta é nos dinossauros. É só comparar com a filosofia de trabalho da Polônia e dos EUA e ver o futuro que espera pra seleção brasileira.

    • Julio

      Concordo. Se o segundo lugar não é posição ruim, como tem sido o histórico do Brasil há vários anos, voltar a ficar no primeiro lugar precisará de ‘algo’ a mais. E esse ‘a mais’ tem sido mostrado por quem tem ficado no primeiro lugar nos diferentes torneios dos últimos anos: Botar pra jogar que está rendendo bem no momento.

      Se o Bernardinho quiser mesmo voltar a ficar no primeiro lugar, precisará abdicar urgentemente do apadrinhamento/corporativismo. E se ele quiser um exemplo claro, hoje Lucão e Riad deram um: Enquanto Lucão estava em mais um dos seus dias de ‘regularidade’ (e o Tande corporativista falando que o problema do Lucão era ‘excesso’ de musculação), o Riad, que também deve estar fazendo tanto quanto ou mais musculação que o Lucão, literalmente ‘engoliu’ o Lucão ao substituí-lo.

      Isso sem falar na comparação entre o jogo do Vissoto, que não rende desde o mundial de 2010, e o jogo do Evandro…

      • Kleber Alves

        O Leandrão jogou bem na semana passada. Sejamos justos…

    • Aline

      Gente que depressão Albertho! O pessoal nunca satisfeito com nada? O Brasil muda, troca, entra e sai jogador e continua mantendo o alto nível, continua vencendo e o pessoal não para de reclamar!
      Reclamar por reclamar fica chato gente!

    • wilzon

      Concordo plenamente com você!

  • Mario

    Achei o jogo bem feio. Nao gostei do Lucao e do William.

  • queline

    Gente eu vi outro jogo William foi bem a onde levantando bola baixa não agrega em nada seleção pelo contrario só deixa a seleção mais exposta na rede e digo mais tá perdendo a disputa para o rapha Bernardinho só vai levar pra europa dois levantadores um é o bruno.

  • Robert

    O melhor foi ver o Murilo atacando bem, isso sim é o melhor reforço que podemos ter. Não da pra avaliar muito por conta também do adversário, mas gostaria de ver no próximo jogo Lucarelli e Lucas Loh Juntos, seria interessante ver como ambos se comportariam com essa responsabilidade na recepção. Lucão jogou um pouco abaixo hoje, mais todos sabemos que ele pode muito mais que isso. E a diferença dessa temporada é que parece que todos estão bem fisicamente e isso pode fazer muita diferença na fase decisiva.

  • Edson

    Acho que pode destacar mais o Riad. desde a entrada dele o Brasil, passou a virar as bolas de meio (o que não estava acontecendo com o Lucão) e o bloqueio passou a funcionar.

  • marcian

    Não gostei de duas coisas: dos erros bobos em geral, e do SAQUE INEXISTENTE! Muitos erros de saque, contra uma seleção melhor, isso pode custar caro.
    O Willian arrisca muito, é ousado demais. Isso pode ser bom e ruim. Errou o tempo de bola em alguns momentos, mas sou fã dele, ainda assim.
    Evandro foi muito bem tb! Fez o que um oposto deve fazer, atacar e pontuar.
    Agora, como o Riad foi superior ao Lucão. Muito superior.

  • Carlos Monteiro

    Daniel, só reportando um erro na sua matéria – (Antes jogaram). Parabéns pelo blog, abraço.

    • Daniel Bortoletto

      nossa. essa foi feia.
      obrigado e corrigido

  • Billy

    Tomara que o cara de bobalhão do ÉDER,caia fora de vez da seleção,dando lugar em definitivo pro ISAC e pro RIAD(que estão muito melhores).Tomara também que a comissão técnica permita que o EVANDRO(oposto alto e de muita força física)permaneça e excluam de vez o Wallace.Recapitulando…o baixotinho do William Arjona(mago de araque)continua com aquela sua¨ barbicha de bode¨ cada vez mais medonha(bom…feio ele já é naturalmente,com barba ou sem).DEFINITIVAMENTE…eu não gosto desse levantador baixinho.Será que ele não têm um mínimo de desconfiômetro!!???

  • Ari

    A torcida paulista é outro nível, domingo o show vai ser maior ainda.

  • Jsg

    O Evandro foi o nome da partida. Atuou como um verdadeiro oposto: Virando bola e desafogando o time quando precisou. Riad foi simplesmente fantástico: Bloqueou e atacou, mostrou para o Lucão como se faz. Willian hoje foi muito óbvio em seus levantamentos, por várias vezes arriscou com o Lucão pelo meio e não deu certo. Ele não rende na seleção aquilo que estamos acostumados a ver no cruzeiro. Enfim a seleção titular na hora decisiva deve ser a mesma que estamos acostumados a ver: Serginho; Bruno/Vissoto ou Wallace; Sidão/Lucão; Lucarelli/Murilo. Mas acho que se levarmos em conta o atual momento a seleção titular deveria ser : SERGINHO; RAPHA/WALLACE; ISAC/RIAD; LUCARELLI/MURILO. Gostei muito da participação do oposto Evando, poderá ganhar mais chances e lutar pela titularidade com Wallace. Evando é mais alto e pega a bom mais alta, ao passo que Wallace é muito forte nas bolas mais rápidas. Enfim, sobre o jogo achei um bom teste. A Austrália vem crescendo no cenário internacional e tem o oposto Edgar como grande nome da equipe. Acho que pelo jogo de hoje Rapha; Riad e Isac merecem voltar a equipe titular que enfrentará a Austrália no domingo.

  • Luciano

    Bom, espero estar errado, mais os 14 que serão relacionados para as finais serão: Bruno, Raphael (levantadores), Wallace e Leandro Vissoto (opostos), Lucão, Sidão, Eder, Riad (centrais), Murilo, Lucarelli, Lipe e Lucas Loh, (ponteiros), Serginho e Felipe(líberos).

    Ou ele vem com Maurício que é ruim pra caramba (ponteiro),no lugar do Loh, e também deixa o Isac de fora porque não é da panelinha.

  • Rômulo

    Riad atualmente é nosso melhor central, sem dúvidas. O impacto que ele teve no jogo de hoje foi claro. Éder, como sempre, não me convenceu. Pelo menos estaremos bem servidos de centrais para as Olímpiadas ano que vem.

    Há quanto tempo que o Murilo não faz 12 pontos num jogo? Londres? Como bloqueou ele hoje. Me lembrou daquele jogo de quartas entre SESI e Canoas onde ele fechou completamente a rede e o SESI avançou pras semis. Gostei de ver.

  • Juliano

    Ainda acho o Willian patético na seleção. Mt travado e ruim nas pontas. Melhor levantador q temos p saída, mas só nisto q vem jogando bem. Ou ele destrava ou vai perder a briga com Raphael. Ñ sei p q serve o Éder na seleção, assim como Sidão. Lucão ñ quis jogar, simplesmente. Riad, p mim, foi o nome do jogo. Sem a entrada dele era capaz do Brasil ter ido ao quinto set, e aí td poderia naufragar. Felipe foi irregular por causa do Willian. Lucarelli jogou da mesma forma com ele. Murillo levou bons tocos na ponta tbm, só virou mais na pipe e na saída, quer dizer…

    Por fim, Evandro finalmente mostrou algo mais na seleção. Espero q ele só cresça p colocar o Vissotoco p fora da seleção.

  • Aline

    William Wallace é o maior herói da história da Escócia, foi um guerreiro que liderou os escoceses contra a dominação inglesa. Venceu o exército de Eduardo I de Inglaterra na “Batalha da ponte de Stirling” ou “Stirling Bridge”.Sua participação foi decisiva na Guerra da Independência Escocesa. William Wallace venceu os ingleses em várias batalhas, culminado com o nascimento do Estado escocês.
    William Wallace teve sua biografia retratada no filme Braveheart (Coração Valente), dirigido e estrelado por Mel Gibson.
    Na seleção temos que ter nossa dupla WILLIAM-WALLACE jogando juntos, eles são o CORAÇÃO VALENTE da seleção brasileira. Contra a Sérvia essa dupla arrasou, mostrando extremo entrosando, eficiência e velocidade.
    Acho que em vez de jogar com Evandro, William deveria ter jogado com Wallace no time titular. Deixa o Evandro e o Vissoto jogarem com o Raphael e o Bruninho, mas não separem a nossa dupla CORAÇÃO VALENTE WILLIAM-WALLACE, por favor!!!

  • jose herbert arujo

    Eita que tem gente queimando a língua. Apostou no esvaziameto dos ginásios nos jogos de võlei, errou longe. O vôlei “bombou” na globo, band e com Ginásio lotadaço. Só isso.

  • joao

    Uma curiosidade. Estou assistindo o jogo entre Estados Unidos x Russia e não vi o Sander na equipe titular.. por um acaso ele está poupado ou lesionado?

    • Ari

      Estava jogando mal e foi substituído por outro ponteiro novinho que jogou muito, acabou perdendo espaço.

  • Peu

    O time precisa ser esse: WILLIAM-WALLACE-EVANDRO-MURILO-RIAD-ISAC-ESCADINHA

    • Lucas

      William foi ruim demais acorda.

    • Você só pode estar louco, o William está se mostrando um levantador medíocre na seleção e tenho certeza que vai perder a vaga para o Rapha, e acho que só foi convocado por falta de um levantador melhor !

    • Mario

      Os levantadores depois de hoje com certeza : Bruno e Raphael.

  • Eu acredito que a nossa seleção ganhou muito com a linha de passe pois o serginho tem muita moral com os outros mais a verdade e que o estilo de jogo do brasil e muito deslocado no central aí é que vem o perigo os adversáros já sabem isso e marcam pesado o lucarreli na ponta ou walace ou vissoto na saída..vira um jogo sem alternativas

  • Billy

    William Arjona(o mago de araque)só fez sua carreira jogando na Argentina(que é um país medíocre no quesito de se ganhar títulos internacionais)Jogar por lá,qualquer levantador MEDIANO pode ser alçado á condição de craque(campeonato argentino=sem expressão nenhuma e muito fraco).Prá mim, o ¨mago¨não deveria nem ter sido convocado prá treinar com a seleção brasileira.Muito baixo e fraquinho…(o seu bloqueio não existe praticamente na rede)

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo