Com muita ajuda do banco, Brasil bate EUA e segue 100%



O início não foi animador, mas o Brasil se recuperou, venceu a seleção dos Estados Unidos por 3 a 1 e garantiu a quinta vitória em cinco jogos na Liga Mundial de 2011.

Sem Gustavo, Giba e Dante, o time precisou dos 12 titulares, como gosta de dizer Bernardinho, para superar o intenso volume de jogo americano.

Do banco, Sidão substituiu Lucão para resolver o problema do bloqueio, mas não tendo o fundamento como seu destaque individual. Somou sete pontos (três no block e quatro no ataque). Marlon e Théo, nas inversões do 5-1, também foram importantes, com o levantador sacando bem e o oposto ajudando no block.

Vissotto foi o maior pontuador do time, com 14 acertos, seguido por João Paulo Bravo, regular outra vez, com 12.

Do lado dos EUA, Stanley e Priddy, sempre eles, anotaram 13 cada.

Assim, o Brasil segue na ponta com 15 pontos, pavimentando com solidez o caminho para as finais na Polônia.

Vocês apontam qual jogador como destaque do Brasil em BH, neste sábado?



MaisRecentes

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo

São Bernardo desiste do Paulista. Alerta ligado na Superliga



Continue Lendo

Brasil leva virada dos Estados Unidos em terceiro amistoso



Continue Lendo