Com França na final, Liga terá campeão inédito



A Liga Mundial terá, em sua 26ª edição, um campeão inédito: Sérvia ou França.

Depois de mais um tie-break, neste sábado, os franceses se transformaram no segundo finalista da Liga Mundial, parciais de 25-23, 25-23, 19-25, 22-25 e 17-15.

Será a quinta final dos sérvios e a segunda dos franceses. Em 2003, 2005 e 2009, o Brasil estragou a festa da Sérvia. O mesmo aconteceu em 2006 com a França. O outro revés sérvio foi contra os EUA em 2008.

Ngapeth em um dos seus explosivos ataques (FIVB Divulgação)

Ngapeth em um dos seus explosivos ataques (FIVB Divulgação)

A classificação francesa teve um roteiro bem parecido com o da preliminar. O finalista abriu 2 a 0, viu o rival reagir, forçando o tie-break, mas teve forças para se recuperar na parcial decisiva. E o que foi o tie-break!

O bloqueio fez a diferença no quinto set a favor do time francês. Foram quatro pontos no fundamento, incluindo o último, de Ngapeth, num simples em cima de Kurek, o grande nome da Polônia, que já havia marcado 25 pontos no ataque. Os franceses, na verdade, comemoraram duas vezes a ida para a final. Após a explosão de alegria de Ngapeth, a Polônia solicitou o desafio. Um último suspiro, tentando descobrir se as câmeras haviam captado alguma irregularidade na ação. Depois de mais de dois minutos de espera, com o time francês abraçado no centro da quadra, o telão do ginásio mostrou que nada de anormal aconteceu, para a segunda festa dos Bleus na quadra.

Rouzier fez 25 pontos para a França, 22 deles no ataque. Kurek terminou com 28 para a Polônia. Ngapeth, o cara do tie-break, fez 19.

O confronto europeu na decisão acontecerá  neste domingo, às 11h30, no Maracanãzinho, no Rio.

 



MaisRecentes

Vaivém: Sesc confirma renovação de ponteiras



Continue Lendo

Seleção mantém embalo e não toma conhecimento das dominicanas



Continue Lendo

Vaivém: Site crava volta de Hooker ao Osasco



Continue Lendo