Com emoção, chinesas e sérvias se garantem na Rio-2016



Deu a lógica na última rodada. Mas com um pouco de emoção.

Na rodada final da Copa do Mundo feminina, China e Sérvia venceram e carimbaram os passaportes para a Rio-2016.

As chinesas derrotaram o Japão, time da casa, por 3 sets a 1, parciais de 25-17, 22-25, 25-21 e 25-22, confirmando ainda o título. Ting Zhu, sempre ela, saiu do jogo como destaque, ao anotar 27 pontos. Ao término da rodada ela foi eleita a melhor jogadora da competição.

Já as sérvias correram um risco bem maior. Abriram  2 a 0 nas limitadas argentinas, levaram o empate e precisaram do tie-break para a confirmação da vaga olímpica. 25-16, 25-19, 20-25, 23-25 e 15-4 foram as parciais. Boskovic anotou 30 pontos. Após o jogo, as sérvias admitiram que a pressão pela vitória e consequente vaga olímpica quase fez o time sucumbir.

Russas e americanas, que ainda sonhavam com a vaga em caso de tropeço de um dos rivais, venceram seus jogos em sets diretos diante de Argélia e República Dominicana, respectivamente, mas precisarão confirmar um lugar no Rio de Janeiro, em 2016, nos pré-olímpicos mundiais.

Além de Ting Zhu, os demais prêmios individuais (alguns bem polêmicos, pra variar) foram:

Melhor oposto: Goncharova (RUS)

Melhor levantadora: Marte (DOM)

Melhor ponta: Mihajlovic (SER)

Segunda melhor ponta: Kosheleva (RUS)

Melhor central: Lescay (CUB)

Segunda melhor central: Dixon (EUA)

Melhor líbero: Castillo (DOM)

 

 



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo