Com discussão e tudo, Brasil convence



Gostei do que vi na vitória brasileira sobre a Argentina por 3 a 0, parciais de 25-22, 25-20 e 25-21.

Time concentrado desde o início, bem diferente do jogo com a China, o levantador Marlon quase perfeito na escolha dos jogadores para o ataque graças também à consistência da linha de passe, Leandro Vissotto novamente decisivo e com grande aproveitamento ofensivo (17 pontos), Giba importante no saque e contra-ataque, Murilo colocando no chão nove das 13 bolas que recebeu, os centrais com três pontos cada no bloqueio. E até a cena de Escadinha discutindo com Bernardinho no segundo set mostra, na minha opinião, o resgate daquele espírito vencedor que sempre marcou este grupo.

Já vi e ouvi falar sobre alguns atritos nesta linha dentro deste grupo. E sinceramente acho que faz parte e muitas vezes ajudou este time a se fechar e conquistar campeonatos. Para que não criem nenhuma teoria de conspiração, vejam o quanto Escadinha fala durante os tempos.

– Não conseguimos jogar calados. A nossa equipe tem um espírito guerreiro dentro da quadra e isso foi uma discussão normal. Já havia acontecido em outras vezes – disse o líbero.

Na classificação, a situação do Brasil não mudou. Polônia e Rússia venceram seus jogos e seguem na frente. Cuba, que ganhou da Itália, vai entrar mordida na próxima rodada, já que ainda tem chances de ficar no top 3 e garantir vaga na Olimpíada de Londres.



  • Márcio Tame

    A Seleção jogou muito bem, Giba novamente junto com Murilo dão a estabilidade que o time precisa. Vissoto virando quase todas as bolas. A discussão ao meu ver foi devido a tensão do jogo e pela exigencia dos envolvidos. Bernardinho extrapolou ao cobrar em demasia, Serginho estrapolou por continuar a briga. Murilo foi o mais sensato, retrucou o tecnico e virou as costas…Daniel Parabéns novamente pelos seus comentarios, não escrevendo sobre teorias e sim sobre fatos. Isso sim é jornalismo, o resto é sensacionalismo barato!!

  • Daniel

    Quanto a discussão, o Serginho foi totalmente desrespeitoso com seu chefe. Sabe vergonha alheia? Quanto ao jogo, a Argentina entregou, assim como fez a Sérvia contra a Rússia. E aposto que os sérvios irão abrir as pernas contra os italianos, mas veem de Miljkovic e cia contra o Brasil. E Facundo Conte estará de volta nesta madrugada. Todo mundo querendo um pré-olímpico mais fácil. Chegou a ser constrangedora a partida.

  • emanuella

    foi constrangedor ter que ver aquilo pela tv, Serginho se meteu numa briga que não era dele e quase agrediu o técnico. péssimo exemplo. acho que essa baixaria manchou tudo que foi feito até agora. Serginho deveria se desculpar publicamente pela baixaria que fez, acho que ele esqueceu que a câmeras e microfones testemunhando o comportamento dele.

  • klaus

    Muito boa a sua postura Daniel.Esse tipo de discussões acontecem e não podem ser mais importantes do que a vitória da seleção.Acho até que o Serginho extrapolou um pouco, mas é aceitável e perdoável devido à tensão que a seleção vive de ter que ganhar tudo.Espero que isso seja o ingrediente que faltava pra seleção jogar com fome de bola e conseguir o tricampeonato .Já que a Sérvia está ajudando a Rússia, espero que a Argentina também nos ajude e tire pelo menos um ponto dela.

  • Adriano

    Vocês acham mesmo que o Brasil convenceu? Eu não faço essa leitura da partida. O caldo entornou, naquela discussão, não foi à toa, e acho que isso, neste caso, não tem nada a ver com sensacionalismo. O Brasil estava jogando para o gasto, nada além disso, e foi bem assim, cozinhando em banho-maria, que ganhou a partida. Óbvio que o time estava mais concentrado que nos jogos contra China e Itália, mas bem abaixo do ritmo que impôs à Rússia, e também aos EUA.

    O Weber desistiu desse jogo antes de começar, até porque para ele não é negócio tirar pontos do Brasil, já que a Argentina conta com o Brasil garantindo sua vaga já na Copa, pra não ser adversário no qualificatório Sul-Americano. E a Argentina não tem reservas à altura. Mesmo assim, contra um time de garotos, o Brasil cometeu erros bobos. Claramente não fez bem ao time essa estratégia do Weber, e creio que teríamos nos apresentado melhor se tivessem jogado os titulares da Argentina.

    Os próprios jogadores estavam irritados quanto a isso, tanto é que antes de estourar pra cima do Bernardo, o Escada já tinha chamado atenção dos outros caras. Na verdade, não deu pra entender muito bem o que é que o Bernardo estava cobrando do Murilo, mas, ao chamar o time pro jogo, ele estava coberto de razão, e certamente, com mais calma, depois, o Escada concordaria com isso. Na certa, tava muito estressado na hora e foi o jeito dele de desopilar.

    Mas de modo geral, achei o nível do jogo insatisfatório, assim como a atuação da seleção. Vamos ver como o time entra contra Cuba, que é bem inferior, mas vem embalada com essa boa vitória de hoje sobre a Itália.

  • loyana

    kkkkkkkkkk, é Berrnardinho quem te viu quem te vê…. quando treinava o feminino só faltava dar socos e pontapés nas meninas…. agora no masculino só falta é levar porrada dos jogadores … O Serginho ainda mandou um sonoro “vai tomar no c*” na cara dele…. hum hum, tem cada “machão” no esporte né.

    Obs: Serginho vc tá completamente errado! Bernardinho isso é que dá não levar líbero reserva , sem, concorrência o cara fica se achando o indispensável no elenco…. isso aí é pra mandar pra casa na hora e não ser convocado nunca mais.

  • Afonso (RJ)

    Li uma notícia, não me lembro onde nem quando, que o Bernardinho tinha afirmado que deixaria o comando da seleção após a próxima olimpíada. O que posso imaginar é que é bem provável que haja desgaste de relacionamentos dentro do grupo.

    Outra coisa que já comentei aqui, e que não me sai da cabeça, é aquela história da dispensa do Rodrigão do Pinheiros e depois do time que o contratou na Turquia, acusado de agenciamento ilegal, o que envolvia o Leandrão. Na época, a empresa 7mais7 que, me parece, tem a participação do Rodrigão, também agenciava o Giba, Bruninho e Lucão. Ficou tudo meio que mal explicado.

    O que quero dizer, é que me parece haver muito mais interesses envolvidos do que simplesmente vitórias e conquistas para o nosso esporte. Só espero que com tudo isso continuem a vir os títulos. Mas confesso que estou preocupado, e não só por causa da discussão de hoje.

  • graca

    E’ assim mesmo, em euipes masculinas, seja volei, futebol, polo etc… Homens discutem na hora e depois voltam ao normal, ja’ as mulheres sao mais sentimentais, levam aquilo para depois, ficam mais sentidas, magoadas… Com homens isso e’ normal, e’ so’ na hora e pronto!

    • Afonso (RJ)

      A coisa não é bem assim não. Tem muito de ressentimento e guardar rancor também. A testosterona continua rolando mesmo depois de terminada a briga.

  • Simone Gomes

    O Serginho é muito maloqueiro, isso sim!
    É o melhor líbero país, é talentoso, e cheio de qualidades.
    Um atleta indiscutível.
    Mas, é muito maloqueiro e sem classe. Isso ele é!
    É na hora do desentendimento que vemos a educação das pessoas!

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo