Colunista convidado – Emanuel: “Voltando no tempo”



O nome dele é sinônimo de vitórias no vôlei de praia. Uma verdadeira lenda das areias. Emanuel escreveu este texto com exclusividade para o blog após a primeira competição da “nova parceria” com Ricardo, cinco anos depois da separação.

No domingo, eles conquistaram a etapa de Vitória do Circuito Banco do Brasil, o 63º título da dupla (35 internacionais e 28 nacionais). Possuem entre as principais conquistas a medalha de ouro na Olimpíada de Atenas-2004, o bronze em Pequim-2008, o título no Campeonato Mundial (2003), cinco vezes consecutivas vencedores do Circuito Mundial (2003 a 2007), o ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio-2007 e os quatro títulos do Circuito Brasileiro (2008/2006/2003/2002).

Emanuel na etapa de Vitória (CBV Divulgação)

Emanuel na etapa de Vitória (CBV Divulgação)

Veja como Emanuel descreve, neste texto escrito para o blog, o momento vivido aos 41 anos:

Tudo aconteceu bem rápido. Conversamos por telefone e, dias depois, já estávamos juntos na quadra batendo bola no Rio de Janeiro. Quando chegamos para o primeiro treino, fomos recebidos por um batalhão de jornalistas, que nos perguntavam se os fãs poderiam esperar mais títulos e conquistas. Difícil responder, éramos uma ‘nova velha dupla’, estávamos voltando a jogar juntos depois de cinco anos. Queria dizer responder que sim, que o tempo não havia passado, que nosso time continuaria vitorioso e na mesma forma de dez anos atrás, quando fomos campeões em Atenas. Era impossível não lembrar da medalha de ouro, foi o auge das nossas carreiras.

O tempo passou, seguimos caminhos diferentes desde a separação, mas seguimos fortes e isso, combinado com a vontade de vencer, nos fazia ter a certeza de que poderíamos sonhar com coisas grandes. Confesso que achei que não fosse mais ter o Ricardo ao lado como parceiro. Aliás, nem ele, nem ninguém, acho que foi um susto para todo mundo. Mas um susto bom. Temos recebido muito carinho, vendo as pessoas sorrindo e ‘nos abraçando’, o que mostra que deixamos uma coisa boa. Isso é o mais importante.

Foram poucos treinos até a etapa de Vitória, disputada no último fim de semana. Não era bem um desafio, era uma incógnita. Não sabíamos o que esperar, pois estamos recuperando nosso entrosamento e nossa sintonia, criando uma nova identidade para o time. Não podemos prometer resultados, mas podemos prometer comprometimento, empenho e vontade. Isso nunca vai faltar. O resultado do torneio capixaba vocês já sabem. Quando subimos ao pódio, a sensação foi maravilhosa. Ser campeão é algo especial. Ser campeão ao lado do Ricardo novamente foi ainda mais especial. Foi como se o tempo não tivesse passado.

 

 



  • Manoel Rego

    Eu um fã de carteirinha, radio, tv ,computador,…., tive uma alegria maior em ver Emanuel e Ricardo voltarem a formar novamente A DUPLA maior do Volei de Praia,( no Brasil e no Mundo.),
    foi muito bom, para mim e para os BRASILEIROS. Tendo em vista as OLIMPIADAS.

  • Ana Maria M Pereira

    Quando intitulei Emanuel de ‘meu Rei dos Reis’, e lá se vão quase 10 anos, as melhores alegrias foram com ele e o gigante Ricardo… A troca de parceiros me assustou e até entristeceu, mas o Menino Rei Alison conquistou-nos! Outro susto com a parceria desfeita e a breve dupla ‘meu Rei dos Reis e Pedro Solberg – como não gostar desse parceiro, filhão de Isabel… A melhor notícia? Sem dúvida, a mais emocionante – EMANUEL/RICARDO – a dupla de Ouro! E recomeçar vencendo é fantástico!

  • Aline

    “Quando chegamos para o primeiro treino, fomos recebidos por um batalhão de jornalistas, que nos perguntavam se os fãs poderiam esperar mais títulos e conquistas”
    Nossa!!! A resposta veio rápida como um raio!!!
    Bastou alguns treinos juntos para serem campeões logo no primeiro torneio disputadou ver!!!
    Nesse final de semana tive o prazer de assistir a melhor dupla da história do vôlei de praia ser campeã de novo.
    Valeu Emanuel, eterno “REI DA PRAIA”, adorei ver vc e Ricardo juntos de novo. A estreia em 2014 não poderia ter sido melhor, torci muito e vibrei com o OURO de vcs nesse Domingo.
    PArabéns e rumo a mais vitórias!

  • CBV – REDE GLOBO?

    Daniel, parece que a CBV rompeu o contrato de exclusividade com essa desgraça de Rede Globo. É verdade?

    • Daniel Bortoletto

      contrato de exclusividade de negociação de patrocinadores. nada a ver com transmissão

      • Jorge

        Fiquei triste ontem ao ver vários iludidos comemorando e já vislumbrando transmissões em outros canais, apesar da chamada tendenciosa, está tão claro na matéria que não tem nenhuma relação com direitos de transmissão, não é de se admimirar que até entre os universitários brasileiros o índice de analfabetismo funcional chega a 38%.

  • Aline

    Aonde chegamos?Na IDADE MÉDIA?Na IDADE DAS TREVAS do VÔLEI?
    Que site ridículo e decepcionante esse do Mundial da Polônia!
    Gosto de esportes em geral,mas tenho uma quedinha a mais pelo vôlei.Mas não dá para deixar de comparar o Mundial de Basquete com o de Vôlei…
    A começar pelo site:o site do Mundial de Basquete é muito bem feito e interativo,livescore,estatísticas “on line” e em TEMPO REAL,tem um design leve,um MENU fácil de achar o que vc quer,e carrega rápido as informações,totalmente ao contrário do site do Mundial de Vôlei:
    Os jogos ArgentinaxSérvia e IranxEUA começaram às 8h e,até agora,já passa do MEIO-DIA e não temos as estatísticas nem P2,nem P3…
    O que é isso gente? Pq no Basquete é em tempo real e no vôlei estamos na idade da pedra?
    O pior de tudo é que o Vôlei andou para trás pq tanto no GP, quanto na Liga Mundial tínhamos livescore e estatísticas mais modernas que essa do Mundial.
    Outro ponto é o baixíssimo nível técnico desse Mundial.
    Se as equipes usaram a Liga Mundial para se preparar,o que houve com essa preparaÇão?Por que o nível técnico está tão baixo?Por que esse show de erros?
    E o saque?Todo mundo desprendeu a sacar?Virou SAQUEBOL em vez de voleibol?Um festival de saques forçados a esmo que param na rede ou viram tremendos aviões para fora…
    Eu seria a favor de mudar a regra de o time que errasse saque perdesse 2 pontos para o adversário,pois do jeito que tá não dá:SOFRÍVEL!
    O Ary DESGraça foi,no mínimo, BURRO e PREPOTENTE de marcar o Mundial de Vôlei para a mesma época do de Basquete:INEVITÁVEL AS COMPARAÇÕES!
    Aliás, a seleção de vôlei dos EUA está mais preocupada em acompanhar os jogos do DREAM TEAM do Basquete do que focar no Mundial de Vôlei, já perderam pontos importantíssimos para Bélgica e Iran e nem enfrentaram França e Itália ainda,jogando como está tenho dúvidas se os EUA vencem da França e Itália, e se isso acontecer, estariam eliminados do Mundial ainda na primeira fase….

  • rapuzel jastro

    Etapa do circuito voley de prai em vitória,Deus concedeu-me o prazer e a oportunidade de cruzar com a dupla de ouro Ricardo e Emanuel,pude tirar fotos,contar que torço muito por eles que sou fã de carteirinha e que me amarro na olhadinha pra quadra antes de executar o ataque,sou fã demais,obrigada pelo carinho e por estarem juntos novamente ,sucesso ai nesta nova caminhada.
    Ah se um dia puder me enviar uma camisa sua concerteza irei emoldua-la…abraços de sua fã Rapuzel.

MaisRecentes

França é a grande beneficiada na Liga das Nações masculina



Continue Lendo

Seleção masculina terá logística complicada na Liga das Nações



Continue Lendo

Seleção feminina jogará em Barueri na Liga das Nações



Continue Lendo