Colunista convidado – Emanuel: “Voltando no tempo”



O nome dele é sinônimo de vitórias no vôlei de praia. Uma verdadeira lenda das areias. Emanuel escreveu este texto com exclusividade para o blog após a primeira competição da “nova parceria” com Ricardo, cinco anos depois da separação.

No domingo, eles conquistaram a etapa de Vitória do Circuito Banco do Brasil, o 63º título da dupla (35 internacionais e 28 nacionais). Possuem entre as principais conquistas a medalha de ouro na Olimpíada de Atenas-2004, o bronze em Pequim-2008, o título no Campeonato Mundial (2003), cinco vezes consecutivas vencedores do Circuito Mundial (2003 a 2007), o ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio-2007 e os quatro títulos do Circuito Brasileiro (2008/2006/2003/2002).

Emanuel na etapa de Vitória (CBV Divulgação)

Emanuel na etapa de Vitória (CBV Divulgação)

Veja como Emanuel descreve, neste texto escrito para o blog, o momento vivido aos 41 anos:

Tudo aconteceu bem rápido. Conversamos por telefone e, dias depois, já estávamos juntos na quadra batendo bola no Rio de Janeiro. Quando chegamos para o primeiro treino, fomos recebidos por um batalhão de jornalistas, que nos perguntavam se os fãs poderiam esperar mais títulos e conquistas. Difícil responder, éramos uma ‘nova velha dupla’, estávamos voltando a jogar juntos depois de cinco anos. Queria dizer responder que sim, que o tempo não havia passado, que nosso time continuaria vitorioso e na mesma forma de dez anos atrás, quando fomos campeões em Atenas. Era impossível não lembrar da medalha de ouro, foi o auge das nossas carreiras.

O tempo passou, seguimos caminhos diferentes desde a separação, mas seguimos fortes e isso, combinado com a vontade de vencer, nos fazia ter a certeza de que poderíamos sonhar com coisas grandes. Confesso que achei que não fosse mais ter o Ricardo ao lado como parceiro. Aliás, nem ele, nem ninguém, acho que foi um susto para todo mundo. Mas um susto bom. Temos recebido muito carinho, vendo as pessoas sorrindo e ‘nos abraçando’, o que mostra que deixamos uma coisa boa. Isso é o mais importante.

Foram poucos treinos até a etapa de Vitória, disputada no último fim de semana. Não era bem um desafio, era uma incógnita. Não sabíamos o que esperar, pois estamos recuperando nosso entrosamento e nossa sintonia, criando uma nova identidade para o time. Não podemos prometer resultados, mas podemos prometer comprometimento, empenho e vontade. Isso nunca vai faltar. O resultado do torneio capixaba vocês já sabem. Quando subimos ao pódio, a sensação foi maravilhosa. Ser campeão é algo especial. Ser campeão ao lado do Ricardo novamente foi ainda mais especial. Foi como se o tempo não tivesse passado.

 

 



  • Manoel Rego

    Eu um fã de carteirinha, radio, tv ,computador,…., tive uma alegria maior em ver Emanuel e Ricardo voltarem a formar novamente A DUPLA maior do Volei de Praia,( no Brasil e no Mundo.),
    foi muito bom, para mim e para os BRASILEIROS. Tendo em vista as OLIMPIADAS.

  • Ana Maria M Pereira

    Quando intitulei Emanuel de ‘meu Rei dos Reis’, e lá se vão quase 10 anos, as melhores alegrias foram com ele e o gigante Ricardo… A troca de parceiros me assustou e até entristeceu, mas o Menino Rei Alison conquistou-nos! Outro susto com a parceria desfeita e a breve dupla ‘meu Rei dos Reis e Pedro Solberg – como não gostar desse parceiro, filhão de Isabel… A melhor notícia? Sem dúvida, a mais emocionante – EMANUEL/RICARDO – a dupla de Ouro! E recomeçar vencendo é fantástico!

  • Aline

    “Quando chegamos para o primeiro treino, fomos recebidos por um batalhão de jornalistas, que nos perguntavam se os fãs poderiam esperar mais títulos e conquistas”
    Nossa!!! A resposta veio rápida como um raio!!!
    Bastou alguns treinos juntos para serem campeões logo no primeiro torneio disputadou ver!!!
    Nesse final de semana tive o prazer de assistir a melhor dupla da história do vôlei de praia ser campeã de novo.
    Valeu Emanuel, eterno “REI DA PRAIA”, adorei ver vc e Ricardo juntos de novo. A estreia em 2014 não poderia ter sido melhor, torci muito e vibrei com o OURO de vcs nesse Domingo.
    PArabéns e rumo a mais vitórias!

  • CBV – REDE GLOBO?

    Daniel, parece que a CBV rompeu o contrato de exclusividade com essa desgraça de Rede Globo. É verdade?

    • Daniel Bortoletto

      contrato de exclusividade de negociação de patrocinadores. nada a ver com transmissão

      • Jorge

        Fiquei triste ontem ao ver vários iludidos comemorando e já vislumbrando transmissões em outros canais, apesar da chamada tendenciosa, está tão claro na matéria que não tem nenhuma relação com direitos de transmissão, não é de se admimirar que até entre os universitários brasileiros o índice de analfabetismo funcional chega a 38%.

  • Aline

    Aonde chegamos?Na IDADE MÉDIA?Na IDADE DAS TREVAS do VÔLEI?
    Que site ridículo e decepcionante esse do Mundial da Polônia!
    Gosto de esportes em geral,mas tenho uma quedinha a mais pelo vôlei.Mas não dá para deixar de comparar o Mundial de Basquete com o de Vôlei…
    A começar pelo site:o site do Mundial de Basquete é muito bem feito e interativo,livescore,estatísticas “on line” e em TEMPO REAL,tem um design leve,um MENU fácil de achar o que vc quer,e carrega rápido as informações,totalmente ao contrário do site do Mundial de Vôlei:
    Os jogos ArgentinaxSérvia e IranxEUA começaram às 8h e,até agora,já passa do MEIO-DIA e não temos as estatísticas nem P2,nem P3…
    O que é isso gente? Pq no Basquete é em tempo real e no vôlei estamos na idade da pedra?
    O pior de tudo é que o Vôlei andou para trás pq tanto no GP, quanto na Liga Mundial tínhamos livescore e estatísticas mais modernas que essa do Mundial.
    Outro ponto é o baixíssimo nível técnico desse Mundial.
    Se as equipes usaram a Liga Mundial para se preparar,o que houve com essa preparaÇão?Por que o nível técnico está tão baixo?Por que esse show de erros?
    E o saque?Todo mundo desprendeu a sacar?Virou SAQUEBOL em vez de voleibol?Um festival de saques forçados a esmo que param na rede ou viram tremendos aviões para fora…
    Eu seria a favor de mudar a regra de o time que errasse saque perdesse 2 pontos para o adversário,pois do jeito que tá não dá:SOFRÍVEL!
    O Ary DESGraça foi,no mínimo, BURRO e PREPOTENTE de marcar o Mundial de Vôlei para a mesma época do de Basquete:INEVITÁVEL AS COMPARAÇÕES!
    Aliás, a seleção de vôlei dos EUA está mais preocupada em acompanhar os jogos do DREAM TEAM do Basquete do que focar no Mundial de Vôlei, já perderam pontos importantíssimos para Bélgica e Iran e nem enfrentaram França e Itália ainda,jogando como está tenho dúvidas se os EUA vencem da França e Itália, e se isso acontecer, estariam eliminados do Mundial ainda na primeira fase….

  • rapuzel jastro

    Etapa do circuito voley de prai em vitória,Deus concedeu-me o prazer e a oportunidade de cruzar com a dupla de ouro Ricardo e Emanuel,pude tirar fotos,contar que torço muito por eles que sou fã de carteirinha e que me amarro na olhadinha pra quadra antes de executar o ataque,sou fã demais,obrigada pelo carinho e por estarem juntos novamente ,sucesso ai nesta nova caminhada.
    Ah se um dia puder me enviar uma camisa sua concerteza irei emoldua-la…abraços de sua fã Rapuzel.

MaisRecentes

Joelho afastará Gabi das quadras



Continue Lendo

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo