Coluna: O recado da Copa para o Brasil



China e Sérvia conquistaram na madrugada de domingo, no Japão, duas vagas no torneio feminino de vôlei da Rio-2016, se juntando ao Brasil, já garantido como país-sede. Impossível não chamar de surpreendente o desfecho final da Copa do Mundo, que tinha Estados Unidos e Rússia também na briga pelos lugares na próxima Olímpiada.

O resultado antecipa, a 10 meses e meio dos Jogos, que a tarefa brasileira de conquistar o tricampeonato olímpico de forma consecutiva será das mais árduas.

As chinesas, campeãs da Copa, viram a confirmação de um fenômeno que já vinha tirando o sono de adversários nas últimas grandes competições. Ting Zhu, ponta de 21 anos, 1,95m e melhor jogadora do Mundial juvenil de 2013, já se coloca entre as principais atacantes adultas da planeta. No torneio japonês, foi a atacante com melhor aproveitamento e de quebra ganhou o troféu de MVP. Com ela a China volta a ser protagonista no cenário internacional, após sofrer bastante no processo de renovação pós-Pequim-2008.

Já as sérvias possuem na força do conjunto titular o maior trunfo. Ognjenovic é a levantadora, líder e capitã. Boskovic, jovem oposto de apenas 18 anos, foi a terceira maior pontuadora da Copa e tem jogo de sobra para se firmar entre as grandes da posição. Rasic e Stepanovic formam uma dupla respeitável de centrais. Mihajlovic, ponta que já atuou no Brasil, é outro pilar do time. E com talento, altura e muita potência a Sérvia promete dar trabalho.

Americanas e russas certamente estarão na briga por medalhas na Rio- 2016. O time de Karch Kiraly é o atual campeão do mundo, do Grand Prix e do Pan. Coloco-o ainda como melhor elenco do planeta, apesar do terceiro lugar na Copa. Já a Rússia tem Goncharova e Kosheleva, duas das melhores atacantes da atualidade, e nunca pode ser descartada.

Ainda coloco na lista de “pedras no sapato” para 2016 as seleções da Turquia e da Itália. E assim aposto no melhor torneio olímpico feminino de vôlei dos últimos tempos.



  • Billy

    A Thing Zhu da China realmente esta cada vez mais espetacular.Atacante sensacional(prá mim ela já é melhor do que a Kim(coreana).A Boskovic(Sérvia)apesar de nova, também está demais.É cada cortada potente e quase que indefensável.E tanto ela quanto a Zhu podem melhorar mais ainda com o passar dos anos,pois são muito novas ainda.Ainda falando da Sérvia,imaginem quando a BRACOCEVIC(1.96m e excelente atacante)retornar ao time.SAI DE BAIXO.Concordo também que os jogos 2016 no vôlei serão muito equilibrados e emocionantes.NÃO CONCORDO com o blogueiro quando ele diz que os EUA são o melhor time( com melhor elenco).Mas isso é a opinião dele pessoal(e temos que respeitar todas as opiniões…iguais às nossas ou diferentes).Já a Rússia(com a volta da GAMOVA e SOKOLOVA)se torna muito perigosa também.Há também de se respeitar sempre a Turquia, o Japão e a Itália.(boas equipes).Enfim…o vôlei está com duelos cada vez mais espetaculares.Um abraço á todos do BLOG.

  • Paulo Ribeiro

    Daniel, concordo e muito com suas posições, mas permita-me discordar em relação à seleção americana. Não acho essa coca toda não. Creio que a seleção que foi a Londres-2012 é superior a atual em talentos individuais. Essa seleção americana arranjou um jeito do coletivo funcionar perfeitamente. Nesse ponto (no coletivo) ainda as vejo à frente das demais, mas enquanto percebo que as outras seleções estão numa curva ascendente as americanas parecem ter chegado ao ápice antes da hora. Posição por posição, ainda somos melhores que elas.

  • SPORTS IN THE WORLD

    É muito cedo para se fazer qualquer prognóstico e até agosto de 2016 muita água ainda vai rolar por debaixo da ponte.

  • ar-linds

    No meio dessas equipes favoritas, eu também coloco o Japão.

    A equipe não está ficando em pódios em competições importantes nesse ciclo olímpico, porém fez jogos muito bons nessa Copa do Mundo.
    Contra Sérvia e Rússia levou o jogo para o tie-break e contra EUA e China conseguiu tirar um set.

    Com a volta de Ebata, que se machucou em Montreux, a equipe fica completa e mais forte.
    Acho que essa pode ser a grande “surpresa” da Rio-2016.

  • Maria

    Deus ilumine Zé Roberto e as nossas meninas para elas estarem em uma jornada inspirada em 2016 porque não vai ser facil mais eu acredito no Brasil

  • Arthur

    Bem eu ainda não acho que a China é tão favorita assim, apesar da Zhu ser um fenômeno, nossa que jogadora, ela será a melhor do mundo daqui alguns anos, sem dúvidas, mas tem a Yuan que é uma excelente central, até lá a levantadora Wei estará bem fisicamente, e a Hui também, dois pilares do time.
    Os EUA, tem o melhor time como equipe, a Glass é rapida e precisa, a Larson é uma ponteira completa,pelo que fez no mundial, a Hill decepcionou nessa copa, mas essa temporada no Vakifbank ela vai crescer muito, as centrais são grandes, acho que na posição de oposto Lowe ainda é inexperiente, Fawcett é muito boa, mas não acho que é decisiva e Murphy erra muito, se a Hooker voltasse .. melhor não.
    A Sérvia também é outro grande time, a Boskovic é uma super oposto, alta, canhota é muito forte,a Mihajlovic que é muito forte e está evoluindo na recepção cada vez mais, e as outras passadoras são experientes, as centrais são de respeito, ótima libero e uma levantadora que foge completamente dos padrões europeus, joga em alto nível.
    O Japão vai contar com Ebata, que hoje é a melhor jogadora do time, eu amo a Saori, acho ela uma das melhores ponteiras do volei atual, porém ela não mais a mesma de anos atrás, ela era uma máquina de pontuar e hoje ela mal pontua, a Koga é uma boa surpresa, a Nagaoka é uma oposta canhota o que ajuda ainda mais com um time rápido, porém muito baixo, apesar de defender enormemente.
    Se Sokolova e Gamova voltassem, isso ia ajudar mas não ia decidir como antes, Obmochaeva e Kosheleva são atacantes letais, estão voando, o movimento de ataque da Obmachaeva é muito bonito, tirando isso o time não tem nenhum outro destaque a não ser a libero, que é boa ..
    Quantos os outros times a Coréia é 95% a Kim, melhor jogadora do mundo atualmente, a Itália tem até um time forte, mas não tem um entrosamento tão bom, a Republica Dominicana tem até chance, se a De La Cruz voltar.

  • A lI

    Olha gente, o melhor torneio para se trabalhar o psicológica das brasileiras era essa COPA DO MUNDO, que eu considero o modelo de torneio mais difícil, desgastante e estressante do voleibol eplos seguintes motivos:
    1. A COPA DO MUNDO é por pontos corridos, qualquer deslize conta para o resultado final, tanto que o PRIMEIRO JOGO DA COPA MUNDO, CHINA 3 X 1 SÉRVIA, foi decisivo para a CHINA ficar com o OURO e a SERVIA com a PRATA.
    2. Na COPA DO MUNDO não tem como escolher adversário, procurar atalhos porque TODOS JOGAM CONTRA TODOS, vence realmente a melhor equipe.
    3. Os EUA sentiram na PELE que vencer uma COPA DO MUNDO é MUITO MAIS DIFÍCIL que vencer o GRAND PRIX, pois no GRAND PRIX muitas equipes o fazem de laboratório para testar jogadoras mais novas, já na COPA DO MUNDO É FORÇA MÁXIMA, cada partida é uma FINAL!
    O BRASIL tinha que ser testado PSICOLOGICAMENTE contra as equipes da COPA DO MUNDO e não em amistosos contra equipes desinteressadas que vieram aqui fazer turismo como a BULGÁRIA, enquanto isso o PERU que ficou com a vaga que deveria ser do BRASIL foi À COPA DO MUNDO para levar surra de todo mundo.
    Como uma equipe pode ser considerada A melhor do mundo SEM TER VENCIDO UMA COPA DO MUNDO??? É melhor essa imprensa brasileira parar de ENDEUSAR OS EUA, porque pra mim uma EQUIPE QUE NÃO CONSEGUE GANHAR UMA COPA DE MUNDO DE PONTOS CORRIDOS E TODOS CONTRA TODOS NÃO PODE SER CONSIDERADA A MELHOR DO MUNDO!!!
    Enquanto isso a CHINA ACUMULA 4 TÍTULOS!!! SOMENTE CHINA e a geração cubana da REGLA BELL são TETRA-CAMPEÃS DA COPA DO MUNDO!!!
    ITalianas TEM 2 ´titulos, russas e japonesas tem 1 cada…
    Ao passo que Brasil, Eua, Sérvia, Korea e as demais seleções ainda estã o na lista de espera…

MaisRecentes

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo

Corinthians faz melhor jogo na Superliga



Continue Lendo

Coluna: A imprevisível Superliga feminina



Continue Lendo