Coluna: O imprevisível início anima a Superliga



Coluna Saque publicada neste domingo, 22 de novembro, no LANCE!. Apenas dois dos 24 participantes da Superliga estão invictos: Vôlei Nestlé e Dentil/Praia Clube. E a competição está bem legal!

Desconsidere os desfalques. Esqueça também a falta de ritmo e entrosamento de alguns times. E tenha assim o início de Superliga mais maluco das últimas temporadas tanto no masculino quanto no feminino.

Foram apenas três rodadas completas disputadas em cada naipe. Mas tempo já suficiente para que surpresas gigantescas aparecessem. Times com orçamentos menores e expectativas limitadas fazendo entragos contra favoritos ao pódio em abril.

O que dizer da vitória do Concilig/Bauru por 3 a 1 sobre o decampeão Rexona-Ades? E as derrotas do poderoso Sesi para o Rio do Sul/Equibrasil e para o São Cristovão/São Caetano? Como definir o mesmo time catarinense, que teve o ginásio invadido por lama e chuvas antes da competição, batendo o reforçado Camponesa/Minas? No masculino, o recém-promovido Bento Vôlei/Isabela, time com tradição na década passada, ignorou o campeão mundial Sada/Cruzeiro fazendo um incontestável 3 a 0. O Montes Claros bateu em sequência Funvic/Taubaté, Sesi e Brasil Kirin, os três principais adversários dos cruzeirenses. Não é pouca coisa, senhoras e senhores.

Andressa foi a melhor em quadra na vitória do São Caetano sobre o Sesi (Divulgação)

Andressa foi a melhor em quadra na vitória do São Caetano sobre o Sesi (Divulgação)

Repito aqui parte de um trecho de post publicado durante a semana no meu blog no site do LANCE!. Tais resultados fazem muito bem ao esporte. Estimulam patrocinadores de menor porte a seguirem investindo, mesmo ciente de que título ou lugar no pódio são utopias.  Premiam trabalhos sérios em quadra, realizados por comissões técnicas batalhadoras e sem o devido reconhecimento. E deixam um campeonato habituado em repetir finalistas bem mais interessante.

É possível que daqui a pouco os favoritos no papel passem a exercer o favoritismo em quadra. Mas a graça deste início de Superliga não será esquecida e deve ser, sim, comemorada.



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo