Coluna: O impacto de Hooker no Minas



Coluna Saque publicada neste domingo, dia 20 de novembro, no LANCE!.

A oposto americana Destinee Hooker foi apresentada pelo Minas Tênis Clube na noite de sexta-feira, durante a vitória sobre o Sesi por 3 a 1, pela quarta rodada da Superliga feminina. E o impacto, ao menos na empolgação dos torcedores mineiros, já foi bastante positivo.

Apelidada de “Rainha Negra”, a jogadora usou uma coroa, interagiu com os fãs e fez um agradecimento, com algumas palavras em português, aos 1.500 presentes na Arena, em Belo Horizonte. Apenas como comparação, o público foi o dobro do recebido na partida anterior do Camponesa/Minas em casa, duas semanas atrás.

Já é o “efeito Hooker” na empolgação do torcedor mineiro, conhecido no cenário nacional por ser fanático, muito exigente e entendedor do esporte como poucos. A contratação dela foi anunciada há pouco mais de um mês. Desde então as mídias sociais dela foram invadidas por mensagens via Twitter, Instagram e Snapchat. A americana, que já atuou no país em temporada 2011/2012 pelo Osasco, se esforça para escrever alguns posts em português e responde alguns elogios. Logo no desembarque em BH, na semana passada, tinha o filho pequeno a tiracolo e posou toda sorridente com uma bandeira do Minas. Sobram carisma e marketing pessoal para ela.

A pergunta do milhão agora é: qual o impacto que Hooker terá em quadra? Atualmente, o Minas está no segundo escalão da Superliga. Rexona-Sesc, Vôlei Nestlé e Dentil/Praia Clube são os favoritos, possuem os maiores orçamentos, o maior número de selecionáveis e são os últimos invictos após quatro rodadas. Logo depois aparece um bloco equilibrado com Terracap/Brasília, Genter/Bauru, Flu, Pinheiros e o próprio Minas. Hooker, 29 anos, tem currículo para ajudar o Minas a ser a quarta força da temporada. A dúvida fica sobre o tempo que precisará para estar 100% técnica e fisicamente à disposição de Paulo Coco. No último ciclo olímpico, Hooker deu um tempo no vôlei para ser mãe. Agora busca reerguer a carreira para reviver seus melhores momentos. Ela e o Minas têm muito a ganhar.



  • #Volei #SPFC #Speed

    Pelo que se vê, a Hooker deve carregar o Minas nas costas quando estiver apta a jogar. Até pro timeco do Sesi-SP elas perdem set! Imagine quando pegar Praia, Nestlé, Rexona/SESC, as sabugadas que vão levar!
    Triste ver como a diretoria do Minas pensa pequeno e age com amadorismo… Depois de duas temporadas brigando pelas cabeças, o Minas monta um elenco medíocre como esse atual. Jogadoras que estão em fim de carreira (casos de Gattaz e Karine) ou que nunca vingaram (casos de Pri Daroit, Rosamaria, Naiane, Mara e mesmo Léia). Mesmo com a vinda da Hooker, ainda é perigoso esse time do Minas brigar com o Sanca, o próprio Sesi-SP e o Renata/Valinhos contra o rebaixamento.

  • Willian Garcia

    Hooker é uma excelente jogadora, mas uma andorinha só não faz verão. Se fechar com a Jaque o time pode sonha com as semifinais. Agora vamos ver se esta a aquela boa e velha Hooker de Osasco.

    • Michel Pereira

      Concordo plenamente contigo. Se a Hooker estiver/jogar em boa forma e trouxerem a Jaque, o time do Minas se habilita às semi-finais; periga até de beliscar uma vaga na final.

      • #Volei #SPFC #Speed

        Com esse elenco, e mesmo com as vindas das duas supra citadas, me arrisco a dizer que o Minas nem passa de fase, deve ficar ali por nono ou décimo lugar. Pra beliscar vaga nas semis, deveria trocar todo o time titular.

    • kleber

      Não sabemos como será a volta da Hoocker.

  • rodrigo puertas

    O problema do Minas está nas jogadoras que se preocupam mais com o instagram e as baladas do que com os treinos e jogos,que é o caso de naiane,carol gattaz,rosamaria…Enquanto não houver profissionalismo,dificilmente o minas classificará para os Playoffs.

    • #Volei #SPFC #Speed

      Falou tudo. Não que as jogadoras dos demais clubes não utilizem as redes sociais, mas no caso dessas citadas, passou dos limites. (Aliás, nem sei por que o Minas renovou com elas… deveriam ser elas a terem seus contratos rescindidos, e não Tandara e Valquíria.)

      • kleber

        Como se a Tandara parasse em algum clube por mais de 1 temporada.

  • André Luiz

    hooker, aquela que é sem nunca ter sido.

  • Thiago852

    Hooker corre o risco de se tornar a maior decepção estrangeira da história da Superliga!! Não pela bola, mas pela expectativa… Que ela vai fazer o Minas o render não há dúvidas, melhor que Daroit e a Domingas com toda certeza ela é… Porém estão esperando aquela jogadora de 2012, que em ALGUMAS PARTIDAS jogou muito… Porém olhem o passado recente da moça, o desempenho etá longe de ser mesmo, e junte a isso o fato de ser um fio desencapado, é uma receita pronta para ser um desastre!!! Boa sorte a ela e que eu esteja errado!!

  • Kleber Alves

    Rosamaria é APENAS a maior pontuadora da SL até aqui e tem jogado bem na ponta. Gattaz, sempre faz seus pontinhos..MAra até tá virando na saída. Minas tá se acertando aos poucos. Com a chegada da Hoocker e da Jaqueline tende a melhorar a sua colocação.

    • #Volei #SPFC #Speed

      ERA a maior pontuadora. Perdeu a ponta pra Lorenne do SESI-SP, e ontem marcou apenas míseros SEIS pontos em todo jogo. Rosamaria não tem nível pra jogar uma Superliga, que dirá defender a seleção brasileira. O melhor que ela tem a fazer é se aposentar do vôlei e virar modelo ou atriz.

      • kleber

        Continua SENDO uma das maiores pontuadoras do campeonato. Nível ela tem só precisa ser aprimorada. Disparado a melhor atacante do Minas no campeonato.

        • #Volei #SPFC #Speed

          The Queen is coming! Agora que a RosAFFmaria começa a dar suas pipocadas.

        • #Volei #SPFC #Speed

          Fraquíssima, só joga em time pequeno. Se explica por que Nestlé, Praia Clube ou Rexona-SESC nunca a procuraram.

  • #Volei #SPFC #Speed

    Minas sem Hooker: 7 jogos, 3 vitórias, apenas 8 pontos conquistados.
    Minas com Hooker: 15 jogos (contando com os da Copa BB), 13 vitórias (e nesse período teve a chegada da Jaqueline também).
    Como se vê, a melhora do Minas na Superliga passa pela estreia da norte-americana. Jaqueline teve sua contribuição? Teve, mas não tanto como a Hooker.
    Ao mesmo tempo que ela chegou pra colocar o Minas na briga pelo título, Rosamaria vem perdendo desempenho. Liderou a estatística de maior pontuadora da Superliga até a penúltima rodada; agora está empatada com a Lorenne, e a tendência é que a oposta do SESI-SP a ultrapasse nesta reta final de temporada regular; como o SESI-SP não vai para os playoffs, a preocupação da Rosamaria passa a ser com a Tandara (Nestlé), que vem jogando muito.
    E mais uma vez se confirma a tese do cavalo paraguaio para a Rosamaria. Terceira temporada seguida que ela começa com todo o gás e vai perdendo desempenho, até amargar a reserva. E isso não tem a ver com lesão ou desgaste, e sim com sua qualidade técnica, que não melhorou em nada nesses dois anos de Minas. Esta, talvez, pode ser sua última temporada no time mineiro. Paulo Coco já parece estar perdendo a paciência com ela.

MaisRecentes

Brasil garantido nas finais do Grand Prix



Continue Lendo

Brasil faz dever de casa pela classificação



Continue Lendo

O bipolar Brasil no Grand Prix



Continue Lendo