Coluna: A final da ‘pancadaria’



Eu não gostaria de estar na pele dos líberos Serginho, do Sada/Cruzeiro, e Mário Júnior, do Funvic/Taubaté, na final da Superliga neste domingo, no Mineirinho, em Belo Horizonte.

A dupla terá pela frente artilharia pesada na disputa pelo título. O oposto Wallace, o central Simon e os pontas Leal e Lucarelli estão, com certeza, entre os 10 atacantes mais potentes e explosivos em atividade do país. E, se bobear, o top 3 neste quesito está nesta lista acima.

O campeão olímpico Wallace, ex-Cruzeiro e na primeira temporada por Taubaté, é o maior pontuador da competição, com 529 acertos. É quem mais vai receber bolas do levantador Rapha na final, muitas delas encurtadas, como era visto nos melhores tempos do oposto com William em BH. É quem vai resolver os principais pepinos caso o passe não saia. É quem tem a responsabilidade maior de decidir na busca pelo inédito título dos paulistas.

Wallace terá como fiel escudeiro Lucarelli. O ponta teve atuações decisivas nas semifinais contra o Sesi. E é isso que se espera de um talento raro, mas que ainda dá a impressão que tem muito a evoluir, assumindo de vez o protagonismo no clube e na Seleção Brasileira.

Do outro lado, o pentacampeonato nacional do Cruzeiro tem forte sotaque espanhol em sua tropa de elite. O cubano naturalizado brasileiro Leal possui o melhor aproveitamento no ataque, com 39,1% de eficiência. E é o segundo colocado no saque, com 33 aces. Às vezes me espanto com a facilidade de Leal ignorar bloqueios. E aquele sorrisinho maroto, muitas vezes com ar provocativo, deixa muito rival irritado após um ponto marcado no ataque. Felizmente, para a Seleção, a partir de 2019 ele poderá vestir a camisa verde-amarela, irritando americanos, russos, poloneses, sérvios, argentinos…

Hoje, pela primeira vez, Leal poderá festejar o título da Superliga ao lado do compatriota Simon. O central aparece como como segundo melhor bloqueador, além de possuir saque e ataque avassaladores. Encontrou em William um parceiro para bolas de dois tempos raramente vistas no vôlei.



  • Giorgio Fiori Junior

    daniel boa tarde! Nada do sada cruzeiro mesmo? obrigdo

  • Giorgio Fiori Junior

    vc acha que o willian fica? abraços

MaisRecentes

Dia de aplaudir o Zenit Kazan



Continue Lendo

Praia x Minas e Sesc x Vôlei Nestlé. Quer mais?



Continue Lendo

Agora líbero, Murilo volta a ser relacionado após 8 meses



Continue Lendo