Coluna do William: A máquina começa a funcionar



Hoje o dia foi bem tranquilo, uma manhã de tratamento para os jogadores que atuaram mais, e treino para quem jogou menos, e pra quem quisesse aperfeiçoar algum fundamento.

Tarde tranquila… Eu consegui conversar um pouco com alguns amigos que deixei na Argentina, jogadores do UPCN que encontrei na hora do almoço, Javier Filardi e Lucas Tell. Excelentes pessoas que marcaram minha história nos anos que estive na terra dos hermanos. Pude ainda assistir a um filminho, “se beber não case 3” para dar umas boas risadas e relaxar um pouco.

Finalizamos o dia com um belo jogo contra os tunisianos do Sport Sfaxien, confesso que pensei que seria mais complicado, mas jogamos muito bem taticamente e conseguimos anular as principais peças da equipe deles. Sem contar que foi a estreia deles, e o nervosismo era aparente.

Amanhã o bicho pega! Mas estamos preparados pra encarar qualquer equipe, o time está crescendo e a tendência é melhorarmos mais. O saque… Ahh, o saque! Espero que entre no momento certo, porque esse é o fundamento que mais treinamos e tenho certeza que ainda vai nos ajudar muito.

Fico por aqui e até amanhã.



  • R.TIGRE

    William parabéns pela atuação e pela ótima vitória contra os tunisianos.
    Mas um fundamento no time está destoando dos demais: o “SAQUE”.
    Se o saque é o fundamento que vocês mais treinam, porque estão errando tanto?
    Na estreia contra os dominicanos houve uma enxurrada de erros de saque, 16 no total, mas achei que tinha sido mais por causa da ansiedade da estreia, portanto dei um desconto.
    Porém contra os tunisianos, na segunda partida de apenas 3 sets, aconteceram novamente os incríveis 16 erros de saque!
    O Isac, por exemplo, errou 60% dos saques que deu, quando ele ia sacar eu já pensava logo que iria errar porque tava difícil acreditar no saque dele.
    Você também William, apesar de ter feito uma bela partida no levantamento e na defesa, também vacilou no saque, contribuindo com 30% de saques errados.
    Acho que o Cruzeiro é um timaço, tem excelentes bloqueadores como o Éder, o Douglas e o próprio Isac, tem excelentes defensores como o Serginho, o Luiz Diaz e o próprio William, e não necessita forçar tanto o saque a ponto de cometer tantos erros. Tem que confiar mais no sistema defensivo e no potencial de bloqueio que o time tem, sem ficar dando tantos pontos de graça para os adversários.
    Dêem a oportunidade de o adversário errar, não errando o saque!

MaisRecentes

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo

O tetra está vivo! Sada/Cruzeiro na semi do Mundial



Continue Lendo