Coluna de domingo: Vôlei inventa e muitas vezes se complica



Pessoal, a coluna Saque no LANCE, aos domingos, também está de volta. Confiram a publicada hoje, dia 12 de fevereiro.

O Macerata venceu o Cuneo por 4 sets a 2, parciais de 25-22, 20-25, 21-25, 26-24, 16-14 e 16-14, e se classificou para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

É isso mesmo, pessoal. Este colunista não voltou maluco das duas semanas de férias. O jogo com seis sets realmente aconteceu na última semana e gera discussão no Velho Continente. Ao inventar moda, o vôlei não dá um tiro no pé? Eu acho que sim e explico os motivos.

A distorção na regra acontece graças ao regulamento antigo e excessivamente criativo (para não dizer estúpido) da Confederação Europeia. Na fase de mata-mata da principal competição de clubes do continente, os times se enfrentam em ida e volta. No primeiro jogo, deu Cuneo por 3 a 0. Como o saldo de sets não é critério de desempate, a vitória do Macerata por 3 a 2, na volta, obrigou a disputa de um outro set. Quem vencesse o golden set (como os gringos denominam), avançaria. E assim, após quase três horas de disputa, o Macerata levou a melhor e se classificou.

Imagino crianças, que estão tendo os primeiros contatos com o vôlei, perguntando para os pais: “Vôlei não acaba em cinco sets?. Foi isso que aprendi na escola, mãe”.

Imagino também os executivos das emissoras de televisão, muitas vezes criticados pelo pouco espaço dado para o vôlei. Já é difícil encaixar na grade de programação um esporte que varia bastante o tempo de duração. Com um set a mais, então… Depois reclamamos, todos nós, de falta de exposição na mídia.

– Esse regulamento é meio complicado. Nossa vitória no primeiro jogo em Macerata por 3 a 0 acabou não fazendo muita diferença. Acho que o saldo de set nas duas partidas deveria ser considerado – disse à coluna o oposto Leandro Vissotto, que participou da partida de seis sets pelo Cuneo.

Viva os gênios da cartolagem!



MaisRecentes

Coluna: Minas e um dia histórico para o vôlei nacional



Continue Lendo

O tremendo desafio de Minas e Dentil/Praia Clube no Mundial



Continue Lendo

Coluna: Sinal de alerta com as chuvas no Brasil



Continue Lendo