Coluna de domingo: Vôlei inventa e muitas vezes se complica



Pessoal, a coluna Saque no LANCE, aos domingos, também está de volta. Confiram a publicada hoje, dia 12 de fevereiro.

O Macerata venceu o Cuneo por 4 sets a 2, parciais de 25-22, 20-25, 21-25, 26-24, 16-14 e 16-14, e se classificou para as quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

É isso mesmo, pessoal. Este colunista não voltou maluco das duas semanas de férias. O jogo com seis sets realmente aconteceu na última semana e gera discussão no Velho Continente. Ao inventar moda, o vôlei não dá um tiro no pé? Eu acho que sim e explico os motivos.

A distorção na regra acontece graças ao regulamento antigo e excessivamente criativo (para não dizer estúpido) da Confederação Europeia. Na fase de mata-mata da principal competição de clubes do continente, os times se enfrentam em ida e volta. No primeiro jogo, deu Cuneo por 3 a 0. Como o saldo de sets não é critério de desempate, a vitória do Macerata por 3 a 2, na volta, obrigou a disputa de um outro set. Quem vencesse o golden set (como os gringos denominam), avançaria. E assim, após quase três horas de disputa, o Macerata levou a melhor e se classificou.

Imagino crianças, que estão tendo os primeiros contatos com o vôlei, perguntando para os pais: “Vôlei não acaba em cinco sets?. Foi isso que aprendi na escola, mãe”.

Imagino também os executivos das emissoras de televisão, muitas vezes criticados pelo pouco espaço dado para o vôlei. Já é difícil encaixar na grade de programação um esporte que varia bastante o tempo de duração. Com um set a mais, então… Depois reclamamos, todos nós, de falta de exposição na mídia.

– Esse regulamento é meio complicado. Nossa vitória no primeiro jogo em Macerata por 3 a 0 acabou não fazendo muita diferença. Acho que o saldo de set nas duas partidas deveria ser considerado – disse à coluna o oposto Leandro Vissotto, que participou da partida de seis sets pelo Cuneo.

Viva os gênios da cartolagem!



  • Afonso (RJ)

    Não precisa ir muito longe:
    Depois de um campeonato com pontos corridos com turno e returno, porque uma fase de play offs? E além de todo o play off ser disputado em melhor de três, a final, num jogo só?
    Porque simplesmente não dar a taça a quem estiver na frente da classificação geral logo após o returno?
    Pode ter lógica comercialmente falando, mas acho que esportivamente ao menos é questionável.

  • Carla – SP

    É um regulamento bem esquisito, o mais correto seria um play-off com melhor de 3, com o time de melhor campanha tendo o direito de disputar duas partidas em casa, mas devido ao curto espaço no calendário isso seria inviável, até porque este ano é ano de Olimpíadas, e muitos atletas irão disputar pré-olímpico, mas já que a organização quer que as equipes joguem duas partidas, mais correto seria considerar o saldo em set, por exemplo neste jogo entre Cuneo x Macerata, a 1ª partida o Cuneo arrasou 3 x 0, na 2ª partida perdeu por 3 x 2, se considerasse a questão em saldos de set, o Cuneo se classificaria sem precisar disputar essa o temido e injusto Golden set, pois terminaria 5 x 3 pro Cuneo, a CEV tem que rever um pouco esse regulamento, sem contar que também acho injusto a CEV escolher determinada sede e dando direito a um time de já está na fase final, este ano o premiado foi o PGE SKA BELCHATOW da Polônia, acho muito injusto ver os outros times ralando muito pra chegar no Final Four enquanto tem 1 time só esperando.

  • tiago

    Engraçado,se o time dio seu protegido leandro “vitoco” tivesse vencido vc nao falaria nada ne.

    • Daniel Bortoletto

      Tiago, cite exemplos de proteção ao Vissotto neste blog.
      Jogadores aqui são elogiados quando merecem (a fase final do Mundial de 2010, no caso do oposto. Quando vivem um momento ruim, como o que ele viveu no início do ano passado, também pela Seleção, perdendo até a titularidade, são citados também.

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo