Coluna de domingo: Vôlei brasileiro e a chance única de mudar



Coluna Saque publicada neste domingo, 21 de abril, no LANCE!.

O clichê “agora ou nunca” é bem adequado para o momento vivido pelo vôlei brasileiro. O cenário jamais esteve tão propício para que mudanças importantes sejam feitas. Insatisfação exposta por vários protagonistas do show, rodadas e mais rodadas de reuniões com a CBV e a sensação de que os problemas, agora expostos, precisam ser resolvidos com urgência.

Nesta semana, pela primeira vez, estarão sentados na mesma mesa, em São Paulo, os vários lados envolvidos nas discussões. Entidade, representantes dos clubes, treinadores, a recém-formada Comissão de Atletas, além da Rede Globo, detentora dos direitos da Superliga e também da palavra final para que várias sugestões se transformem em decisões tomadas.

A CBV sinaliza positivamente para algumas alterações e quer transformar a 20ª da Superliga, na temporada 2013/2014, em um marco. O calendário do torneio ganhará, ao menos, mais um mês. Os patrocinadores agradecem pela maior exposição, os clubes passam mais tempo em atividade e os atletas ficam menos sobrecarregados com uma tabela mais humana a racional. Se a TV encontrar espaços em sua grade, sairão do papel também a Copa do Brasil e um fim de semana das estrelas, talvez entre as festas de Natal e Ano-Novo. E mais uma vez todos os lados sairão felizes.

Outros assuntos também estão na mesa, mas talvez demorem um pouco mais para avançar: correções no ranking, repasse de uma parcela da cota de TV para os times, respaldo da CBV aos atletas em caso de calote por parte dos clubes… Itens tão importante quanto o calendário. Assim, com transparência e sinceridade por parte dos envolvidos, o vôlei brasileiro tem muito a ganhar.

 



MaisRecentes

Evento na Polônia reúne craques históricos do vôlei



Continue Lendo

Um fim de semana para esquecer na Bulgária



Continue Lendo

Raridade: Brasil perde a segunda seguida por 3 a 0



Continue Lendo