Coluna de domingo: Um novato que pode desequilibrar



Pessoal, segue a coluna Saque publicada neste domingo no LANCE!.

Ricardinho mais entrosado e à vontade em quadra já faz e ainda fará muita diferença. A volta de Murilo é outro tremendo reforço para a Seleção, tanto na linha de passe quanto opção no ataque. Giba é outro que, em forma após se recuperar da fratura por estresse, será importante em Londres. Mas vejo o oposto Wallace, um jogador muito menos famoso, badalado e conhecido do que o trio citado acima, como o cara que pode surpreender os rivais na Olimpíada e ser o ponto de desequilíbrio na briga pelo ouro.

O campeão da Superliga pelo Sada/Cruzeiro não tem sentido o peso de ser titular da Seleção na Liga Mundial, competição que irá definir os 12 atletas que jogarão em Londres.  Jogo a jogo, vai garantindo seu lugar na lista final e com chances reais de ser mantido no time-base, aproveitando-se do afastamento de Leandro Vissotto, que passou por uma cirurgia cardíaca, e a instabilidade de Theo.

Vejo no camisa 4 algumas semelhanças com o estilo de André Nascimento, que parecia meio desligado, alheio à tensão da partida, mas que resolvia quando era acionado. Eles não parecem sentir a pressão na hora da decisão.

Wallace parece ser muito mais rodado e experiente do que seus 24 anos aparentam. Não à toa, se coloca entre os maiores pontuadores da Liga. É claro que ainda precisa de mais rodagem, com participação em jogos decisivos e com rivais de alto nível. Por isso seria interessante o Brasil estar nas finais da competição, que acontecerão em Sofia (BUL). Os adversário que se cuidem e se virem para estudá-lo.

 



MaisRecentes

Entrevista Skowronska: “Estou apaixonada pelo Brasil”



Continue Lendo

Duelo entre pai e filho pelo Campeonato Paulista



Continue Lendo

Brasil perde segunda para os Estados Unidos



Continue Lendo