Coluna de domingo: Um campeão que afasta a desconfiança



Pessoal, boa tarde. Está no ar a coluna Saque publicada neste domingo, 9 de junho, no LANCE!.

Empresas de Eike Batista perdem milhões de reais e ele despenca na lista das pessoas mais ricas do mundo. As informações acima foram destaque no noticiário econômico nos últimos meses e, por pouco, não fizeram com que o RJX, campeão da última Superliga masculina, fechasse as portas.

O título nacional impediu que o time fosse desfeito, mas Eike fechou a carteira e cortou parte do investimento. Estima-se, no mercado, que a verba, que já beirou R$ 15 milhões/ano, tenha caído 40%. E assim o temor passou a ser uma debandada dos principais atletas, já que apenas o Sesi possui salários tão altos para selecionáveis no país. E nem isso aconteceu.

Dirigentes do time conseguiram aporte de outras empresas e diminuíram em parte o “prejuízo”. Agora, com o elenco do RJX praticamente fechado para a temporada 2013/2014, arrisco a dizer que o time está tão bom quanto o que venceu a Superliga.

Entre os titulares, o levantador Bruninho, o ponta Thiago Alves, o líbero Mario Júnior e o central Riad foram mantidos. O oposto Theo foi para a Itália e será substituído por Leandro Vissotto. O RJX, então, passa a ter o titular da Seleção nesta posição e, em tese, sai ganhando. A perda de Lucão para o Sesi deverá ser muito sentida, mas a aposta em Maurício foi correta. Ele fez boa Superliga pelo Minas e merecidamente foi convocado por Bernardinho para a Seleção. Por fim, Dante não renovou e o RJX já chegou a um acerto com Murilo, que se recupera de uma cirurgia no ombro. Ele perderá o início da temporada, mas deverá estar saudável para os playoffs. Ou seja: os cariocas chegarão fortes na luta pelo bi.



MaisRecentes

Brasil “mapeia” os perigos para duelo com a Austrália



Continue Lendo

Wallace, Sander, Conte: destaques da 1ª fase do Mundial



Continue Lendo

Sada/Cruzeiro confirma estreia na Libertadores do vôlei



Continue Lendo