Coluna de domingo: Significado da volta de Ricardinho



Pessoal, boa tarde. Segue a coluna Saque publicada neste domingo, 29 de abril.

O afastamento durou cinco anos. Muita gente, inclusive eu, duvidava que uma reconciliação, exatamente três meses antes da Olimpíada de Londres, ainda fosse possível. Mas Ricardinho reapareceu em uma convocação de Bernardinho para a Liga Mundial e vai iniciar os treinamentos, esta semana, em Saquarema.

A estremecida relação do levantador com o técnico foi sendo reconstruída por pessoas em comum. Recados, visitas, elogios públicos, comprovações de que o ressentimento foi esquecido (não encerrado definitivamente) e por fim uma conversa entre os dois então desafetos. Tudo isso serviu para que a ferida aberta na véspera do Pan de 2007 cicatrizasse e parasse de doer. Houve bom senso de ambos para encontrar a cura.

Declarações de jogadores que conviveram com Ricardinho naquela época e ainda estão na Seleção também foram importantes. Bernardinho teve a certeza de que convocar Ricardinho não causaria um abalo dentro do grupo. E a volta foi aceita, principalmente, por um motivo “simples”: Ricardinho é um levantador acima da média, que faz diferença no alto nível graças ao estilo único: veloz, preciso e corajoso.

Mostrou estar afiado na campanha do Vôlei Futuro, na última Superliga. Sofreu com o passe em vários momentos e mesmo assim disputou a final. A tendência, na Seleção, é contar com uma linha de passe bem melhor (Murilo/Dante/ Escadinha e talvez Giba). E, com a bola nas mãos, Ricardinho brinca. Os adversários sabem muito bem disso. Os principais rivais da Seleção têm a estatura como arma. E Ricardinho gosta de fazer “o bloqueio rival dançar”, como dizem na gíria do vôlei. Se os gigantes entrarem na dança, perdem para o talento dos atacantes brasileiros. E o ouro olímpico vira realidade.

 



  • Guga

    Acredito q o Brasil tem chances de Medalha (nao arrisco Ouro, pq ai eh fechar os olhos para o Crescimento de nossos adversarios), +se Bernadinho, firmar logo nos primeiros jogos o Wallace como Oposto, Ricardinho como Levantador, Sidao e Lucao.. A preocupacao maior eh c os Ponteiros, Giba ainda se recupera, Dante deve ser Titular, + Lucarelli e Mauricio embora tenham feito uma otima SL no ataque, prejudica muito no Passe, assim como o atual estado do Murilo

    • Emanuella

      desde que o “Gênio” saiu o Brasil sempre ganhou medalhas, se esse cara é o que as pessoas estão vendendo a obrigação é ouro. de resto é fracasso, e os culpados de sempre é o que estavam lá.

  • klaus

    Excelente texto Daniel, só gostaria de frisar que o Brasil também tem jogadores altos e hoje esse fator não é tão preocupante assim e cada vez mais surgem jogadores altos.Olha o Renan, de 2.17m.Estamos conseguindo aliar altura com o talento que os jogadores brasileiros têm de sobra.

    • Andrei

      É verdade. Vissotto tem 2,12m, Lucão 2,09m e Renan 2,17m. E com relação ao Renan, ele foi campeão mundial juvenil jogando como central, sendo eleito na ocasião o melhor bloqueador do campeonato. Portanto, além de um jogador talentoso é também versátil, podendo atuar em mais de uma posição. O curioso, é que não me lembro de alguma vez ter visto no voleibol um central canhoto, como foi o caso do Renan na seleção juvenil.

  • Martha

    Sem passe não tem jeito. Ricardinho não é milagreiro.

  • Afonso RJ

    Eu estava preocupado… Agora vejo que as chances começaram a aumentar. É isso que se espera de profissionais de alto nível e homens de brio: que as desavenças fiquem em segundo plano e que se priorize o objetivo comum. Parabéns a todos os envolvidos.

  • Neto

    Você comentou que a linha de recepção da seleção brasileira é bem melhor que a do Volei Futuro, porém é só rever os jogos da Copa do Mundo para constatar como a recepção esteve falha nesse torneio. A linha com Giba e Murilo não funcionou.
    Quem pagou o pato foram os levantadores. Marlon, que jogou a maior parte do torneio como titular, e Bruninho que entrava nas inversões.
    Para piorar, parecia que Murilo estava numa péssima fase no ataque.
    Dante, contundido, só voltou no final do torneio.
    E, se não fosse Bruninho ter brilhado no jogo contra a Polônia, hoje estaríamos disputando o pré olímpico das américas, igual à seleção feminina.
    Concluindo, se a recepção continuar ruim como esteve na copa do mundo, não haverá “salvador da pátria” que dê jeito.

    • Joau

      Eu concordo…

      • Luciano

        Concordo também, haja visto que o saque dos nossos adversários são bem mais potentes do que do nosso voleibol. Mias também acredito que o Serginho poderá dar uma dinâmica no jogo do Brasil acelerando os contra ataques. É necessário também frisar que nossos ponteiros não são tão altos a não ser o Dante, portanto nosso bloqueio ainda sofre bastante. Mais me parece que estamos tendo uma sobre vida da seleção, tipo uma despedida de um grupo, e que ganhando ou perdendo, vai ser bom fechar um ciclo. Aí todos os discursos só serão aceitos quando levar em consideração o histórico desse grupo.

    • Luiz

      Fã do Bruninho nunca vão reconhecer a superioridade do Ricardinho.

      • Brasileiro

        Luiz, concordo com você.

    • Naty

      Neto, falou tudo! Perfeita observação sobre o Bruninho no jogo contra a Polônia.

    • Emanuella

      Finalmente alguém consciente nesse monte de bobagens, esse cara tem obrigação de trazer o ouro, já que a culpa sempre foi dos outros.

  • Virginio

    O Brasil foi campeão mundial e da liga com esses passadores que aí estão, com o Bruno e o Marlon no levantamento. Agora que o Ricardo voltou o passe TEM QUE SER na mão ? Então o problema não é o levantador, mas os ponteiros.

    • Luiz

      O problema é que mesmo com o passe na mão, Bruno e Marlon são inferiores ao Ricardo, e pronto! Por que é tão difícil para os fanáticos pelo Bruninho entenderem isto?

      • Joau

        Estou feliz com o retorno de Ricardo, mas, sinceramente, eu também estou convencido de que o nosso grande problema não é nunca foi os levantadores.

      • Virginio

        Onde estão os fanáticos pelo Bruno?

  • Luiz

    ADOREI tudo neste texto.

    Por que tem gente que não reconhece que o Ricardinho pode fazer a diferença sim na seleção. Será que doi reconhecer que ele é melhor do que o Marlon e o Bruno.

    • Fabi

      Vamos ver como é a diferença de desempenho …. Eu só estou curiosa !kkkkk

    • meyre

      Estou muito feliz com a volta do Ricardinho.
      Torci sempre pela reconcialiação dele com o melhor tecnico que temos.
      Podemos nao ganhar , mas levaremos o nosso melhor levantador, isto me deixa mais tranquila.
      Só nao entendi a presenca do Rodrigão – que ja fez um otimo trabalho na seleção, mas hoje nao esta jogando.
      Critico também a presenca do Theo( nunca me convenceu ), e do Bravo.

  • Marcio

    O Murilo esteve um pouco abaixo do que se esperado para ele no passe, mas acredito que isso seja corrigido a tempo, Serginho nem vou comentar e Dante joga com uma facilidade incrivel…A Copa do mundo foi atipica, serviu de lição e bola pra frente…Acredito que o Brasil vá crescer muito até as Oolimpiadas e não duvido se surgir uma nova jogada, Ricardinho e Giba são especialistas em novas jogadas!!

  • Acho que com a volta do Ricardinho, os adversários também irão com um pouquinho de medo do Brasil, ja que o levantador ficou conhecido internacionalmente pelo tipo de jogo que aplica nas partidas. Estou bem confiante nessa Seleção, não só pela volta do Ricardinho, mas pelo grupo como um todo. Vamos ficar de olho e torcer =)

  • Fabi

    De qualquer forma, agora os fãs devem esperar uma análise cuidadosa do desempenho de Ricardo como aqueles experimentados por outros levantadores …. ainda mais porque ele é um gênio e pode fazer maravilhas 🙂

  • Caio

    Sem segredos.. bola na mão e bola no chão, se num pensarnos assim naum vamos ganhar!
    Ricardinho com o passe na mão é unico pra distribuir, vamos ver se o murilo e giba vão dar volume ao time com belos passes…Boraaaaaaa Brasil!

    • Fabi

      Você tem certeza? Eu vou rir de gosto já sei ….kkkkk

      • Emanuella

        Fabi vou rir contigo, quero ver o gordo molenga correndo atrás da bola, e ver as viúvas culpando os outros.

        • Fabi

          Eu estou convencida: Ricardo, o rei da mídia, vai fazer uma má figura e eu vou rir muito.O gênio em vez de treinar pensa em ser entrevistado ….. gordo e lento. kkk

  • Martha

    Giba ainda salta? Esse negocio de “já ter sido” o melhor ficou no passado.

    • Carlos

      Concordo com você Martha! Insisto nesse ponto sempre que comento aqui no blog. O Giba está mais velho e fora de ritmo…esperar que ele seja aquele grande jogador de antigamente é ilusão!

  • Emanuella

    acho um absurdo esse cara estar de volta, quero ver em quem a culpa vai cair quando perderem para a Russia. ele é um câncer em qualquer grupo e não ganha nada desde que saiu da seleção.
    Duvido que o grupo se sinta confortavel com a presença dele, absurdo estar aí depois de tudo que falou,Bernardinho foi muito frouxo em aceitar a presença dele.

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo