Coluna de domingo: Os projetos ambiciosos de Maringá



Pessoal, boa tarde. No ar a Coluna Saque publicada neste domingo, 10/11, no LANCE!

Maringá (PR) quer se transformar, em breve, em uma das maiores referências brasileiras no vôlei.

Quem está por trás da audaciosa ideia é o levantador Ricardinho. Atual presidente e capitão da equipe do Moda Maringá, ele planeja nas próximas temporadas uma mudança consistente no patamar do projeto, reativado este ano.

Além do empenho pessoal do atleta, o time de Maringá tem apoio político e vê nos números da atual Superliga o respaldo da cidade. A média de público nos jogos disputados em casa é de aproximadamente 4.500 pessoas, a maior da competição, que tem média inferior a 1.500 torcedores nos jogos. Estão nos planos ainda a criação da versão de saias do time paranaense, o aumento no investimento no já existente plantel masculino, além da implantação das categorias de base.

No caso da equipe feminina, a ideia é estrear na Superliga B, que provavelmente será disputada em janeiro do próximo ano, e assim garantir vaga na elite nacional para a temporada 2014/2015.

Entre os homens, a intenção é ser tratado como um time “muito bom” daqui a um ano e ser considerado “excelente” em 2015/2016. Aspas por serem palavras de gente influente no projeto. Atualmente, o investimento é de aproximadamente R$ 4 milhões.

Para cumprir as metas citadas acima, deverá dobrar. Boa parte do impulso para alcançar tamanha ambição vem do próprio Ricardinho. Ele, que fixou residência em Maringá há anos, tem recebido elogios na função de gestor. Exigente e perfeccionista, características que carrega das quadras, ele não pretende fazer figuração. Quer ser protagonista.



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo