Coluna de domingo: Os melhores e os piores de 2012



A última coluna do ano no LANCE! só saiu graças aos votos que vocês deram no post sobre os destaques de 2012. Confiram abaixo, na íntegra. Nos próximos dias, detalharei aqui no blog cada um dos quesitos, com todos os lembrados pelos “eleitores”.

Os leitores do meu blog no LANCE!Net elegeram os destaques (positivos e negativos) do vôlei em 2012.

A eleição foi dividida em seis categorias: melhor jogador; melhor jogadora; maior decepção; melhor treinador; jogo inesquecível; revelação. E os vencedores são…

1) Melhor jogador

Murilo levou a melhor sobre o russo Muserskiy e foi o escolhido pelo Saque como craque da temporada. O ponta brasileiro levou 21,8% dos votos, contra 13,7% do gigante gringo, que foi o destaque da final olímpica ao ser deslocado do meio para a saída de rede. O 3 lugar ficou Mihaylov (RUS).

2) Melhor jogadora

A oposto Sheilla foi eleita a melhor jogadora pelos internautas, com 32,2% dos votos. Na segunda posição apareceu Jaqueline, com 23,3%. Numa disputa apertada com a coreana Kim, a central Thaisa terminou na terceira colocação.

3) Maior decepção

A derrota da Seleção Brasileira masculina na final olímpica para a Rússia foi eleita com sobras na categoria, com 48,3% dos votos. A diferença para o segundo lugar foi grande. Com quase 10% das indicações, a campanha olímpica da Polônia, seleção que vinha do título da Liga Mundial, veio a seguir. A temporada irregular de Mari ficou no terceiro posto.

4) Melhor treinador

A disputa mais acirrada aconteceu nessa categoria entre os campeões olímpicos. José Roberto Guimarães bateu o russo Vladimir Alekno por pouco: 35,7% x 32,1%.

5) Jogo inesquecível

Aqui a maior lavada. A vitória da Seleção feminina sobre a Rússia nas quartas de final da Olimpíada levou 88,2% dos votos.

6) Revelação

Gabi, ex-Mackenzie, e Lucarelli, do Vivo/Minas, foram os eleitos, com 27,6% e 23,8%, respectivamente.

Parabéns aos vencedores e feliz 2013 a todos os leitores.



MaisRecentes

Conheça Kadu, a novidade da Seleção nos jogos pré-Mundial



Continue Lendo

Em dia de justa homenagem por ouro em Pequim, Brasil perde a quarta seguida



Continue Lendo

Coluna: Uma semana estranha para o vôlei brasileiro



Continue Lendo