Coluna de domingo: O início da Superliga em cinco atos



Pessoal, boa tarde. Coluna Saque publicada neste domingo, 27/10, já está no ar.

A Superliga ainda não pegou no breu, como gostava de dizer o meu avô. Times ainda longe das condições ideais, outras competições acontecendo paralelamente, resistência de torcida, atletas e técnicos após a mudança na pontuação, tabela irregular que impede saber as reais posições… Ainda assim algumas coisas me chamam a atenção:

1) O Pinheiros é a surpresa positiva do torneio feminino até aqui, depois de vencer os favoritos Banana Boat/Praia Clube e Sesi. Amanhã, enfrentará o líder Vôlei Amil. É bom o estrelado time de Zé Roberto ficar bem atento com Ellen e Andreia, pilares do Pinheiros.

2) O Molico/Osasco sofreu para vencer o São Caetano no tie-break e me dá impressão de que vai demorar para embalar. As gringas Sanja Malagurski e Caterina Bosetti iniciaram o primeiro jogo juntas na sexta e estão longe do entrosamento ideal. Para piorar, Thaisa, com inflamação nos joelhos, está fora por tempo indeterminado e pode até desfalcar a Seleção na Copa dos Campeões no Japão.

3) A tabela não foi amiga do Funvic/Taubaté no masculino: Sesi, Sada/Cruzeiro e RJX nas primeiras rodadas e apenas um set vencido. Porém, na sequência, o revés por 3 a 0 diante do Montes Claros mostrou que o time de Giba terá de melhorar muito para ir aos playoffs.

4) Os favoritos Sada/Cruzeiro, Sesi e RJX ainda estão invictos. Escoltados pelo Brasil Kirin, formam o grupo que começa a descolar dos demais. Os confrontos diretos serão bem interessantes.

5) Como escrevi no blog, a escolha de Renan Dal Zotto como gestor da Superliga é um golaço da CBV. Nome perfeito para dialogar com clubes e entidades e resolver os problemas que a competição tem.



  • Fernando Lopes

    Daniel,
    Boa tarde,
    Tomara que a intenção da CBV ao contactar Renan como gestor seja abrir um espaço real para os clubes na entidade, ouví-los e dar espaço para suas reivindicações. Que ele não seja usado para, mais uma vez, lubridiá-los.

  • Fernando Lopes

    (corrigindo) ludibriá-los.

  • Elcio

    A UFJF também enfrentou o SESI, SADA/Cruzeiro e RJX, mas foi a única equipe que tirou um ponto do SESI. Ontem venceu o Montes Claros e ocupa atualmente a 8ª posição com apenas 4 jogos disputados. Depois um certo blogueiro diz que o time é fraco porque perdeu do RJX no ginásio do Tijuca. Não entendo o por que da implicância…

  • Aline

    Eu considero o VIVOMINAS no grupo dos favoritos ao título! Porém acho que vc esqueceu dele Daniel.

    • Caco

      Concordo.

    • Bernardo

      O blog deve estar esperando ansioso para criar um post enaltecendo o desempenho do Vivo/ minas quando começar a jogar completo e ter que admitir contra a vontade que o Minas está no pelotão de frente!

      Como o bairrismo aqui é estridente!

      Diria que o time mineiro é muito mais time do que o Brasil Kirin. O Minas perdeu para Campinas mas deu muito trabalho no primero e terceiro set, não podendo esquecer que o time estava desfalcado: Filip, Henrique e o Bjelica não jogaram. Ou seja, 50% do time titular.

      Com o time completo e com o volume de jogo que tem faz frente aos três considerados favoritos ao título. E ainda temo que consiga dar um coro no mequetrefe do RJX.

      • Daniel Bortoletto

        Morei 5 anos em BH, minha esposa e filhos são mineiros e sou bairrista mesmo. Valeu, Bernardo. Acertou na mosca

      • João Paulo

        Sim, ao RJX o Minas faz frente, mas ao SESI e Cruzeiro, sem chances. Veremos a confirmação nos confrontos diretos. Já tivemos um este ano, entre Minas e Cruzeiro, e mais uma vez o Cruzeiro não deu a menor chance ao Minas. Não acho que quando o minas estiver completo vá ser diferente. Aliás, já faz um tempo que o Minas não ganha do Cruzeiro. Lembrando que, se o Minas está mais forte este ano – o que não acho, tendo perdido Maurício e Lucarelli – Cruzeiro e SESI também estão, no mínimo, na mesma proporção.

  • ALINE

    Poderia apostar que PINHEIROS e SÃO CAETANO terminarão a fase de classificação à frente do SESI.
    O grande diferencial do AMIL é TANDARA, assim como fez no SESI na temporada passada, TANDARA é a maior porradeira do AMIL e tá com uma mão pesadíssima, jogando de ponteira ele deu show e de oposta também, mas acho que ela ataca melhor da entrada de rede.
    O SESI perdeu sua principal jogadora que era TANDARA, que levava o time nas costas. Sem Tandara, não vejo o SESI entre os favoritos.
    Pra mim, os favoritos são UNILEVER, PRAIA CLUB, TANDARA VÔLEI CLUBE(AMIL) e MOLICO, com PINHEIROS e SÃO CAETANO dando muito trabalho.
    SÃO BERNARDO também vai crescer muito com a contratação da SONINHA.

  • POLACO

    meu caro Daniel a Superliga esse ano tá uma esculhambação ! fizeram uma lambança no nosso voley , um time joga a 1ª rodada o outro ta no 6ª jogo coisa de maluco ….

  • Edu Bernardo

    Olá, Daniel, bom dia.
    Você falou em resistência da torcida e é sobre isso que quero falar. Em especial, os jogos femininos às sextas-feiras. Não tinha dia mais infeliz para colocar jogos? Não seria melhor colocar os jogos aos sábados, com um de abertura às sextas-feiras para satisfazer o desejo do SporTV? Tenho notado os ginásios vazios quando os jogos são aqui na região metropolitana de São Paulo. Seria motivo o trânsito infernal sempre pior na sexta-feira? Acho que esse é um ponto para o qual o Renan terá de dar atenção.

    Mas também não é legal colocar jogo às 21h30 do domingo, como a TV nos obrigou a engolir no Paulista Feminino. É preciso achar um meio-termo que agrade simultaneamente aos espectadores que veem os jogos em casa mas também os que os veem no ginásio. Afinal, jogo sem participação da torcida é difícil de aturar e prejudica as equipes mandantes dos jogos.

    O que acha, Daniel?

    • Daniel Bortoletto

      são pontos importantes. Ter o vôlei na TV virou sinônimo de encontrar qualquer buraco na grade e encaixar um jogo atualmente

  • tuliobr

    Creio que há um exagero nessa intenção de massificar o vôlei utilizando sua exposição na TV abeta. Em um futuro previsível, não é razoável pensar em outro esporte que possa competir com o futebol como esporte de massa e, portanto, capaz de ser exibido em horário nobre da TV aberta. Não demonizo a TV, todo mundo tem que pagar suas contas; não acho que os executivos da Globo tenham alguma perversão e desejam deliberadamente prejudicar a SL, mas penso que deve-se no momento esquecer a fixação de estar presente na TV aberta e investir mais nas transmissões via internet, tornando-as mais abrangentes e, principalmente, funcionais. Contemplaria grande parte dos fãs já existentes. A massificação pode vir com um projeto de longo prazo, cujo trabalho hoje não deve ser feito nos gabinetes da Globo, mas nas escolas de primeiro grau. Um negociador mais duro na hora de fechar o contrato com a TV a cabo também viria a calhar, claro.

  • karina

    Acompanhei a SL pela primeira vez no ano passado e escolhi o Pinheiros para torcer e não estou arrependida, esse time é muito guerreiro. Nesta temporada, já ganhamos de vários favoritos, mas, só ficarei feliz mesmo quando detonarmos o Molico e suas gringas meia boca. kkkkkkkkkkkkkkkk Das gringas, sou fã da Sarah Pavan, que se adaptou muito bem por aqui, tenho o sonho quase impossível de vê-la de verde e amarelo, sonhar não custa nada kkkkkk

  • sergio benatti

    Evandro brilhando pelo SESI. Aliás, é absurdo o time do SESI ter os meios, os ponteiros, o líbero-chefe da seleção, e ainda Renan e Rogério de reservas. Desequilíbrio flagrante no sistema de pontos.

  • Só lembrando que a Herrera que ja foi a maior pontuadora da superliga11/12 seguia a passos largos pra ser novamente na 12/13 se não tivesse machucado..nesta superliga ela estará voltando de uma grave lesão e creio que mesmo entrando em quadra com a SL já adiantada será umas das maiores pontuadoras.Depois dela pode ser que seja a Tandara …Pra mim destas estrangeiras que estão jogando as americanas do praia e do amil são a mais regulares ,as demais sofrem mtos altos e baixos,tirando claro a própria Herrera que ainda não está jogando.Quanto a Mari..só esperando pra vê,pois havia uma grande expectativa em relação a Paula pekeno e no entanto ela não ta jogando nada..então só esperando pra vê.

  • Osmar Cordeiro

    O Taubaté perdeu pro Moda/Maringá 0x3 dentro de casa , com isto o Taubaté ainda não venceu nenhuma e o Moda/Maringá chegou na 5º posição e terá um jogo chave contra o Vivo/Minas dia 02/11 em casa que pode deixar mais próximo do pelotão dos 4 melhores até agora ( Cruzeiro/RJX/Sesi e Brasil Kirin )
    O Pinheiros e São Caetano dando orgulho pra quem gosta de vôlei .

MaisRecentes

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo

Vaivém: Vôlei Nestlé confirma apresentação de peruana



Continue Lendo

Vaivém: Polonesa é esperada em Barueri



Continue Lendo