Coluna de domingo: O ‘estrago’ que as estrangeiras estão fazendo



Coluna Saque publicada neste domingo, 13/1, no LANCE!

Uma búlgara em primeiro lugar, seguida por uma cubana e uma brasileira. Em quarto, uma canadense e logo depois outra cubana.

Até parece ranking de fundamento do Grand Prix, mas na verdade é a estatística de ataque da Superliga feminina.

Vasileva, Herrera, Fernanda Garay, Pavan e Ramirez são as cinco melhores atacantes da competição após o primeiro turno. Não deixa de ser uma charme especial para um torneio brasileiro ter estrangeiras renomadas se destacando por aqui. Uma prova cabal de que Vôlei Amil, Unilever e Banana Boat/Praia Clube acertaram na contratação das gringas. Mas, confesso, que fico um pouco preocupado com essa “concentração internacional” em um único (e tão importante) fundamento.

Minha primeira preocupação é com a fase das brasileiras, principalmente as selecionáveis. A oposto Sheilla, por exemplo, deveria estar nesta briga, mas não aparece entre as dez melhores. Titular da Seleção há vários anos, a jogadora do Sollys/Nestlé ainda não encontrou sua melhor forma após quebrar um dedo do pé no início da preparação da equipe de Osasco. Na derrota para a Unilever, na noite de sexta, o atual campeão nacional sentiu falta de uma atuação consistente de sua principal atacante. Ainda viu a “forasteira” Pavan roubar a cena, fazendo com que as cariocas faturassem o título simbólico do turno.

Também sinto falta de nomes novos entre as melhores ranqueadas. No Top 10, apenas Tandara e Priscila Daroit, oitava e décima colocadas, representam a nova geração, com capacidade de disputar vaga no grupo brasileiro para a Olimpíada de 2016. Isso me faz pensar se é válido para atletas mais novas e talentosas, como Gabi e Ivna, serem reservas na Unilever e Sollys, quando podiam ser titulares em qualquer outro time do país.



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo