Coluna de domingo: Nem só de musas vive o Minas



Boa tarde, pessoal. Depois da piscina e antes do Foo Fighters no Maracanã, publico a Coluna Saque que saiu neste domingo, 25 de janeiro, no LANCE!.

Ao reunir Jaqueline e Mari Paraíba, o Camponesa/Minas se transformou no time das musas na temporada 2014/2015. Rótulo – admito – merecido para o quilate de sua dupla de pontas. Rótulo – também admito – perigoso caso os resultados não aparecessem.

Um turno e três jogos depois, a beleza ganhou companhia a outros predicados quando se fala do desempenho do Minas em quadra. Com vitórias em sequência sobre Molico/Osasco, Pinheiros, Dentil/Praia Clube, terceiro, quarto e quinto colocados na Superliga, respectivamente, o tradicional clube de BH começa a reviver momentos de glória de uma década atrás, voltando a sonhar em se colocar entre os melhores do país.

Muito se deve às musas, admito (quando minha esposa descobrir esse trechos da coluna…). Mari Paraíba parece viver seu melhor momento no vôlei, após ser capa da Playboy, aventurar-se no vôlei de praia e retornar sem tantos holofotes para as quadras. Atualmente é uma jogadora muito regular no passe, ajuda o time no sistema defensivo e tem sido decisiva no ataque em vários jogos. Um estilo muito parecido com o de Jaqueline, o reforço que chegou com a Superliga andamento e ajudou a mudar o status do Minas na competição. Como já admitiu em entrevistas recentes, a titular da Seleção evoluiu nitidamente desde que deu um tempo no esporte para ter o primeiro filho. Já provou com a Amarelinha e agora faz o mesmo pela nova equipe.

Mérito deve ser dado também para Marco Queiroga, técnico que conhece o Minas como poucos e fez uma mini revolução tática para Jaqueline e Mari jogarem juntas, sem abrir mão de outra ponta: Carla, que passou a ser usada como oposto. Ele também teve coragem para bancar as jovens Naiane (levantadora, 20 anos) e Laís (líbero, 18) como titulares.

Aos poucos, o Minas, também time das musas, volta a ser grande na Superliga feminina.



  • marcian

    Estou muito feliz pelo Minas, e assim como o Pinheiros, torço abertamente para que se classifiquem pras semifinais. Agora, o que importa beleza, quando se tem fundo de quadra, passe na mão, e por incrível que pareça, bons ataques? Animadíssimo com o Minas!

    • Fernando

      Sim, o time está bem entrosado mesmo, pelo menos nos últimos jogos que vi, o time tem bastante consistência de ataque, defesa e passe.

      Além das centrais estarem pontuando bem nos momentos decisivos, só acredito que o time pudesse render mais no fundamento bloqueio.

      No mais é bom ver um time ressurgindo após uma década de fracasso e vexame, espero que essa ascensão continua gradativamente.

      Parabéns ao Minas.

      R.I.P Molico
      R.I.P Praia Clube

  • Artur Filho

    Atualmente, Jaque e Mari PB formam a melhor dupla de ponteiras dessa Superliga. Torço para esse time ir longe.

    • Robert

      Pode até se tornar a melhor dupla mas não podemos esquecer o jogo da Unilever que tem como destaque suas ponteiras que estão bem melhor que a ultima vez que jogaram juntas. Natália e Gabi na minha opinião ainda é a melhor dupla nesta Superliga pela regularidade que estão jogando durante o campeonato, mas Mari e Jaque também estão jogando em alto nível.

    • Fernando

      E estão muito entrosadas e determinadas, isso é um plus ao time.

  • Manuel Nóia

    Já o outro time de musas anda meio decadente. Tanto que tomou um vareio desse Minas no 4º set.

    • Fernando

      Rest in peace.

  • perikito

    Mais uma temporada jogando nesse mesmo nível, e a Mari Paraíba se qualifica a uma vaga na seleção. Jaqueline, a titular incontestável de sua posição, precisa de uma reserva com as suas características, e tá mais que provado que essa não é Natália, nem Gabi.

    • Kérólãiñe Sokaosovos

      Amiga, a MARI PB só ganha vaga na seleção se a Natalismã perder as duas pernas, e mesmo assim é arriscado o Zé levar a Natalismã pra dar sorte ao time. Coisas do esporte, normal, mas a MARI PB é uma ótima jogadora bjs

  • Rodrigo BH

    O Minas realmente está em evolução e o time deu liga. No jogo com o Molico a Jaque não estava tão bem, mas só a presença dela em quadra com a energia positiva já contagia o resto do time. Falta esta atitude em outras jogadoras de seleção nas outras equipes… haja visto o que estamos vendo no Molico com a Diana jogando, tem muita jogadora jogando pressão nela em vez de ajudar… pra quem tem boa memória, no ano passado aconteceu a mesma coisa com a Karine substituindo a Fabiola no mesmo Molico. Pra mim, falta postura da comissão técnica para evitar esse tipo de situação.
    Já no Minas, todos méritos para a comissão técnica, que sob comando do Queiroga, que sabe muito de vôlei, ja vem trabalhando ha alguns anos juntos e batalhando pra formar uma equipe competitiva com orçamento limitado. Agora conseguiram e os resultados de muito trabalho no clube comecam a aparecer. E o mais importante: o técnico tem o controle do time e nenhuma jogadora se coloca acima das outras. Louvável o comportamento de toda a equipe do Minas.

    • Fernando

      Com certeza e elas seguem bem o que o técnico diz, e o que me deixa mais surpreendido é que a Naiane com 20 anos, consegue executar os levantamentos de maneira consciente e precisa, até os famosos levantamentos de uma mão só a la Fofão ela sabe utilizar, trabalha e distribui para o time todo, e nos momentos de pressão ela não fica fazendo cag@d@ a torto e direito.

      • Rodrigo BH

        Sim Fernando, e bem lembrado o que disse sobre a Naiane. Na minha opinião, ela de fato é muito segura, joga com personalidade, ja mostrou o seu valor. Tomara que amanhã o jogo com o Sesi seja de alto nível. Torco pro Minas, mas vibro com o voleibol bem jogado.

  • Pedro

    Muito bom ver o Minas revivendo um bom momento. Pena que o elenco foi formado ao longo da competição, certamente estariam brigando com o Molico/Osasco pela TOP 3.

  • Jairo(RJ)

    As funções da Jaqueline e Mari nesse primeiro jogo do Minas que vi mostrou boa consistência.
    O Molico ressentiu de ataque. Ainda que a Diana esteja fazendo um bom trabalho no levantamento, falta algo.

    O Minas não tomou conhecimento. Vamos ver uma pouco mais a frente se consegue manter o ritmo.

  • Marcio Fu

    Na minha opinião, a maior revolução promovida pelo Queiroga foi colocar a Naiane para jogar. Era a terceira reserva e assumiu a posição sem dar margem para nenhuma reclamação. Joga bem comas pontas, com o meio e tem personalidade para virar bolas importantíssimas de segunda, vide os pontos finais nos sets contra o Osasco. Se bem treinada, ela vai longe.

  • Samuel

    Tô gostando de ver esse time do Minas e Pinheiros. Mari Paraíba bem que merecia uma oportunidade de ser convocada para a seleção, assim como a Rosamaria.

    • Fernando

      Mas na seleção atualmente elas não pisam, pois, as protegidas talismãs tem vaga vitalícia.

      • Samuel

        Concordo, Fernando! Não sinto confiável com o passe da Natália e Gabi, mesmo elas sendo ótimas atacantes. Tandara pode até ser a maior pontuadora da Superliga, mas a quantidade de erros de ataque dela são lastimáveis. Imagina um tie-break daqueles contra a Rússia nas Olimpíadas… Se fossemos depender da Tandara, tínhamos perdido no primeiro match point.
        A solução desses problemas, são a convocação de jogadoras de passe, de levantamento precisos, de um bom tempo de bloqueio, de um ataque mais regular. Na minha opinião seriam convocadas: Macris, Rosamaria, Mari Paraíba, Bia ou Roberta. Juntando essas novatas, com as mais experientes daria um time muito bom, onde o banco poderia resolver também.

        • Willian

          Vc não entende nada de voleibol. Sem mais

          • Samuel

            Você deveria trabalhar no ramo. Palmas para seu “bom” entendimento sobre voleibol. Sem mais…

  • Paulo Torres

    É precipitado ainda, eu sei, mas me vem à lembrança o que fez o time masculino do Minas uns anos atrás. Depois de uma temporada sem patrocínio, só com juvenis em quadra e nem chegando aos playoffs (1998/99), em 1999/2000 entrou um patrocínio (muito mais forte que o atual patrocínio do time feminino), vieram alguns jogadores consagrados (Maurício, Giba), e a garotada ganhou confirança e logo eram nomes de destaque nacional: André Nascimento, Henrique, Serginho, Rafinha.

    • Paula Sentinela

      Bem lembrado amigo.

  • Fernando

    Prezados que insuportável está essa “não transmissão de jogos”.
    Minas e Sesi, Minas e Rexona, não será transmitido! Aliás dos próximos 12 jogos somente 1 será transmitido. O esporte mais vitorioso no Brasil jogado no ostracismo e esquecimento, lamentável.

    • Rafael

      Achei que fosse só eu que tinha notado isso, está insuportável perder tantos jogos bons e esperar pelo resultado. Alguma coisa tem que ser feita, não podemos deixar o voleibol morrer assim.

  • Ludicréia Penha da Silva Santos Gonçalves

    O time do Minas logo logo vai mostrar todo o seu potencial, como torcedora fanática do Minas eu aguardo por esse momento há mais de uma década… o xente tempos áureos.

  • Roberto Luiz

    Realmente deu gosto e desgosto de ver o jogo.

    Sou torcedor do Molico/Osasco mas o time vai mal. Jogou muito o Minas, com muito volume de jogo, com passe e com a Gattaz brincando na rede (o bloqueio nem via a bola passar).

    É bom ver também a Naiane levantando, pois dá segurança que temos futuro pra seleção, espero realmente que se firme.

    O minas tá arrumado e espero que vá longe, torço para que volte aos grandes tempos e que pinheiros também ganhe forma para termos uma liga ainda mais forte.

    Quanto a Jaqueline e a Mari falar que elas tão jogando muito é chover no molhado, basta ver os jogos.

    • Fernando

      A Mari evoluiu muito no passe, no ataque ela ainda está fraca, precisa melhorar, não sei se os levantamentos estão baixos demais etc, só sei que ela precisa evoluir nisso, para ajudar a compor a linha de ataque.

      A Jaque, tá bem na linha PASSE/DEFESA e tem ajudado no ataque quando acionado, ao meu ver ela é fundamental pro time.

      • LUCAS

        A Jaque hj é fundamental na seleção e em qualquer time. Qual é a ponteira q ataca, passa e defende tao nem quanto ela, hj, no brasl? NINGUÉM. Muitos colocaram em dúvida a sua volta às quadras ,depois da gravidez. Duvidaram da sua calacidade de atleta, pois ela sempre foi tida como:atleta de fundo de quadra. Hj, ela mostra-se amadurecida no ataque. Cresceu em potência e isso foi impressionante. Ela fez o caminho inverso: pois, quando a maioria das atletas atingem a forma fisica e o aige da carreira em torno d 25 a 29 anos, em média, ela está com 31 e parece viver o melhor momento de sua carreira.

    • logan

      O Ruinzomar armou um time manco para esta temporada. Na temporada passada, com aquelas duas estrangeiras medianas, o time era menos manco. Então era melhor continuar igual. Mas ele contratou três opostos! A Gabi deve ser afilhada dele, e a Samara tem que comer muito angu pra ser ponteira de time grande. O Ruizomar desaprendeu a montar time, só pode.

      Aquele técnico do Praia Clube é outro que não soube montar time.

      As equipes mais bem armadas desta SL são, disparadas, Pinheiros, Rexona e Sesi. E a Rosamaria é a maior revelação.

      O Minas se armou com o barco andando, mas fez direito ao contratar Mari Pb e Jaqueline. Eu queria a Mari Pb jogando no Osasco! Se não podia ter uma Jaqueline por causa de ranking, o que o Osasco tinha de fazer era colocar grana na mão de uma ponteira eficiente e que desse estabilidade no passe e defesa, para jogar junto com a Brait e ainda ter um ataque decente. Colocaria dinheiro na mão até da Ellen, do Pinheiros!!! Agora guenta porque esse time vai viver de lua: ora vai arrancar vitórias brilhantes, ora será batido como time pequeno.

  • Madalanha Montanho

    A SL tá começando a pegar fogo ADOGO>

  • Alexandre

    Adorei ver o jogo do MinasxMolico. Quanta evolução desse time do minas, parecia outro do incio da Superliga. O dois primeiros sets parecia o masculino, viradas de bola dos dois lados, alto nível, vencido nos detalhes pelo Minas.O terceiro o time se perdeu um pouco mas, voltou com tudo no quarto.Parabens! A Naiane ousada, a Jaque e a Mari PB brilhando no fundo e a Carla derrubando tudo. O jogo contra o SESI terá que ser diferente. Se atacar pra baixo vai tomar toco da BIA da Fabiana, tem que explorar, acho que a Mari e a Carla não sabem fazer isso tão bem quanto a Gabi do Rexona. Mas vou torcer para o Minas levar mais essa. Não posso acreditar que o Minas perdeu para o time estranho do Brasilia.Amanhã saberemos que foi melhor, se as ponteiras do Minas ou as centrais do SESI.

    • Fernando

      Mas você vê a evolução do time só analisando o comportamento dentro de quadra.

      No Minas todo mundo se atacando no chão, correndo atrás da bola e brigando pelo ponto.

      No Molico a Mari fica parada, se a bola não vier na mão dela não faz nada, a IVNA é outra, o time todo parece que tá travado, daí ficam colocando a culpa na DIANA, dizendo que o problema do time é a falta da Dani Lins, será muito pior quando ela retornar e o time continuar instável.

  • Zelirbem

    Galerinha, vamos interagir um pouquinho ?
    Hj o melhor jogo da superliga feminina não terá transmissão (Camponesa/Minas X Sesi-SP) , já sabemos que o Sesi se consolidou como time de Ponta e roubou do Osasco o título de “Vice”, sabemos também que o Minas quer se infiltrar no G4 . Diante disso , temos a atual colocação (5 primeiros):
    1- Rexona – 41 pts e um jogo a menos que os demais
    2- Sesi-SP – 41 pts
    3- Molico Osasco – 34 pts
    4- Pinheiros Esporte Clube – 31 pts
    5- Dentil/Praia Clube – 30 pts

    O Minas tem 27 pontos …

    … Pelos confrontos que temos de hj até sexta feira, presume-se que o Minas cresça a partir da próxima semana e avance muito, enquanto esses cinco do topo se enfrentarão perdendo pontos uns para os outros.

    Quem vcs acham que sobe e quem desce, ou quem entra e quem sai do quinteto até o final da fase de classificação ?

    • Zelirbem

      Correção : Esporte Clube Pinheiros (me desculpem) , por falar nele, já foi um que perdeu ponto, acaba de vencer o Brasília no tie breake por 15 X 12 . Elisangela 24 pontos .
      Já o Camponesa/Minas sensação da Superliga neste 2º turno, venceu o Sesi por 3 X 1 . Jaqueline e Fabiana duelaram pelo posto de maior pontuadora, as duas Bícampeãs Olímpicas atuaram liderando seus times como verdadeiras Deusas do Olympo, Fabizona marcou 19 pontos, sendo 4 deles no bloqueio e 2 no saque, ao passo que ninguém pontuou mais que Jaqueline no ataque, ela fez 15 de ataque, 1 no saque e 1 de bloqueio.
      Carla igualou a pontuação da Jaque com 12 de ataque um no block e 4 no saque.
      Acho que o Minas consegue o 4º lugar se não tropeçar em nenhuma partida que teoricamente seria mais fácil, e se o Molico/Osasco não criar jeito , verá o Minas tomar-lhe o terceiro lugar, aliás, falando neste outro, a Dani atuou como titular na sua vitória por 3 X 0 sobre o frágil Uniara, apesar do placar do terceiro set apontar 30 a 28, fica um ar de evolução/recuperação do voleibol da equipe, pois as maiores pontuadoras foram as centrais: Thaísa 19 pontos(4 de bloqueio e 1 de saque) e Adenízia 12 pontos (9 de ataque e 3 de bloqueio).

    • Fernando

      O Minas irá subir para 4ª posição,pois teoricamente de todos os jogos de agora em diante, o mais forte sera o Rexona, o restante todos fracos. Enquanto o resto, como você mesmo disse irão se enfrentar e perderão pontos.

      Na atual conjuntura, acredito que o Molico perca para o SESI e REXONA, e caso o Pinheiros vença um destes ficará 3º, o Praia Clube acredito que como no 1º turno irá perder todos os confrontos diretos com esses times.

      Então Rexona e Sesi permanecem na mesma posição, Molico cai para 4 º, Pinheiros sobe para 3º, Minas sobe para 5º e o Praia Clube cai para 6º (esse é certeza).

      • Fernando

        Retificando o Minas fechará em 5º, 4º lugar somente se o Pinheiros perder 2 partidas.

  • paulittus

    Minaaaaaas!!! Parece até babação de ovo, mas a chegada da Jaqueline melhorou mesmo o jogo do Minas, Acho que o ponto forte da equipe está na coletividade que tem… Nunca ví a Carol Gattaz tão bem, será que não dá pra barrar a Adenízia na seleção??? Sinto falta apenas da Lia na época do time do Brusque e ela fazia os outros times deitar!!! Mas, vamos que vamos Minas, derrubar o Rexona sexta e partir pro abraço!!!!

    • eduardo

      E olha que a Gattaz no Amil tinha atuações apagadissimas. A Claudinha não sabe jogar com a centrais e não levanta a bola no jogada china……Gattaz se limitava apenas a boquear. Não tinha convicção no ataque pq quase não recebia bolas e qndo recebia até se assustava e/ou os levantamentos eram péssimos.
      A Naiane é ótima nas bolas com as centrais , tanto que a Carol e a waleswka atacam com convicção e com certeza de que vão receber as bolas……..a cada dia as centrais do Minas estão se destacando mais no ataque, e tbm estão sacando muito bem……só ainda devem um pouco no bloqueio. Nunca tinha visto a Carol Gattaz ser tão efetiva no ataque e jogar tão bem nesses ultimos jogos…..está sendo tão efetiva qnto a Carol e Jucy (do rexona) e até msm a Adenizia.
      As bloqueadoras dos outros times vão ter que suar pra bloquear as atacantes do Minas, pq todas estão sendo efetivas no ataque, tanto as centrais , quanto as pontas. Vai ser dificil a marcação

      • Zelirbem

        Mas antes de jogar pelo finado Amil/Campinas a Claudinha sempre fez ótimo trabalho com as centrais, o problema daquele time era o técnico, que só sabia pressionar uns, e assim crucificá-los enquanto dava colher de chá para outros, veja que outras atletas rendiam mais em outros times o no Amil/Campinas pareciam juvenis em quadra, como a líbero Michelle Daldegan , sem falar que com esta pressão descabida e desnecessária, nós quase fomos eliminados ainda na primeira fase de Londres, e depois sem essas cobranças cegas e mesquinhas dele, sobramos em cima de Rússia(uma das favoritas ao título) e EUA(outro grande favorito).
        Apenas para ilustrar melhor o que eu disse, o Zé já FOI um grande treinador, hj em dia é só um treinador com bons planos táticos e quando esses planos não funcionam o time todo se perde(vide semi do Mundial diante dos EUA), em Pequim 2008, ele ainda ERA um grande treinador e o resultado disto: todas as titulares e ótima forma física e técnica. Uma pena que AQUELE Zé Roberto deixou subir a sua cabeça o fato de ser o único técnico da história a ser campeão olímpico tanto no feminino quanto no masculino, uma pena, AQUELE Zé era humilde e trabalhador, e não jogava a culpa de seu trabalho não aparecer em cima das jogadoras.

  • Alexandre

    E só dá Minas, mais um grande sucumbiu em BH. Me parece que os adversários estão entrando devagar contra o Minas e, estão se esquecendo que o time se encaixou. Quem ganha com isso é a Superliga que ganhou mais uma equipe que vai brigar na parte de cima da tabela, muito bom! O jogo contra o Rexona será o duelo das melhores ponteiras do campeonato e da melhor levantadora de todas(Fofão) contra a sensação(Naiane). Uma pena que esse jogão, mais uma vez, não será transmitido, vão passar PraiaxBrasilia. Fazer o que? Teremos que ver a Tandara recebendo um milhão de bolas e atacando pra fora e a Paula Pequeno errando todos os passes.

  • Fernando

    O Sesi levou uma rasteira do Minas, e perdeu de 3X1. O Minas já venceu o 2º,3º,4º e 5º lugares da Tabela todos na sequência, um jogo atrás do outro e sexta pega o Rexona 1º lugar, e ainda tem gente dizendo que os outros times estão perdendo por que estão “cansados”.

    • Zelirbem

      Mas acho que perdem por estarem cansados mesmo:

      -O bloqueio fica cansado de correr de um lado para o outro, porque a Naiane sabe muito bem a hora de chamar a china e a hora de chutar pra ponta utilizando assim a maior distância, esta garota é a “Nova Japonesinha do Minas”.

      -O ataque fica cansado de tanto dar na bola e não pontuar, porque a Jaque enriqueceu o fundo de quadra, e a jovem líbero cresceu com a presença da Jaque, assim como Mari Paraíba tbm, são 3 jogadoras de bom fundo de quadra.

      Enfim… o Camponesa/Minas é que esta dando um cansaço neles.

      • Fernando

        Exatamente!

        já faz dias que acabou a Copa do Brasil e ainda vejo por aí, o pessoal dizendo que as vitórias do Minas são em detrimento ao cansaço da Copa do Brasil, e o Molico perdeu pqe esta se recuperando TOP Volley.

        Enfim!

  • José

    Imagina o Minas com a Joycinha que está arrasando na Coréia?

    Queria que Fabíola e Garay voltassem ao Brasil mas as duas disseram que ao fim da temporada verão se vão renovar. Fabíola quer renovar, não está interessada em voltar ao Brasil.

  • José

    Já pensaram o Minas com esse time no próximo ano?

    Levantadoras Fabíola e Naiane
    As centrais que já estão
    Joycinha ou Rosamaria de oposto
    Jaqueline e Garay
    as líberos que o time já tem, talvez pegar a Daldegan do SESI

    Trazer o Paulo Coco ou o Angelo Vercesi

    • Romano

      Tá de brincadeira né ? kkkkkk

  • eduardo

    Fabiola e Garay afirmaram ao site do Dinamo Krasnodar que querem renovar. A Liga Russa e o campeonato europeu tem sido muito forte e tem ajudado muito no crescimento das duas tecnicamente. É visível crescimento da Fabíola: o MPV na Copa da Russia, a quantidade de bolas meio fundo que ela tem levantado com perfeição; trabalhando os levantamentos(mesmo quando o passe não é bom); e mesmo com o passe B e C tem chamados as centrais do krasnodar no ataque; a Fabíola está muito mais confiante e vem fazendo uma temporada bem melhor que a Dani Lins……se compararmos o nível dos times da Russia e do campeonato europeu que o Krasnodar participa, ela tem tido sempre papel de destaque e reconhecimento pelo seu desempenho na imprensa russa e pelos outros times tbm. O que beneficiará a seleção brasileira( tanto pela disputa entre Fabíola e Dani pela vaga de titular, como pelo leque de levantamentos que a Fabíola apresentará). TBM Sempre vejo o time muito unido, ( Kosheleva e Sokolova) sempre muito simpáticas com as brasileiras.

  • Alexandre

    Não acredito que o Minas vá se reforçar tanto assim. Mas, certamente se a Jaque continuar na próxima temporada o clube trará outros reforços. A Superliga só tende a ganhar se mais patrocinadores investirem e os clubes acreditarem que poderão enfrentar Molico, Rexona, Sesi de igual para igual. Mas todo início de temporada é uma luta para as equipes menores montarem um elenco, que fica difícil de acreditar em algo diferente do trivial. Espero que a próxima temporada seja mais animadora e que tenhamos uma grande Superliga, principalmente a feminina que eu, particularmente, curto mais.

    • Manuel Nóia

      A boa fase do Minas acabou junto com o episódio de racismo na última terça-feira. Um babaca ofendeu a central Fabiana, do Sesi-SP, com palavras racistas, chamando-a de “macaca” e perguntando se ela “queria banana”.
      Fiquei sabendo, depois, que o Minas “tomou as devidas providências” contra esse meliante, mas a história parece não ter sido assim.
      Torcedores alegam que a segurança do Minas queria apenas mudar o cara de lugar, e que foram eles que acionaram a Polícia, que o levou à delegacia para prestar depoimento e o liberou.
      Perguntas que ficam: por que os seguranças quiseram apenas mudá-lo de lugar?
      Por que a atitude de chamar a Polícia partiu de outros torcedores, não dos seguranças?
      Por que, depois desse episódio, o clube ainda tem a cara de pau de divulgar uma nota dizendo que tomou tais providências?
      Seria medo de manchar a campanha do time na Superliga, que até então tinha 5 vitórias seguidas?
      Num país sério, independente de súmula ou BO, se eu fosse procurador do TJD e tivesse assistido ao jogo, teria denunciado o clube por conduta racista, e pediria a exclusão do time da competição!
      Lamento, mas o que era pra ser só mais uma demonstração de recuperação virou uma verdadeira mancha na carreira dessas atletas que ainda vestem a camisa desse time.
      Mari PB, Jaqueline, Gattaz, Valquíria, Walewska, Naiane, etc., se vocês têm caráter, têm que sair desse time racista!

MaisRecentes

As primeiras transmissões da Superliga na TV



Continue Lendo

Vaivém: Thaisa jogará a Superliga



Continue Lendo

Definidos os grupos do Mundial masculino de clubes



Continue Lendo