Coluna de domingo: Líderes podem ser mandantes na decisão



Coluna Saque publicada neste domingo, 22 de dezembro, no LANCE!.

Sada/Cruzeiro e Molico/Nestlé faturaram o “título” do primeiro turno da Superliga 2013/2014. E a conquista até então simbólica pode se transformar em trunfo nos playoffs da competição.

A CBV discute dar um peso maior para os critérios técnicos antes de escolher o local do jogo único da final da Superliga. O martelo ainda não foi batido, mas é possível assim que a cidade de São Paulo receba a decisão do torneio feminino e Minas Gerais, possivelmente a capital Belo Horizonte, o masculino. Ibirapuera e Mineirinho são os ginásios favoritos, neste cenário.

Eu, como vocês sabem, não sou defensor da final em partida única. Gostaria de ver uma disputa em melhor de três jogos, pelo menos, para definição do título. Times teriam mais espaço na mídia, torcedor poderia, ao menos, ter uma chance de ver o time do coração atuando em seu próprio ginásio…

Mas, como vocês também sabem, a posição da Rede Globo, detentora dos direitos de TV, é bem diferente da minha. Atualmente é possível, meses antes de o campeonato terminar, saber que na data X acontecerá o jogo decisivo e assim fica fácil definir a grade de programação da emissora para transmissão das duas finais.

Sabendo então que minha opinião (e de mais alguns espalhados por aí) não irá mudar os rumos da Superliga enquanto o atual contrato vigorar, vejo a utilização de critérios técnicos como um avanço para manutenção deste formato. Você premia a boa participação de dois times na primeira metade da competição, sempre mais morna e pouco atrativa. Se os dois times “premiados” vão chegar à final, eu já não sei. Mas, se chegarem, terão algum tipo de vantagem. E por merecimento.



  • diogo

    Ira ser na casa do 1° colocado de toda a fase classificatoria ou só o do 1° turno??

    • Daniel Bortoletto

      turno. não dá pra esperar acabar o returno para definir a sede

      • diogo

        Obrigado..

  • Aline

    Sou a favor de jogo unico, porem com a ressalva de que a final fosse na casa do time de melhor campanha.
    Acabei de assistir a um jogaco BrasilKirin 3×1 Sao Bernardo. Partida se altissimo nivel, com muitas defesas, contra-ataques e volume de jogo.
    Diogo mais uma vez fez um partidaco, sendo decisivo nos finais sw set.
    Pelo Sao Bernardo, o oposto LEOZAO fez uma partida excelente no saque, bloqueio e ataque, estava quebrando o passe do adversario e sendo acionado na maioria dos conrra-ataques.
    LEOZAO ta melhor que VISOTO q perdeu para o ModaMaringa.
    Bernardinho, olho no Leozao, o cara ta jogando muito!

  • O MINEIRINHO ESTÁ UM LIXO

    Daniel, o Mineirinho está caindo aos pedaços. O ginásio está abandonado, precisando de uma reforma gigantesca. Sinceramente, não dá para a final ser lá. O Campeonato Mundial de Clubes 2013 foi disputado em Betim por esse motivo.
    O Mineirinho iria ser reformado, mas nada até agora.
    Como seria?

    • Daniel Bortoletto

      eu sei e já escrevi sobre isso em outras ocasiões que o ginásio poderia ser utilizado. mas só vão confirmá-lo se acontecer a costura política que garanta um jogo deste porte

  • Léo

    Seria um máximo a final no MINEIRINHO que, mesmo com a forçação de barra da mídia carioca em tentar o contrário,é a real casa do vôlei. Realmente o mineirinho precisa de uma reforma urgente, parece que o ginásio parou no tempo.
    Uma importante observação que faço ao ver os jogos dessa SL é o público (ou a falta dele). Com exceção do time do paraná, na SL masulina, e do maranhão, na SL feminina, a sensação é de ginásios vazios.
    No meu caso, esse ano eu prefiro ver os jogos em casa do que pegar 2 ônibus (após a faculdade) pra ver um jogo que pode durar 1h20 min.
    Culpa dos 21 pontos?
    Não sei. Só sei que não gostei.

  • Mariane

    Não gosto de finais de um jogo só, porém, nesse único jogo posso ir.
    Pra CBV é mais vantajoso final feminina no Rio ou em São Paulo. Lembro da final de 2011 em BH. Na sexta-feira, véspera do jogo os ingressos eram distribuídos nos sinais e mesmo assim o mineirinho não lotou. Acho que não tinha metade do ginásio ocupado.

    A final masculina deu mais gente que me lembro.

    Acho justo os times serem ‘premiados’.

    Mas acho que a final teria que ocorrer na casa do melhor colocado. Porém, isso dificilmente vai acontecer, já que não duvido que a Globo decida o local da final que lhe agrade mais.

    Daniel, espero também que não enrolem muito na data, já que segundo o calendário a final pode ser em uma ou outra data e que também não haja enrolação nas vendas dos ingressos como nesse ano, afinal, quem não mora nas ‘cidades sede’ precisa se programar

  • Osmar Cordeiro

    Eu tbem apoio 3 jogos finais , seria mais justa com as equipes e torcedores . O faturamento com vendas de ingressos e camisetas aumentaria . A CBV e Globo montam um circo todo enfeitado com um monte de palhaço com led pulando e daí mostra o ginásio lotado como se a Superliga fosse sucesso e na realidade esconde problemas sério , de investimento , de clubes que fecham as portas e outros . Fico imaginando o deslocamento dos torcedores terem que ir para um centro que fica distante , imagine se o Cruzeiro não consiga ir para a fina , que fosse entre RJ e Sesi terem q se deslocar para Belo Horizonte não tem nada haver . Tem coisas que não consigo entender como agora a Copa do Brasil que vai ser disputada em Maringá – PR , no feminino usaram a tabela dos 8 melhores da última superliga , no masculino apenas as 4 irão para a fase final , não existe meio termo , ou é ou não , que seja igual para ambas ( feminino e masculino ) .

MaisRecentes

E vem mais um Zenit Kazan x Sada/Cruzeiro por aí!



Continue Lendo

Após virada incrível no 3º set, Minas avança na Copa



Continue Lendo

O tetra está vivo! Sada/Cruzeiro na semi do Mundial



Continue Lendo