Coluna de domingo: Exemplo de atleta e ser humano



Coluna Saque publicada neste domingo, 10/3, no LANCE!. Espero que descubram quem é a personagem antes dos últimos parágrafos.

Sabe aquela pessoa que todo mundo tem algo bom para dizer para você? Aquela mesmo que é tratada como exemplo por companheiras e adversárias, independentemente da camisa que esteja defendendo no momento. A tal unanimidade é burra, como dizem por aí? Neste caso, o velho clichê está completamente errado. Ela é unânime, sim.

E sabe por que? Pois ela dá o exemplo com atitudes, não apenas com palavras ou discursos vazios. Quando fala, todo mundo presta atenção e busca aprender algum ensinamento. Se é bronca, foi válida. Se é um elogio, foi merecido. Por falar nisso, discursar em público não o forte dela. Faz parte da personalidade introspectiva, tímida em certos momentos.

Ela não é uma celebridade vazia destes tempos de Big Brother. Não está nas manchetes por fazer figuração em festas de emergentes. Não aparece na mídia por qualquer futilidade ou pseudonotícia que dá audiência. Inclusive, é raro ver algo sobre ela que não esteja ligado ao esporte.

Ela também não precisa fazer caras e bocas ou criar um personagem para parecer simpática. É a mesma em todos os momentos, seja ele bom ou ruim. Máscara não existe ali.

Como atleta, virou sinônimo de precisão. Talvez seu apelido, que tem um sentido carinhoso, vire um verbete quando um dicionário esportivo for lançado por aí. Seria uma justa homenagem.

Depois de tudo isso ficou fácil entender quem é ela.

Hoje, Hélia Rogério dos Santos, ou simplesmente Fofão, completa 43 anos. E jogando em alto nível, contrariando qualquer lei da física. Está a uma vitória de levar a Unilever à decisão da Superliga.

Mais do que um simples feliz aniversário, parabéns por tudo o que já fez e ainda faz pelo vôlei brasileiro, Fofão!



  • Luiz

    Olha! Ainda bem que eu li o nome da Fofão, porque eu já estava com mil pedras na mão preparadas para você… kkkkkkkkkk

    GRANDE Fofão!

    • César Castro

      Se vc diz isso, Luiz, é porque sabe que todos esses elogios são válidos para “aquela pessoa” que vc acha que era o sujeito da crônica do Daniel.
      #Fica a dica!

      • Luiz

        Ou então, seria só mais uma babação desnecessária dos jornalistas que cobrem vôlei. Geralmente, para eles, tem títulos, tem carater – e eu sei bem que não é assim a coisa.

        • Andrei

          Espero que a “Miss Pantene” leia essa crônica e tome um pouco de “simancol”!

  • Matheus

    Parabéns Fofão !!
    Você é a melhor levantadora da história do voleibol brasileiro, um exemplo,e uma das melhores do mundo na posição que o voleibol já teve !!
    Obrigado por tudo …!!

  • Rose

    Parabéns pelo seu aniversário, parabéns pela pessoa que vc é e muito obrigada por tudo.

  • Léo

    Linda matéria!!!
    A FOFÃO é um exemplo para todos que gostariam de ter carreira longa no esporte.
    Como é bom ver uma levantadora que sempre esteve entre as melhores do mundo e que até hoje, mesmo sendo a maior medalhista olímpica feminina da história do Brasil, quando erra “pede desculpas”.
    PARABÉNS FOFÃO!!!!

  • César Castro

    Parabéns, Daniel, pela crônica sensível.
    Parabéns, Fofão, por ser vc!

  • Edson Pelegrino

    Fofão,uma das atletas mais importantes da história do volei.

  • daniel

    Parabéns a Fofão, uma jogadora monstruosa. É tudo isso e muito mais que o Daniel falou.

  • Fofão é o que foi escrito na matéria e muito +. É lenda do volei mundial. Sempre que a vejo em quadra me emociono! Fofão exemplo a ser seguido, neste momento de tantas inversões de valores…

  • Felipe Lima

    Clap clap clap clap!!

  • Edson Pelegrino

    Daniel,não vai postar nada sobre a final da Champions League feminina??

  • Peri

    Obrigado por existir, Fofão e nos mostrar com sua atitude de perseverança de que no final tudo pode dar certo, como deu para você, que enfrentou a derrota – porém nunca o fracasso! – em 3 olimpíadas para no final ser premiada com uma memorável medalha de ouro.

  • Luiz

    O que a Fofão fez em Londres, nenhuma outra levantadora na história do vôlei nacional fez em nenhum momento. Desculpe, a Venturini, mas a Fofão deu Show. Venturini teve várias portunidades, a Fofão na segunda portunidade como titular, brilhou.

    • Luiz

      Desculpe o erro: O que a Fofão fez em PEQUIM.

      • Luiz

        Gente, o que está acontecendo comigo hoje? *OPORTUNIDADE.

        Gosh!!!!!!!

  • Michel Pereira de Oliveira

    Antes de chegar ao final do texto eu jurava que ele se referia à Jaqueline.

    • Daniel_Sam

      Eu tbm, mas pensando com bom senso, esse texto cabe melhor para a Fofão do que para qualquer outra jogadora do planeta…

    • César Castro

      E eu à Sheilla…

    • Michel Pereira de Oliveira

      Isso prova que felizmente o Brasil tem atletas que além de exemplos como esportistas também o são como pessoas.

    • Raphaela

      Nossa! Jamais pensaria em Sheilla ou Jaqueline. A descrição do autor vai de encontro a várias posturas dessas duas atletas. Por acaso todos buscam aprender com as palavras de Jaqueline? E a Sheilla? Uma jogadora fantástica, mas ultimamente é uma das que mais se expõe desnecessariamente. Na minha mente logo surgiu o nome de fofão.

  • Paulo

    Fofão é simplesmente Fofão! Não há comparações é sim a melhor levantadora que já tivemos, dificilmente teremos outra igual.

  • @alcidesxavier

    Haahahahaha Quando comecei ler, jurava que estava falando da Jaque!!!
    kkkkkkkk pelo menos não fui o único, é de se reconhecer o amadurecimento da mesma!

  • Jairo(RJ)

    Parabéns para a Fofão pelo exemplo de atleta.
    Que ela possa ter saúde, paz e alegrias
    Feliz também é a Roberta, substituta dela no Unilever, que ao poder trabalhar com a Fofão, faz um belo upgrade nos ensinamentos passados por Fernanda.

    • daniel

      Gostaria muito de ver a Roberta jogando mesmo na próxima Superliga. Ninguém teve a oportunidade que ela teve de aprender a jogar. Bernardinho, Fernanda venturini e Fofão, quer mais o que?

  • lucas kazan

    rabita baku,foluke akinradewo e vasco tem tudo em comum vice.

  • Marcus

    Poxa Daniel… te fiz uma pergunta e te elogiei a matéria que tu fez sobre os irmãos Endres e vc nem respondeu…..vlw…

    • Daniel Bortoletto

      se eu achar, aviso. creio que não temos arquivo digital de 2001

      • Marcus

        OK!! Obrigado!! Aquela decisão foi demais o maracanazinho lotado !!! a reportagem foi linda…pena que perdi esse jornal… obrigado!!

  • Rafael

    Eu tive a oportunidade de jogar meio set com ela em São Paulo, após Pequim. Pra ela foi um bate-bola com mais um grupo qualquer de vôlei. Pra mim foi sonho!
    Parabéns Fofão! Parabéns Daniel pelo belo texto!

MaisRecentes

A dor de Gabi e de quem estava ao lado



Continue Lendo

Duas gratas surpresas na Superliga



Continue Lendo

Minas espera Hooker ainda em outubro



Continue Lendo