Coluna de domingo: De Pelé a Mané em alguns cliques



Pessoal, bom dia. Abaixo a coluna Saque publicada hoje, no LANCE!. Como já me perguntaram no Twitter, um adendo: foi escrita antes da derrota para o Canadá, no sábado.

Ricardinho voltou para a Seleção Brasileira na noite de sexta-feira. O time perdeu para a Polônia, em Toronto (CAN), na abertura da Liga Mundial, e parece que o mundo vai acabar.

Antes de dar opinião no meu blog, preferi ouvi, ou melhor ler, os comentários dos torcedores. E admito que me assustei. De um lado, o “time” do gênio, aqueles que festejam qualquer bola levantada, exaltam o currículo vitorioso, elogiam a forma física e acham sempre uma desculpa para os erros. De outro, o “time” dos que sabiam que a volta após cinco anos era um erro, que escrevem com todas as letras que Ricardinho está ultrapassado, velho e gordo. Minha gente, muita calma nessa hora. Nem 8 e tampouco 80.

Sim, ele não jogou tudo o que pode, sabe e se esperava dele. A harmonia dentro e fora de quadra com o elenco ainda não é 100%, algo lógico para quem ficou cinco anos afastado do time, graças ao sério desgaste pré-Pan de 2007. E talvez nunca chegue ao 100%. Mas tem muito para acrescentar ao grupo para a Olimpíada de Londres. O tempo dirá quanto.

É verdade também que o time melhorou com as mudanças feitas por Bernardinho, uma delas a troca de Ricardinho por Bruninho, a partir do terceiro set. O filho do treinador é outro que precisa provar todo dia sua qualidade pela questão familiar na Seleção. Sofre demais com os “extremistas”. Sim, ele nunca chegou ao patamar do “rival” Ricardinho, mas tem qualidade e personalidade para estar ali. A presença de uma sombra deste nível, inclusive, já fez bem para Bruninho e fará ainda mais.

O Brasil tem a ganhar com a dupla. E os dois poderão fazer com que os “extremistas” sejam mais ponderados no futuro.



  • CMA

    “De um lado, o “time” do gênio, aqueles que festejam qualquer bola levantada, exaltam o currículo vitorioso, elogiam a forma física e acham sempre uma desculpa para os erros.”

    melhor frase do seu texto. essa gente que culpava Bruno e Marlon pelas poucas derrotas da seleção agora tem que arrumar desculpas. ele esta de volta apenas pela pressão externa, e voltou como o milagroso, o cara que traria o ouro, agora vai ter que aguentar as criticas.

    Eu adoro saber que nem todo mundo é do team gênio.

    • Luiz

      O problema é que o campeonato ainda não acabou. Se a seleção fracassar no campeonato aí sim os “odiadores” como dizem os americanos vão poder falar alguma coisa. Você custa a entender que a avaliação sobre o Bruno e Marlon vem de três anos seguidos, vocês estão avaliando o Ricardinho por dois jogos classificatórios que ainda não significam nada. Brasil ainda encontrará Polônia, Canadá e Finlandia por mais quatro finais de semana, e serão mais quatro jogos com o mesmo time.

      Ainda não da para comparar o começo de um trabalho com 3 anos de jogos. Se no final da liga a seleção fracassar, eu vou ser o primeiro a concordar que o Ricardinho não fez diferença. Enquanto isto, eu fico aqui sentado e rindo da cara de vocês por acharem que o Ricardinho já mostrou o que pode jogar. Continuem odiando, mas depois não sumam. Se a seleção ganhar a liga, fiquem aqui, e dêem o braço à torcer. Não sejam covardes (como se fosse possível).

      • CMA

        Bruno e Marlon ganharam mais que perderam, são campeões mundiais e bi campeões da liga mundial, fracasso só nos seus olhos. e as suas desculpas como bem fala o Daniel só servem para o gênio, para eles nunca serviram.
        vou sempre torcer contra o Ricardo, ele ganhando ou perdendo sempre vou torcer para ele fracassar, já faço isso a mais de 10 anos, não é por um hipócrita como você que vou começar a torcer a favor.
        estou me divertindo muito vendo vocês arrumar desculpa para as derrotas, depois de tanta perseguição aos outros levantadores agora, como diz o Daniel ele sofreu muito com os extremistas como vc agora é a hora da vingança.

      • CMA

        Custa você entender que não estou avaliando a técnica, só estou me divertindo com o fracasso dele e com as suas desculpas, e você comemorando a forma física e tudo. to rindo muito.

      • Jacki

        Luiz você é o último que pode falar porque você é absolutamente o mais fanático de todos. Agora, olhando para a tranquilidade só porque o seu gênio está mostrando o que realmente vale …ou o não vale.kkkk

      • Luiz

        Já disse: só vou aceitar críticas depois que o campeonato acabar. Antes disto, não da para avaliar. Ricardo ainda não está totalmente entrosado com o grupo.

        E só para terminar, CMA, Jacki e Emanuelle (que são a mesma pessoa) depois desta declaração de que torce contra o Ricardinho a mais de 10 anos, não vou mais responder a nenhum comentário de “vocês” (que são a mesma pessoa), até porque eu já estou desconfiado de outra coisa… é melhor não dizer. “Vocês” escrevem da mesma maneira e até cometem os mesmos erros de português – tudo muito igual. Não vou mais perder meu tempo. Você não gosta do Ricardo, agora entendi, não é um opinião técnica, você torce contra a pessoa, então não tem como trocar idéias com alguém tão desequilibado assim. Pra você agora é só silencio.

        • CMA

          finalmente você entendeu, eu torço contra a pessoa, não tem nada a ver com técnica, custou mais saiu hein. obrigada por não me responder mais, porque você que me incomoda mesmo

  • Naty

    Muito boa coluna Daniel!
    Acho que não há motivos para desespero. O Brasil é tecnicamente superior aos times para os quais perdeu. Isso é claro. Pra mim o que ocorreu foram erros de um time que ainda está se entrosando. Espero pra ver o Brasil ganhar desses mesmos times nas próximas 3 rodadas. Todos vimos que os jogadores não mostraram tudo que sabe: Ricardinho é um deles. E Mauricio? Não jogou nem 1/3 do que jogou na superliga. Bruninho é o futuro sim! Gosto muito dele jogando e ficou claro que Bernadinho o colocou pra fazer os centrais jogarem, já que ele tem muito mais entrosamento. Ricardinho sabe seu papel ali e Bruninho que não é bobo, vai aproveitar pra pegar toda experiência que puder.

    • Luiz

      Muito bem colocado.
      Para a nossa sorte, com esta fórmula de disputa da liga mundial nossa seleção vai encontrar estes mesmos adiversários muitas vezes. Então, temos totais chances de ainda ficarmos em primeiro lugar do grupo.
      O problema é que tem gente que adora um auê (eu sou um deles, mas tudo tem limites). São apenas dois jogos. Até parece que a seleção foi eliminada.

    • Naty

      Somente para acrescentar: a discussão nesses dois jogos do Brasil está longe de ser o levantador. Querem ver um time em que realmente um levantador está fazendo falta? EUA!!!! O time tem praticamente as mesmas estrelas de 2008, mas falta quem? Ball…..desde então os EUA surpreendem de vez em quando (com o Stanley no saque, acabando com o jogo) mas nunca mais foi o mesmo time. O time do Brasil nesses dois primeiros jogos teve outros problemas….time lento, bloqueio lento, passe ruim….coisas que se resolvem com treinamento, entrosamento….espero somente que dê tempo de acertar bem o time até Londres.

  • Luiz

    Não tem esta história de justificar nada. Eu disse no outro post que não acho que o passe seja o motivo da derrota. O entrosamento não existe. Ricardinho joga melhor com os ponteiros do que com os centrais. Bruninho joga melhor com os centrais do que com os ponteiros. Tem algo errado, mas acho que tem solução.

    TODO mundo vê que o Ricardinho está jogando mal. Nunca o vi tão inseguro, calado, sem chão. E também não entendi a ironia da matéria quanto os comentários sobre a forma física dele. O cara está super em forma, e foi em menos de três semanas, perdeu peso. Não é motivos de elogios??? Principalmente pelo belo trabalho feito pelos preparadores físicos.

    Deste começo de trabalho só da para tirar duas conclusões: Bruninho é mais entrosado com o grupo. É melhor o Ricardinho ir entrando aos poucos, ver o jogo de fora. Só assim ele vai pegar o rítmo que o grupo já tem. Teve uma bola ontém em que a defesa veio muito alta, o Lucarelli pediu a bola, mas o Ricardinho ficou com medo de cometer dois toques e achou melhor levantar para a saída – O Ricardinho do Vôlei Futuro, NUNCA TEMERIA LEVANTAR ESTA BOLA. Mas, ele é o Ricardinho, logo logo os seca pimenteiras vão saber.

    Claro que o Ricardinho está jogando mal e que o Bruno não tem resolvido muita coisa também. Mas, tenho que concordar que é melhor o Ricardo ficar no banco e só entrar quando tiver totalmente entrosado. Não adianta apressar as coisas.

    Mas, o post fala dos levantadores. São só eles que merecem atenção? Será que Serginho, Dante, Lucão e Sidão estão brilhando como deveriam????

    • Jacki

      é melhor o Ricardo não entrar nunca….

  • Euri

    O bom desses jogos é ver o Bernadinho fazer experiências com novos jogadores. Antes tarde do que nunca. O nosso bloqueio deu uma melhoradinha em relação ao jogo com a Polônia.
    Eu não sou fã do Ricardinho e nem tenho ódio dele, só não vejo sentido ele retornar as vésperas das olimpíadas depois de ficar cinco anos sem jogar contra os grandes times, sem falar que a forma física dele na superliga estava longe da ideal. Se sofresse de paranoia a mania de perseguição diria que o Bernadinho só o trouxe de volta para provar definitivamente que o Bruno é essencial para a seleção, mas, como me considero uma pessoa sensata, quero acreditar que a intenção é recuperar o grande jogador que o Ricardinho é para a seleção e não deixar que ele termine a carreira afastado da seleção por causa de uma discussão de cinco anos atrás. No final, nada faz sentido. Porque vamos combinar, qual vai ser a utilidade dele depois das olimpíadas? O Bruno ainda tem idade para continuar, mas a longo prazo o Ricardinho não tem mais idade para a seleção.
    Outra coisa: não dar certa vergonha comparar o preparo físico dos jogadores da Polônia e do Canadá com os do Brasil. Aquele oposto do Canadá é um TOURO. E o Dante ofegando dentro de quadra. O Theo foi péssimo no jogo contra o Canadá. O Lucareli devia dá umas dicas para ele sobre explorar bloqueio. Espero que esse garoto entre como jogando contra a Finlândia. Ele já devia está treinando com a seleção faz tempo. Onde está o trabalho de base mesmo?
    Fo só impressão minha ou nem um Bruno nem o Ricardo queriam levantar bola para o Lucareli?
    O qual é a função mesmo do Serginho? Tenho a impressão que ele quase não tocou na bola contra o Canadá, além de fazer uns levantamentos. Achei os líberos do Canadá e da polônia muito melhores.

    • Brasileiro

      Mas o Serginho é o atual campeão mundial na categoria libero. Fato!

      • Euri

        Não tenho nada contra o Serginho. Só tive a impressão que ele quase não tocou na bola no jogo contra o Canadá. No jogo contra a Finlândia, eu já vi que ele apareceu mais.

  • Daniel

    Falou tudo!

    Não há raça mais esquecida que os brasileiros. Equipe se faz com treinamento, entrosamento, não é 8 ou 80.

  • Leonardo

    O “pseudo-melhor-do-mundo” Ricardo não corresponde à sua tietagem, é muito marketing e pouca eficiência, fora o desfalque que ele dá no bloqueio. Olha, o pior cego é aquele que não quer ver: Tá muito longe de ser o “melhor do mundo”, o mal da mídia brasileira é essa, criar essa estigma de melhor do mundo, já aconteceu com Ronaldinho que virou bolaldinho ou gornaldinho etc…

    • CMA

      exatamente brasileiro tem sindorme de Pelé, todo mundo é melhor do mundo e gênio, engraçado que o Ricardo nunca ganhou nada fora da seleção, fracassou na italia sempre jogando em mega time, e ainda assim essa bobagem de maior do mundo, melhor da história. etc etc.

  • Newton

    Ainda tenho muita expectativa e esperança na dupla Ricardinho e Giba, a parceria mais profícua do voleibol mundial. A bola rápida mortal de ponta e a pipe, impossíveis de bloquear pelos centrais adversários, ainda poderão voltar? Se voltarem, ainda há esperança. Murilo e Vissoto ainda
    são esseciais, e falta defesa. Tudo ainda está aberto, ainda no início.

  • Caio

    Ontem ricardo jogou bem melhor ki o bruno, ele chamava o mauricio pelo meio fundo e o meuricia estava parado…. quando acionou o wallace funcionou nuito bem, ae no tie brak o bruno insistiu 3 bolas com o théo e oq aconteceu…….naum virou nehuma!

    • Luiz

      Este é o problema. O Ricardinho não combina duas bolas. Duas bolas “é” quando o levantador ainda antes da virada de bola combina duas jogadas. A primeira e a segunda ação caso a primeira não funcione e dê contra ataque. O Ricardinho faz isto para que todos os atacantes fiquem ligados. Então, todos tem sempre que esperar que a bola vá para eles. Este foi o grande problema do Ricardinho com o Leandro Vissotto no Vôlei Futuro. O Mauricio às vezes não espera receber a bola e fica parado, o Dante também.

  • MarymBondo

    nao tenho nada contra o Rigordinho, apenas nao gosto do seu jeito arrogante, nao acho que ele esta com essa bbbola toda que todo mundo fala que eh o melhor do mundo, Acho apenas que o mais sensato seria levar o willian Arjona, uma vez que ele foi o melhor da superliga e esta jogando o fino da bola, se continuar assim o brasil vai chegar nas olimpiadas sem um levantador titular e estara a beira de um fiasco e tera de brigar pela 5 posicao.

    • Brasileiro

      Eu também sempre achei Ricardinho arrogante e por isso gosto dele, pois, nesse caso, entendo arrogância como ousadia. E isso todo o jogador a nível internacional precisa ter.

  • CMA

    Nunca questionei o que ele foi no passado, hoje Willian é melhor que ele e duvido que alguém questione essa afirmação do Brasil. Willian é o melhor levantador do Brasil hoje.
    Comemorar os fracassos dele não tem nada a ver como vejo a qualidade dele. quero ele fracassar para esse monte de asno que viviam queimando Bruno e Marlon queimem a língua.
    A verdade é que nosso time é velho e o talento não chega aos pés do time do passado. Dante não é mais o mesmo, Murilo não é um Giba no se melhor.
    Lucão ataca muito, mas ninguém no Brasil bloqueia o que o Gustavo bloqueava, oposto desde que Andre Nascimento saiu nunca mais ninguém foi tão eficiente. já foram testados vários e talvez agora com o Wallace encontremos um ideal.
    A bola mudou, acho que ninguém lembra disso, e prejudicou mais ainda nosso time, que tem jogueiros e não jogadores de pancada.
    nosso time e´baixo para os padrões mundias.

    mas não a culpa era sempre dos levantadores, e o gênio salvador da pátria iria salvar tudo, e para piorar tem gente que ainda acredita que ele será o campeão de tudo, só pela sua santificada presença. por isso que quero muito ver ele se ferrar, para calar a boca dessa gente toda.

    • Brasileiro

      Mas ele é o único no momento no Brasil que pode quebrar a marcação dos bloqueios monstros da Rússia e Polônia. Eu acho o Bruno mais completo tipo: bloque. Mas o Ricardinho é muito veloz e preciso. Somando isso com o entrosamento do grupo os bloqueios monstros da Polônia e Rússia chegam quebrados, facilitando muito o jogo.
      E o Giba caiu depois da saída do Ricardinho. Pois é o tipo da bola que Giba faz a festas, já que o bloquei adversário chega quebrado, isso quando chega.
      Agora, o Risoto rs rs de 2,12alt. (não lembro como se escreve o nome dele) não se acostumou com as bolas do Ricardinho até hoje. Então terá atacante para Bruno e para Ricardinho.
      Giba vai fazer a festa, pode me cobrar depois das olimpíadas, pois essa liga para me é apenas um treino. Pois não imagino as olimpíadas sem o Renan de 2,17alt e que ataca pra valer.

      • Jacki

        Ricardo é tão preciso que ele tinha 1%( fivb estatísticas) contra a Finlândia (e nunca ultrapassou a eficiência de 2,2% nunca) , Bruno contra a Finlândia foi eficiência de 7,1% (REPITO 7,1%) …. agora … quem está PRECISO?E esses caras não é a CBV …..

        • Paula

          Jacki, você refletiu sobre o que escreveu antes de postar? Você leu o que você postou? Como você pode comparar as estatísticas de eficiência de um jogo onde o Bruno jogou praticamente toda a partida e o Ricardinho só entrou em 2 ou 3 inversões de 5×1 rapidíssimas? Era óbvio que a eficiência do Bruninho seria melhor. Além do fato de você diminuir o desempenho dele com essa informação porque ele, em uma partida inteira, teve menos de 10% de eficiência. Se você notar a pontuação dos outros jogos, onde o Bruno estava como reserva, mas acabou ficando mais tempo em quadra, a diferença entre os dois é mínima, com vantagem para o Bruno, que por seu entrosamento, deveria ter rendimento muito maior, certo? Por isso eu volto a afirmar: o problema está no entrosamento de todos, no desempenho de TODOS os jogadores. Se fosse apenas pelo Ricardinho, o Brasil teria passeado ontem contra a Finlândia, sem correr o risco de ir para o Tie Break (como quase aconteceu no quarto set). Eu acredito que treinando bastante, teremos resultados melhores. É esperar pelos próximos jogos pra ver.

          E antes de postar informações como as que você postou, se informe melhor do todo. Você poderá ver que seu comentário mais prejudicou o bom rendimento do Bruninho ontem do que comprometeu o do Ricardinho.

          • Jacki

            Paula leia atentamente as estatísticas, nenhum etre os primeiros setters fivb tem mais positividade de 10%!

        • Brasileiro

          Jacki, para isso tem que comparar o desempenho do Ricardinho na época em que ele tinha a idade do Bruninho hoje. Essa seria a estatística de comparação.

          • Jacki

            Quando Ricardo tinha 25 anos não era um fenômeno!Atingiu seu auge em 30. Bruno com a mesma idade certamente fez mais do que Ricardo. Aqui, a comparação.
            Então, concorda comigo que o tempo de Ricardo já passou.

      • CMA

        Discordo, Giba caiu porque tem 36 anos, não é mais garoto, tem problemas fisicos etc. o problema do Bruno não é a velocidade, ele joga rápido, o problema dele é a precisão, porque pela velocidade que ele tenta colocar na bola ele não coloca no ponto certo.
        o único no Brasil que joga rápido e com precisão é o Willian. o melhor do Brasil. Ricardo hoje é comum, alias, o Marcelo pela primeira vez na carreira foi melhor que ele. mas vê se a imprensa fez escândalo.

        • Brasileiro

          CMA, quando o Ricardinho saiu o Giba tinha 30 anos e ia fazer 31.

          Com relação ao Bruninho, se ele não consegue ser preciso com bolas rápidas, quer dizer que ele não é bom com o mesmo. Você concordou comigo, apenas usou outras palavras.
          Eu não sou fã de jogador, eu sou fã de seleção brasileira. Eu quero o que eu acho melhor para o Brasil ganhar. Uma coisa eu sei, mesmo eu não gostar muito do comportamento do Bernardinho, sei que ele sabe o que faz e não tenho dúvida que ele é o melhor.

  • ana maria

    Acho muito precipitado os comentários tão negativos sobre o desempenho da seleção. São apenas dois jogos. Além disso, e o legal é isso, as outras equipes evoluem. O volei agradece! Mais uma coisinha…é muito bom ver Wallace e Lucarelli jogando bem. Vão evoluir muito.

  • Luiz

    Esqueci de dizer uma coisa:
    Daniel Bortoletto, desce logo deste muro!!!

  • CMA

    alguém tem o telefone do pai de santo do Marlon??? o cara é bom demais.

    • Naty

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk……..

  • Fabiano

    Óbvio que falta entrosamento da equipe, não somente do Ricardo mas acho que o Bruno também não se encontra num bom momento.

    Na minha modesta opinião, as seleções evoluíram e o nosso time manteve-se no mesmo nível. Parece que desaprenderam a jogar com as equipes que tem na altura e na potência do saque suas armas.

    Com praticamente todos os jogadores atuais jogando no Brasil, fica claro que a nossa liga não é tão fenomenal como muitos dizem.

    • Luiz

      O Bruno tem dificuldades com as bolas de ponta. A para saída sempre foi a pior bola dele, mas na rede do que a do fundo. Ele sempre levanta para a antena. Mas, com treinamento tudo se resolve. Esta semana vai ser boa para isto. Agora o Bernardo sabe o que está errado e o que precisa melhorar.

  • Thereza-PR

    Eu acho que quem está insatisfeito com o Ricardinho deveria ligar para o PROCON! Deveríamos todos fazer isso mesmo, afinal de contas fomos vítimas de “propaganda enganosa” por parte de uma imprensa tendenciosa. Ricardinho nada mais é que fruto de muito confete, uma estratégia de marketing para criar um falso “Salvador do Pátria”, ou até mesmo um “Messias” que seria a solução incontestável para a conquista do Ouro em Londres. Na verdade Ricardinho está muito longe de ser a “galinha dos ovos(ou medalhas) de ouro”. Pelo que vejo Ricardinho não passa de um levantador normal em fim de carreira, nada de excepcional. Sempre fiquei com um pé atrás com essa historinha de “Melhor do Mundo”, pois que melhor do mundo é esse que não ganha títulos, campeonatos, ou premiações individuais desde 2007, quando saiu da seleção? Ele ganhou a premiação de melhor levantador na Liga Mundial de 2007 e seu Ego inflou demais. Ora bolas, se ele fosse mesmo o tal gênio melhor do mundo, não era para ter conquistado algo importante de 2007 para cá? Ricardinho esteve esse tempo todo na Europa jogando em times de ponta e com os melhores jogadores do mundo e mesmo assim não conseguiu nada de relevante. Só recentemente voltou ao Brasil para jogar nos timaços montados pelo Vôlei Futuro que não poupou grana para montar elencos estelares, com jogadores do nível de Lorena, Camejo, Mário Jr., Michael, Vini etc… e mesmo assim Ricardinho continua sem ganhar títulos nacionais de relevância, ganhou apenas o Jogos Abertos do Interior e o Paulista, ambos em 2010, e 2011 nada de títulos. Alguns dão desculpa que ele está afastado da seleção há 5 anos e não está acostumado com os jogadores, afinal de contas ele treina com jogadores diferentes ou treina com os mesmos que estão disputando a Liga? Um jogador rodado e com a expriência dele precisa de muito tempo para isso? Vale ressaltar que apesar de não estar jogando pela seleção ela não estava afastado do Vôlei, continuou na ativa jogando, e muito, por diversos clubes. Fernanda Venturini, sim, estava realmente afastada do vôlei quando resolveu disputar a superliga. Outros dão desculpa de falta de ritmo, mas que falta de ritmo é essa se o Vôlei Futuro foi até a final da superliga e Ricardinho e Wilian jogaram muito mais que os outros levantadores? Essa mania que a imprensa brasileira tem de precisar idolatrar alguém, de transformá-lo em Mártires Salvadores da Pátria é muito nociva ao Esporte. Melhores jogadores do mundo eternos não existem, isso é muito coisa de momento, Ricardinho pode ter sido o melhor levantador da Liga Mundial de 2007, aquele foi o grande momento dele assim como o Andrey Zhekov foi o melhor em 2006, Lloy Ball o melhor em 2008, o Nikola Grbić o melhor em 2009, Sergey Grankin o de 2010, Luciano De Cecco o de 2011, e assim por diante, o “mundo gira” e a “fila anda”, cada um tem seus melhores momentos e nenhum deles será o “melhor do mundo” eternamente. É importante lembrar que o grande Maurício Lima, bicampeão olímpico, foi um dos melhores do mundo e teve também seus grandes momentos e, reconhecido mundialmente, hoje está no “Volleyball Hall of Fame” sem precisar de uma forçação de barra por parte de lobistas da imprensa, que querem criar Deuses onde na verdade existe apenas um mortal.

    • Euri

      Bem colocado! O Ricardo FOI o melhor do mundo. HOJE, ele precisa provar que merece um lugar na seleção, do mesmo jeito que todos os outros jogadores. O Bruno, nesses três jogos, comprovou mais uma vez que a presença dele tem alguma relevância. Vamos esperar que o Ricardo faço o mesmo.

  • Tiago

    cade o genio,melhor levantador das galáxias que ia levar o Brasil ao ouro?Ele ta gordo,lento,jogando de cinta pra esconder a pança!observem so com embaixo da camisa dele da pra ver a marca dessa cinta!hahaha fiasco total!

  • Paula

    Acho que ainda é muito cedo para julgar o desempenho do Ricardinho. Ele ainda não está entrosado, não houve tempo. Além do fato de que toda a equipe está com problemas. O único que, na minha opinião, está muito bem é o Wallace. Ele é quem está fazendo a diferença, virando bola de qualquer jeito e com os dois levantadores. Continuarei torcendo e acreditando na seleção. As vitórias virão.

    CMA
    Respeito seu direito a opinião, mas quando leio o que você escreve dá até um mal estar. É tanto ódio para cima de uma pessoa que até assusta. Parece que o Ricardinho fez algum mau pra você ou pra sua família. Deixa disso! O Ricardinho é um atleta, um profissional que está tentando fazer o seu trabalho. Se você não gosta dele, isso é um direito seu. Mas acho que suas opiniões não condizem com um torcedor de um esporte como o vôlei. Na verdade, acho que não condizem com esporte nenhum. Mais paz no seu coração, por favor.

    • CMA

      eu odeio ele é quero ver ele se ferrar, mas não estou falando do desempenho dele em nenhum comentário meu. quero muito ver ele fracassar sim, vou dar muita risada. ninguém é obrigado a torcer para o Brasil só porque é brasileiro, isso não tem nada a ver com patriotismo.

    • Edna

      Querida Paula so’ p/ descontrair, use “MAL” em vez de “maU”. kkkkkkk

      • Paula

        Edna
        Obrigada pelo toque, mas neste caso eu quis dizer mau mesmo, antônimo de bom e não mal, antônimo de bem, entende?

  • Jacki

    Bruno vive um bom momento , o problema é que, por causa de pressões externas, o menino não é deixado jogar tranquilo. Bruno erra? Claro erra mas ele tem 25 anos e deve crescer muito e ainda assim ele fez (e eu acho que vai fazer sempre ,entrosamento ou não) viajar a equipe melhor do que Ricardo.
    Quer um setter experiente com ele? Certo ! Mas isso não é Ricardo mas William ou o mesmo Marlon.

  • meyre

    Eu confio no Ricardinho. Gosto do estilo dele e acho um dos melhores levantadores que temos.
    Eu torço por ele e torço acima de tudo para que a seleção ganhe.
    Daniel, gostaria de saber quando começarão a vender os ingressos para os jogos que acontecerão em Sao Bernardo do Campo.
    Quero estar lá para dar as boas vindas para o Ricardinho e torcer para a seleção brasileira.
    obrigada.

  • Marco Túlio

    Conheci o William na semana passada em um prêmio do futebol mineiro em que o time de vôlei do Cruzeiro recebeu uma homenagem.

    Simpático, sério e educado. Sem nem um pingo de estrelismo, mesmo sendo por duas vezes o melhor levantador da superliga. Esse cara merecia vaga na seleção.

    “Ah ele só joga assim pq recebe passe na mão”, se na seleção não conseguem passar melhor que o Cruzeiro ai vai ficar difícil demais mesmo!

    Ricardinho num tá nem perto do craque que já foi e se continuar a jogar assim, vai deixar o Marlon rindo de orelha a orelha!

  • Aline

    Confesso que durante algum tempo fui Maria-vai-com-as-outras e passei a acreditar que Ricardinho pudesse acrescentar alguma coisa no time do Brasil, mas vendo suas atuacoes ruins e sua lentidao nos deslocamentos, tenho que admitir que o Marlon foi o maior injusticado de toda essa historia. Marlon sempre foi o jogador gente boa que durante esses ultimos anos na selecao esteve sempre disposto a somar. Lembro-me do mundial de 2010, onde o Marlon teve um serio problema de saude e por pouco nao teve que ser substituido. O Theo acabou virando o segundo levantador do Brasil, ate’ a recuperacao do Marlon. Na final, contra Cuba la’ estavam Marlon e Bruninho se revezando na inversao do 5×1 e conquistando o Tricampeonato Mundial para o Brasil. Depois dessa dedicacao toda, ser cortado para a convocacao do Ricardinho, que esta’ visivelmente ultrapassado foi realmente uma tremenda injustica com o Marlon. O que foi feito com o Marlon foi a mesma coisa que ter que sair da festa an hora de cortar o bolo. Hoje vejo que Ricardinho nao correspondeu as espectativas e que esta’ ocupando um lugar que poderia ser de outro levantador. Alguem comentou que Ricardinho esta’ usando cinta para esconder a barriga, em relacao a forma fisica, Marlon, Rapha e Wilian estao melhor que ele.

    • CMA

      se marlon foi injustiçado imagina o pobre do Willian, absurdo total essa politicagem de convocação. quanto a ele usar cinta, já tinha visto falando disso também.

    • Euri

      Concordo com você. Se o Ricardinho tivesse sido chamado há um ou dois anos, teria aplaudido a convocação. Isso teria algum sentido. Ele teria tempo de entrar em forma e adquirir maior entrosamento com os colegas, além de aprender a conhecer melhor os times adversários novamente. Agora eu pergunto: vocês podem imaginar o que vai acontecer no primeiro jogo do Ricardo contra uma Rússia, uma Itália e um EUA? Depois de cinco anos sem jogar contra essas seleções? Eu vou ter alguns pesadelos com isso.
      Como não tem mais jeito, e a esperança é a última que morre, vou torcer muito para que o tempo disponível seja suficiente para o Ricardo recuperar a boa forma e o entrosamento com o time. Seja o que Deus quiser!

  • Lilian

    Nossa CMA adoro ler seus comentarios, deixa a ricardete do LUIZ nervosa! kkkkk

    • CMA

      conheço esse hipócrita faz anos, e agora se faz de compreensivo para enganar quem????

  • Luiz

    Ricardo ainda vai calar a boca de muitos… pode apostar.

MaisRecentes

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo

Dentil/Praia Clube e Sesc abrem vantagem



Continue Lendo