Coluna de domingo: Brasil x Cuba do século XXI fala russo



As férias acabaram e a coluna Saque também está de volta às páginas do LANCE!. Publico aqui o texto da edição deste domingo, 4 de agosto.

O torcedor na faixa dos 30 e poucos anos deve se lembrar com riqueza de detalhes da rivalidade entre brasileiras e cubanas. O duelo marcou o vôlei mundial no fim do século passado e eternizou a geração de Ana Moser, Hilma, Fernanda, Mireya Luis, Carvajal e Regla Torres.  Guardadas as devidas proporções, Brasil x Rússia caminha a passos largos para ser lembrado, em um futuro próximo, como a rivalidade do início do século XXI.

Sábado, em Campinas, um mísero encontro pela primeira semana de disputas do Grand Prix se transformou em duelo com cara de final olímpica. Belos lances, jogadas que pareciam não ter fim, reviravoltas no placar e, é claro, muita provocação. Neste caso, qualquer semelhança não é mera coincidência.

Atualmente, tentar desestabilizar o time brasileiro com gritos, comemorações exageradas e xingamentos virou rotina. Esqueça a tal frieza russa, um antigo clichê. As europeias berram deliberadamente na cara das brasileiras em pontos decisivos. Não só parece uma estratégia calculada. É isso mesmo. Goncharova, no jogo de ontem, que o diga. Exagerou várias vezes, tirou rivais e torcida do sério e, depois de um grito de frente para Fernanda Garay (algo proibido pela regra) no fim do segundo set, viu o Brasil reagir e iniciar a virada.

Nem sempre foi assim. Lembram-se do Mundial de 2006? E a fatídica semifinal olímpica em 2004? Imagine então um novo encontro entre brasileiras e russas na final do Mundial do ano que vem? E o duelo no Rio em 2016? Vai sair faísca, sem dúvida.

Rivalidade faz muito bem ao esporte. Que não termine, porém, em pancadaria, como Brasil x Cuba na semifinal olímpica em Atlanta-96.



MaisRecentes

Atuação ruim tira Brasil da final da Copa Pan-Americana



Continue Lendo

Vôlei Renata anuncia novidades para a temporada



Continue Lendo

Jaqueline anuncia aposentadoria da Seleção



Continue Lendo