Coluna de domingo: Bolha faz estragos no vôlei nacional



Pessoal, boa tarde. Coluna Saque, publicada hoje, 16 de setembro, no LANCE!, já está no blog. Boa leitura!

O mercado já fala com todas as letras. A temporada 2012/2013 do vôlei brasileiro sofre com os efeitos da bolha, palavrinha que, na minha infância, era relacionada apenas ao tênis apertado que usava para praticar esporte e causava pequenos estragos nos pés, mas que no mundo globalizado virou sinônimo de crise.

A explicação é simples: o Brasil viu, alguns anos atrás, uma explosão salarial, causada pela entrada de dois ou três grandes patrocinadores. Ótimo para alguns atletas, que viram seus salários serem multiplicados algumas vezes. Conversando com gente do mercado, os números ficam mais claros. Quem ganhava R$ 80 mil por ano pulou para R$ 300 mil. O vôlei nacional passou a pagar, guardadas as diferenças cambiais entre real e euro, valores no patamar internacional. A Superliga, então, viu o retorno em massa dos craques que estavam na Europa e ganhou o rótulo de melhor competição de clubes do planeta. Era um verdadeiro eldorado.

Mas toda bolha estoura, seja no pé ou na economia. Bastou a saída de alguns patrocinadores, fechando um time e diminuindo o orçamento de outros dois, para dar um exemplo real do masculino, para a crise aparecer. Salários encolheram, vagas se fecharam e o desemprego aumentou. Some-se também a quebradeira vivida por alguns países europeus, em situação pior do que a nossa, inclusive, e passe a ter um cenário preocupante.

Na sexta-feira, a saída de André Nascimento de Canoas, dias depois de chegar, deixou a situação mais clara. Um bom time foi montado, mas os jogadores, liderados pelo campeão olímpico e mundial Gustavo, sabem que receberão salários apenas se patrocinadores apoiarem o projeto. O oposto não quis esperar, abriu mão da ajuda de custo e optou por seguir desempregado, à espera de alguma proposta do exterior. É bom o Brasil abrir o olho!



  • Emanuella

    a verdade é que todo mundo curtiu muito, mas a volta dos campeões e os super salários foi péssimo para a superliga, era muito mais interessante para o Brasil terem times com orçamentos menores mais dando emprego para jovens atletas surgirem e crescerem. temos times cheios de velhos e estrelas e os jogadores jovens não tem espaço no Brasil.

    o time do RJX tinha que estar praticamente todo jogando no exterior, o mesmo vale para Sesi e alguns jogadores do Cruzeiro.

    o Bruno é o único levantador com menos de 30 anos num time descente, o resto é cheio de veteranos, isso é grave demais, os jovens são apenas reservas. o time do Super Imperatriz é que trouxe o Gelinsky para ser titular do time, ele sim é jovem e tem potêncial, ainda bem que ganhou uma chance, precisou o time ficar com um orçamento magro para isso acontecer.

    Convenhamos, Murilo, Sidão, Lucão, Wallace, Bruno e muitos outros tinham que estar jogando fora do pais.

    temos uma seleção de velhos e uma superliga de velhos.

    • Gabriel

      Eu achava que o Gelinsky era mais novo … é apenas um ano mais novo do que Bruninho …em qualquer caso, esta situação não é só no Brasil, infelizmente. Tempos difíceis para o volei.

    • Luiz

      Esta coisa de levantador com menos de 30 anos é besteira. Quanto mais experiente melhor. O Brasil no masculino sempre teve bons levantadores, mas muitos não tiveram oportunidades. Não estou falando de seleção, porque a coisa lá é restrita. Estou falando de clube mesmo. Por isto que digo que nos ultimos três anos, o Vôlei Futuro formou três bons levantadores, mas alguém os conhece? Alguém vai dar oportunidades a eles? Não. Ninguém conhece porque parece que só existe o Ricardo lá. Mas, se a mídia desse apoio, muita gente veria que o e Evandro que era reserva do Ricardo, e que foi vendido para o Minas, para ser reserva do Marcelinho, é um grande levantador, mas vai continuar limitado porque ninguém nunca vai dar oportunidade para ele se desemvolver. Assim como acontece com o Daniel, reserva do Cruzeiro. O Rapha é um daqueles que teve de sair daqui pra poder brilhar. O Bruno teve “sorte” porque o sobre nome abriu portas pra ele. E o Renan que é padrinho dele, tinha um time (Cimed) e o deixou jogar de titular. Quantos jovens levantadores vão ter esta oportunidade na vida? O Ary Graça disse que os meninos de base não querem mais ser levantador. Está ficando dificil encontrar levantadores nas peneiras de clubes. No final das olimpiadas o Bernardinho disse: “é dificil ver meu filho chorando. Ele queria provar para todo mundo que ele podia vencer e acabar com os comentários de que ele está aqui por nepotismo”. Acho que isto é jogar pressão pra cima do Bruno novamente, que vai para 2016 tendo que porvar algo mais uma vez. Olimpiadas não é lugar de provar nada. É pra jogar e pronto.

      Eu sinto falta mesmo é de ponteiros passadores. Espero que o Lucareli se firme mesmo no Minas, e depois na seleção, pois o Dante não vai mais muito longe, muito embora eu tenha me surpreendido ao saber que ele tem apenas 31 anos de idade (com aparencia de 40).

      • Joau

        Não sejamos hipócritas: a história da pressão sobre Bruno é culpa de todos nós ,é claro que o Bruno fez uma boa Olimpíada e merece trabalhar em paz. Mas isso é algo que nunca vai acontecer, independentemente das declarações de Bernardinho.

      • Renato Dias

        Evandro é realmente um bom levantador, poderia ser titular em algumas equipes do campeonato. Muito alto, compõe bem o bloqueio e sabe levantar, o que é o mais importante. Toque muito bonito no levantamento.

        • Gabriel

          Evandro tem 30 anos galera…

    • Elcio

      Fiquem de olho no irmão do Gelinski do time de Florianópolis. Joga na UFJF e e também tem um grande potencial.

      • Renato Dias

        Da UFJF é outro jogador, Danilo. De Floripa é Thiago.

        • Renato Dias

          Desculpa, só li “irmão” depois rsrsrs

  • Jairo (RJ)

    Será por isso que a Argentina virou o horizonte do voleibol brasileiro?

  • Lucas Albuquerque

    Daniel
    Gostaria que um dia você comentasse sobre o time Funvic/Mídia Fone da cidade de Pindamonhangaba, que também estará na Superliga 12/13.
    Eu tenho algumas opiniões sobre o time que se instalou na minha cidade, não muito boas, mas seria legal uma análise de alguém que sabe das coisas, como você!

    Abraços

    • Daniel Bortoletto

      Merece. Assim que eu puder ver um jogo, farei uma análise, Lucas.
      No papel, o time tem alguns bons nomes

      • Adriano

        Quem são os jogadores desse time?

    • Gustavo Freitas

      Da-lhe Pinda…. Juca Moreira ou João do Pulo vai tremer!!!!!!!

  • ju

    cara o que preocupada e a safra de levantadores pois quem é mais novo que o bruno e tem talento nao ta jogando em um time como titular
    cade fidele
    murilo radke é reserva no medley

    • tiago

      hahahahaha fidele e murilo bons?
      são 2 jaqueiros,mesma coisa desse gelisnki,da pra ver q ele esta mt alem do peso.
      tirando a safra do bruno,rapha,willian,sandro…nao temos mais nenhum q possa renovar.
      se esses citado fossem tao bons mesmo(fidele,murilo,evandro) estariam em times de ponta e serima titulares,coisa q nenhum deles são.

      • Marco Túlio

        Murilo, Evandro, Daniel (q nem é tão novo)… são bons jogadores, bom n quer dizer craque e bom n quer dizer titular em grandes times…

        N gosto do Fidele!

        • Dacio

          Muitas vezes falta mesmo são oportunidades. O proprio Sandro foi só ter uma real chance já não tão nov, qdo se destacou no time do Giovane e foi pro Sada. Mesma coisa o Willian. Ou todo mundo vai falar que sempre cogitou Willian na seleçao ? Ele só foi aparecer mesmo qdo foi buscar uma oportunidade lá fora.
          Vamos ao Rodriguinho, quantos anos reserva em clubes aqui no Brasil, teve que sair do país, se destacar lá fora e voltar valorizado.
          O proprio Rafinha passou anos na reserva do Mauricio no Minas, saiu do clube, voltou anos depois como titular , jogando muito e foi campeao da sl, dessa vez como titular.

          Não vamos rebaixar nomes só pq não são titulares. Levantador é uma posição ingrata, pq vc precisa conquistar a confiança do clube pra mostrar seu verdadeiro valor . Eu por exemplo não acho o Murilo um belissimo levantador nao, mas acho que antes de qualquer julgamento ele precisa jogar. Já o Daniel do Sada acho um bom nome, que tb deveria estar de titular em alguma equpe. Mas como nosso mercado está escasso, a reserva acaba se tonando uma opçao tentadora, afinal eles precisam trabalhar.

  • newton carvalho

    Daniel, o Fidele está jogando em algum time?

  • Elcio

    Daniel,

    Se possível, faça uma análise de todos os participantes da SL 2012/2013. As equipes tiveram grandes mudanças e seria interessante uma avaliação das potencialidades de cada uma…

  • brunosãojosésc

    Na realidade são todos jaqueiros,o safrinha ruimmm essa!!!!!!
    Viva os velhinhosss!!!!

  • ju

    vão tem que se contentar com bruninho e rezar para ela não se machucar quem diria rs

  • Luiz

    A Coisa pra levantador está tão feia, que ainda é capaz de chegar 2016 com os velhinhos Ricardinho, Marcelinho e William disputando vaga.. kkkkkkkk Podem apostar.

    • Gabriel

      Levantadores com mais de 40 anos não por favor, Ball é apenas um …

MaisRecentes

Com emoção, Corinthians se garante na Superliga



Continue Lendo

Com méritos, Brasil cumpre obrigação



Continue Lendo

Zebrinha no Sul-Americano



Continue Lendo