Coluna de domingo: A boa ideia vai ficar apenas na intenção?



Carnaval de trabalho por aqui. Segue a coluna Saque publicada neste domingo no LANCE!. Boa folia a todos!
Sempre fico frustrado quando vejo uma excelente ideia não sair do papel. E tenho esse sentimento agora ao voltar a escrever sobre a possibilidade de o jogo entre Brasil x Polônia, na próxima Liga Mundial, ser disputado em um estádio de futebol.

Em dezembro do ano passado, o país europeu confirmou o desejo de viabilizar o duelo contra o time de Bernardinho, em junho de 2013, no Estádio Nacional de Varsóvia, que foi construído para a última Eurocopa e tem a capacidade para quase 60 mil pessoas.

A própria Federação Internacional de Vôlei fez questão de divulgar em seu site, no dia 14 de dezembro, o projeto. Logicamente, a publicação só aconteceu pois a FIVB via com bons olhos a iniciativa, principalmente como ferramenta de marketing para divulgar o esporte mundo afora. Dias depois, o presidente Ary Graça confirmou o interesse. E com um tempero a mais, já que a partida aconteceria em uma efeméride especial: os 30 anos do jogo entre Brasil x União Soviética, no Maracanã.

Na semana passada, a FIVB divulgou os mandos de quadra para a fase classificatória da Liga. Para os otimistas, uma boa notícia. A primeira rodada prevê dois jogos entre brasileiros e poloneses na casa dos atuais campeões da competição. Para deixar os otimistas ainda mais felizes, outro motivo para festejar: um dos duelos está marcado para Varsóvia. Porém, segundo a federação local, o tão esperado Polônia x Brasil  acontecerá no Torwar Hall, ginásio
para cerca de 5 mil torcedores. Que ducha de água fria!

Por enquanto, a Federação Internacional não oficializou os ginásios que receberão jogos da próxima Liga Mundial. E assim a ideia não foi engavetada pela entidade. Torço muito – pelo bem do esporte – para que o endereço do duelo em Varsóvia não seja o divulgado pela Federação da Polônia.



  • lucas kazan

    daniel eu quero saber sobre essa historia de flamengo nestle e sky que diz que vao montar um time de volei se é verdade que a nestle vai deixar o osasco para ir patrocinar o time de volei do flamengo eu acho que isso é boato.

    • Daniel Bortoletto

      Lucas, você deve perguntar para quem escreveu. Minha coluna feita um mês atrás falava do interesse do Fla de montar equipes de vôlei, que era um fato concreto. Não toquei no assunto patrocinadores.

      • Júnior – RS

        Foi a coluna do Voloch que levantou isso de Nestlé/Sky…mas sei não, o detalhe é ambos são patrocinadores dos maiores clubes da nossa Superliga. Claro que nada impede uma mudança, mas isso iria mexer com todo o cenário atual. Espero mesmo que realmente surjam novas forças no feminino para acabar com o duopólio…

        Referente ao jogo no estádio de futebol, fiquei surpreso…tomara que não seja isso e o jogo seja no estádio, isso seria muito bom para a divulgação do nosso vôlei.

        • Felipe Lima

          Aproveitando o gancho sobre novas equipes, acabei de ler no “De Prima”, aqui do Lancenet:

          “Esporte olímpico
          O Fluminense vai criar um time de vôlei feminino, num modelo de negócio semelhante ao do basquete masculino, terceirizando a gestão financeira a uma empresa de confiança e emprestando a camisa. O projeto está em fase de avaliação, mas espera aproveitar, num primeiro momento, atletas das categorias de base.”

          Espero que vá pra frente!

        • Edu Machado

          o flamengo tem um projeto a longo prazo de recriar as equipes masculina e feminina de volei, a masculina deve demorar até pq o rjx é recente e é clube do eike batista, que faz parte do grupo de influentes que apoiam o presidente eduardo bandeira de melo e sua equipe de comando no flamengo (inclusive um dos dirigentes é ex presidente de uma das empresas do eike) e não seria da vontade deste grupo em construir uma equipe de volei masculina para rivalizar com o projeto do eike. já no feminino, é um fato concreto e já em progresso de criação. agora sobre a nestle junto no projeto, não é um fato muito confiável não. mas a sky é certo, até pq entre os dirigentes rubro negros, tem o presidente da sky se n me engano

          • Daniel Bortoletto

            O Bap, presidente da Sky, é o principal executivo do marketing do Flamengo

  • Caco

    O ideal para nós seria saber os motivos que poderiam impedir esse jogo de acontecer nesse estádio. Até agora as Federações se manifestaram falando apenas dessa possibilidade, mas não explicaram os entraves para que isso acontecesse. Só assim conseguiríamos opinar se é viável ou não.
    Acho um ótimo teste, pois a Liga Mundial não é tão valiosa como o Campeonato Mundial e as Olimpíadas e, por isso, deveria servir também como um laboratório de boas ideias como o desafio eletrônico, por exemplo.
    O Mundial de 2014 será na Polônia. Se a ideia desse certo, por que não colocar os jogos do time polonês no estádio? Se houver público para assistir, qual seria o problema?

  • Direto da LAN-HOUSE, LEBLON-RJ

    Daniel que tal um texto sobre os torneios Rei e Rainha da Praia, que estão bombando agora em Fevereiro?
    No feminino, a altura fez a diferença. Talita, a única atleta da final acima de 1,80m, acabou com o jogo neste Domingo, 10/02/13, em dupla com Rebecca(1,75m). Talita dominou totalmente a rede, foi um paredão contra a dupla Vivian(1,79m) e Maria Elisa(1,77m), abusou do seu principal fundamento que é o bloqueio.
    A atual parceira de Talita no Circuito Banco do Brasil, Taiana(1,75m), que havia sido vice-campeã do Rainha da Praia em 2012, ficou desta vez em 5.º lugar.
    No masculino a disputa promete ser muito mais equilibrada e de altíssimo nível, uma vez que apenas 3 atletas, dos 8 classificados para o Torneio, ainda não conquistaram a coroa de Rei da Praia:
    1. Harley Marques(Rei da Praia 2010 e Melhor Jogador do Mundo em 2008 e 2009);
    2. Emanuel Rego(Tricampeão do Rei da Praia: 2004, 2005 e 2008);
    3. Alison Cerutti(Bicampeão do Rei da Praia: 2011 e 2012);
    4. Ricardo Santos(Rei da Praia 2002);
    5. Pedro Solberg(Rei da Praia 2009);
    6. Pedro Cunha(Vice-campeão do Rei da Praia 2009);
    7. Bruno Schmidt(Campeão mundial Sub-21 em 2006);
    8. Evandro Oliveira Jr.(Eleito Revelação do Circuito Banco do Brasil 2011).

  • Felipe Lima

    Quanto ao assunto do tópico, juro que pesquisei e não encontrei qualquer jogo de futebol que possa ocorrer em Junho de 2013 por aquelas bandas, o que seria o único impeditivo mesmo de um jogo de vôlei.

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo