Coluna da Natalia: É campeão!



Fala, galerinha.

Desculpem pela minha ausência ontem. Mas foi por uma boa causa. Chegamos cansadas no hotel, depois do jogo contra a Rússia. Acabei indo descansar direto e não escrevi. Como fomos treinar hoje pela manhã, também não deu para falar nada para vocês. Decidi então esperar para enviar meu texto depois da partida decisiva contra o Japão.

Sabíamos que para vencer precisaríamos de paciência. Sempre é um  teste de paciência jogar contra elas. Estudamos muito as japonesas e no vídeo o Zé Roberto apontou os caminhos para fazermos uma boa partida.

A vitória seria consequência do bom trabalho em quadra. Aliás, sempre é. Fomos para quadra com esse pensamento: dar o nosso melhor. Tivemos dificuldades de derrubar bola no primeiro set, mas mesmo assim vencemos. Nossa confiança superou os erros. Depois, no segundo e no terceiro, com a confiança em alta, fechamos o jogo.

Foi muito emocionante reviver o que passei em 2005. Naquela época eu vivi momentos mágicos, iniciando minha carreira, conseguindo meu primeiro grande título internacional. Hoje pude ajudar a equipe em quadra. Mais experiente, mas não menos encantada com tudo! Estou muito feliz pelo título, pela campanha, pelo nosso desempenho. Trabalhamos muito para que esse momento chegasse e ele chegou.

Agora é comemorar! O Brasil é a seleção a ser batida no voleibol feminino e precisaremos trabalhar cada vez mais para conseguir manter nosso país no topo. Se depender de nós, vamos em busca disso. As vitórias não são só nossas, mas de todos os brasileiros.

#VaiBrasil #Bicampeão

Valeu por terem me acompanhado por aqui, por terem curtido minha página no Facebook e por terem acordado cedo para verem os jogos. A energia positiva de vocês nos incentiva muito! Muito obrigado!



MaisRecentes

Dentil/Praia Clube confirma presença no Mundial



Continue Lendo

Seleções disputarão amistosos pelo país antes dos Mundiais



Continue Lendo

O adeus do genial genioso Ricardinho



Continue Lendo