Coluna da Fernanda Garay: Musculação e um giro por Doha



Pessoa, me desculpe, mas ontem após o nosso jogo contra o Rabita Baku nós ficamos no ginásio para assistir à partida dos nossos possíveis adversários, fazendo com que chegássemos tarde e cansadas no hotel. Por isso não consegui escrever nada.

Vestidas à caráter no Qatar

Agora, nós do Sollys/Nestlé, esperamos o adversário da semifinal porque Fenerbahce, da Turquia, e o Kenya Prisons, do Quênia, se enfrentam amanhã. Vamos jogar contra o segundo da chave, que conta também com a equipe de Porto Rico, o Lancheras.

Não jogamos hoje e, depois de pegar pesado na musculação, deu para dar uma escapadinha e dar uma volta nessa cidade.

Claro que, com uma cultura tão diferente da nossa, muita coisa aqui me surpreende. Se tem algo que chama muito atenção é a maneira das mulheres se vestirem. Confesso que, ao mesmo tempo que é muito diferente e até estranho, me parece muito charmoso (hahaha) Como ninguém as vê, a gente tenta imaginar como são. Achei superdivertido… Nós até entramos na brincadeira colocamos lenços e tiramos fotos…

Passeio em Doha (Alessandra Ribeiro/Divulgação)

Outra coisa que adorei foi o mercado SOUQ, que se parece muito com um mercado municipal, onde pode encontrar desde animais de estimação, roupas típicas, comidas, especiarias e até ouro. É um lugar sensacional! Verdadeiramente vivi um pouquinho da cultura deles no tempo que passei lá. Para completar o passeio, bem ao lado tem um lugar onde a gente encontra camelos…  Foi perfeito! Não tive a oportunidade de montá-lo, mas com certeza a foto foi garantida!!!!!!

Amanhã nosso dia será cheio. Estamos focadas na preparação para a semifinal, que será às 4 horas da manhã da quinta-feira aí no Brasil!

Eu vou ficando por aqui!



  • Luiz

    Sei lá! Estou achando tanta frieza neste mundial. Em nenhum momento, nenhuma das jogadoras de Osasco tocam no nome da Paula e nem da Mari. Sheilla chegou a chamar o Fener de inimigo (adversário, inimigo não). Se o Fener chegar à final, fechem todas as portas, ou corram para as colinas. O chão vai tremer. Vejo dedos na cara, gritos (Adenísia), berros, olhares tortos, cartões, foguetes, bombas, artilharia pesada… ufa!

  • Cleibsom Carlos

    Fê, você é muito charmosa…Se quiser jantar qualquer dias desses estou a sua inteira disposição!

  • marcio

    Não acho não Luiz. Não tem nenhuma inimizade, só cada time está focado no seu jogo! Fora Sheila, nenhuma outra jogadora tem problemas com a Mari, que é uma pessoa muito boa, mesma coisa a Paula. Vamos ver é muitos abraços e beijos ao final do jogo!

    • Luiz

      Espero mesmo que eu esteja errado, e você certo.

  • Clivia

    Amanha teremos bons jogos. vou torcer para todos os brasileiros em especial para o Fener. Passar pelo Rabita. Boa Sorte a todos.

MaisRecentes

Semana positiva das Seleções adultas



Continue Lendo

Coluna: O polêmico teste na regra do vôlei



Continue Lendo

Vaivém: Mais estrangeiras na Superliga?



Continue Lendo