Coluna da Fabi: Primeiras impressões do Mundial



Já estamos no nosso segundo dia aqui, na Suíça. Ontem chegamos de viagem e não tivemos tempo de nada. Apenas fizemos um alongamento e descansamos da longa viagem. Hoje já foi bem diferente. Treinamos pela manhã numa academia próxima de nosso hotel e, à tarde, conhecemos o ginásio onde serão disputados todos os jogos do Mundial.

Mas antes de falar da estrutura e do amistoso que jogamos hoje, vou revelar um fato muito comum para nós, jogadoras, mas que passa desapercebido do público em geral. Entre um treino e outro, almoçamos no hotel em que estamos hospedados. E nunca fazemos isso sozinhas. Em competições desse tipo, as equipes podem usar o mesmo refeitório. Na verdade trata-se de um salão, com um buffet preparado especificamente para nós, atletas.

Fabi treinando na Suíça para o Mundial

Fabi treinando na Suíça para o Mundial

Ali, nas mesas ao nosso lado estão as futuras ou possíveis adversárias, mas o clima é 100% cordial. No vôlei temos muito respeito pelas nossas companheiras de profissão.

Agora vamos falar de quadra. Achei bem bacana a estrutura do ginásio Saalsporthalle, que não tem dimensões imensas e onde será disputado todo o Mundial. A capacidade está em torno de três mil pessoas e, com esse público, o ambiente promete ser bem legal, visto a proximidade da quadra com as cadeiras.

E logo de cara jogamos um amistoso contra as donas da casa, do Volero Zurich. Conseguimos vencer por 3 sets a 0 e saímos bem felizes com o resultado. Amanhã estreamos contra o Iowa Ice, dos Estados Unidos, e estamos preparadas. Aos nossos torcedores, aos amantes do vôlei, só posso prometer que eu e toda a equipe daremos o nosso melhor.



MaisRecentes

Evento na Polônia reúne craques históricos do vôlei



Continue Lendo

Um fim de semana para esquecer na Bulgária



Continue Lendo

Raridade: Brasil perde a segunda seguida por 3 a 0



Continue Lendo