Coluna da Fabi: Fim da jornada em Zurique



Infelizmente não conseguimos trazer o tão sonhado Mundial de Clubes. Mas valeu e muito. Valeu pela experiência, por ter conquistado a medalha de prata e por termos dado o nosso melhor.

Ninguém em nosso time ficou com vergonha ou desmereceu nossa colocação. Estamos orgulhosas por termos ido até onde poderíamos neste momento. Para nós a temporada acabou de começar e, por mais que pareça bobagem, falta de ritmo, entrosamento e preparo físico fazem diferença num jogo de alto nível. Não que estejamos fora de forma ou sem entrosamento… Só que com mais tempo de treinamento nosso time irá melhorar, sem dúvida. Vamos atingir nosso auge nesta temporada ainda. Sabíamos que seria assim. E tentamos nos superar a cada ponto.

Nos dois primeiros sets, estávamos ali, na briga. Perdemos por detalhes e pela diferença mínima. Poderíamos ter ganho também, mas é do jogo. Elas jogaram bem, com muito volume de jogo e venceram. Estão de parabéns.

Nosso foco voltou a ser a Superliga. Depois, jogaremos a Copa do Brasil e vamos buscar esse título. Se vencermos, jogaremos o Sul-Americano e voltamos a sonhar com a disputa de mais um Mundial de clubes. Ano que vem a competição será realizada em maio (é o que está previsto), na Suíça novamente. Esperamos ter a oportunidade de voltar lá para trazer o ouro, o título que falta para a gente.

Agora falando sobre Zurique. Ontem, antes de embarcarmos para o Brasil, conseguimos conhecer a cidade, muito bonita por sinal. Apesar de um pouquinho frio para nós, brasileiros, principalmente para mim, carioca, foi muito bom passear com as meninas por alguns pontos turísticos da cidade. Viajamos bastante, mas nem sempre temos essas oportunidades. Para vocês terem noção, até o dia de irmos embora não tínhamos conhecido nada. Só o hotel e dois ginásios, onde treinamos e jogamos.

Agradeço o apoio e a torcida de todos. Continuem conosco sempre que vamos continuar nossa busca por mais títulos. #GoUni



MaisRecentes

Fernanda Tomé é novidade em nova lista para o Mundial



Continue Lendo

Vaivém: Mais uma estrangeira na próxima Superliga



Continue Lendo

Simon veste camisa do Civitanova. Vem novela judicial aí!



Continue Lendo