Coisas legais no fim de semana do vôlei



1) O Bento está de volta à elite da Superliga masculina. Muito legal ver a cidade gaúcha, que tem um histórico no esporte e um trabalho nas categorias de base, renascendo. E o Rio Grande do Sul, que chegou a ficar ausente da Superliga, poderá ter três representantes na temporada 2015/2016. É torcer para que investidores locais apoiem e ajudem a fazer um time ainda mais competitivo. Neste ano atuaram por lá Dentinho, Refatti, Giovanni, Rivoli, Tuba… Jogadores com passagens por grandes do país.

2) O Zenit Kazan é campeão europeu e disputará o Mundial masculino de clubes. O cubano Leon está voando, foi merecidamente o MVP e promete ser uma atração à parte na disputa em Belo Horizonte. Marouf, Mikhaylov, Matt Anderson, Apalikov, Salparov, Spiridonov… Um timaço dirigido por Vladimir Alekno. Sempre me pergunto como estaria a seleção cubana com tantos talentos que já deixaram a ilha…

3) Ricardinho foi titular na vitória (décima seguida) do Treia (ex-Macerata) por 3 a 0 sobre o Molfetta. O técnico Giuliani precisou alterar a formação do time para que o brasileiro jogasse e não extrapolasse o limite de estrangeiros. O líbero francês Henno se transformou em ponta reserva, com o local Paparoni sendo escalado na função. Sabbi (14 pontos), Kurek (13) e Podrascanin (12) foram beneficiados pela bem equilibrada distribuição do brasileiro. O Treia está empatado com o Modena (time de Bruninho que fez 3 a 0 no Verona, com o brasileiro sendo eleito o melhor em quadra) na liderança, com 57 pontos. O Trentino, com 56 e um jogo a menos, é o “líder virtual”.

4) O Concilig/Bauru derrotou a Sogipa/Capemisa por 3 a 0 e faturou o título da Superliga B no feminino. Vale lembrar que o time do interior paulista já havia montado um time competitivo no Estadual (Mari Paraíba estava lá, lembram-se?), com Soninha, Camila Adão… Agora é pensar em subir alguns degraus para ter sucesso na elite.

 

 



MaisRecentes

Giovane encaminha manutenção do vôlei carioca na Superliga



Continue Lendo

Basta! Nada justifica ameaças de morte



Continue Lendo

As duas formas de ver o novo Sesi



Continue Lendo