Colunista convidada – Gabi – Carona no ônibus do time?



Oi, pessoal!

Hoje é único dia que não jogaremos neste Sul-Americano. Mas não foi um dia de folga, não. Pela manhã, fizemos um trabalho muito bom na academia e, depois, fomos para quadra. Bernardo nos exigiu bastante, durante uma hora e meia, e o treino rendeu muito bem.

Depois do treino fomos almoçar e aproveitamos a tarde livre para descansar e fazer fisioterapia preventiva. Os próximos três dias serão desgastantes e era uma boa oportunidade para repor as energias.

Mas eu quero contar um fato curioso, que aconteceu ontem à noite, quando estávamos voltando do jantar. A organização do campeonato é municipal e estamos utilizando como transporte os coletivos que normalmente rodam pela cidade, bem parecidos com o que temos no Brasil.

Volta animada no ônibus (Divulgação)

Volta animada no ônibus (Divulgação)

Retomando… Nosso motorista esqueceu de apagar o letreiro luminoso, já que estava nos levando de volta ao hotel, após nossa estreia, e várias pessoas que estavam em um ponto de ônibus fizeram sinal. Ele parou e elas foram entrando. Foi preciso uma explicação que o ônibus não faria o trajeto de sempre e que estava à serviço da competição para que elas entendessem e se conformassem. Demorou um pouco e demos boas risadas com a situação inusitada.

Por hoje é só, galera. Até amanhã e torçam para que consigamos mais uma vitória.



MaisRecentes

Supercopa abre temporada masculina mais imprevisível no Brasil



Continue Lendo

Itália e Sérvia na primeira final europeia do Mundial feminino



Continue Lendo

Minas e Dentil/Praia Clube conhecem rivais no Mundial



Continue Lendo