Centrais funcionam e Brasil atropela as sérvias



O time B da Sérvia não foi páreo para o Brasil nesta madrugada.

Com facilidade, a segunda vitória verde-amarela no Grand Prix foi garantida sem sustos, em três sets (25-20, 25-15 e 25-19). Na próxima madrugada, às 6h30, a Seleção encerra sua participação na rodada de Bangcoc contra as donas da casa, derrotadas hoje também em sets diretos pelo Japão.

Juciely no ataque (FIVB/Divulgação)

Juciely no ataque (FIVB/Divulgação)

Em comparação com a estreia, José Roberto Guimarães promoveu a central Carol, com mérito, para fazer dupla com Juciely no meio de rede. Além disso, escalou Natália, que perdeu espaço no fim da preparação no país por causa de uma lesão muscular no glúteo, no lugar de Fernanda Garay.

A dupla do Rexona mostrou eficiência, terminando a partida com 11 pontos cada.  Juciely marcou nove no ataque, enquanto Carol fez seis no bloqueio. Dá para dizer que as duas se completam nos fundamentos. Joycinha, com 10, jogando dois sets como titular, veio logo a seguir. Natália terminou o jogo com seis, com um aproveitamento pouco animador nos ataques.

Pelo lado sérvio, sem nenhuma das principais jogadoras nesta etapa do GP, Busa terminou com dez pontos.

Lendo as declarações de Zé Roberto no pós-jogo, destaco essa frase:

– O bloqueio e a defesa fizeram um bom trabalho hoje.

Foram exatamente esses fundamentos que ele cobrou melhorias no jogo com o Japão, fechado para o público, que acompanhei no Maracanãzinho.

 



MaisRecentes

Brasil terá dupla europeia pela frente na fase final



Continue Lendo

Não dá pra achar normal jogar duas vezes em 13h



Continue Lendo

Mais seguro, Brasil vence e está nas finais da Liga das Nações



Continue Lendo