Centrais funcionam e Brasil atropela as sérvias



O time B da Sérvia não foi páreo para o Brasil nesta madrugada.

Com facilidade, a segunda vitória verde-amarela no Grand Prix foi garantida sem sustos, em três sets (25-20, 25-15 e 25-19). Na próxima madrugada, às 6h30, a Seleção encerra sua participação na rodada de Bangcoc contra as donas da casa, derrotadas hoje também em sets diretos pelo Japão.

Juciely no ataque (FIVB/Divulgação)

Juciely no ataque (FIVB/Divulgação)

Em comparação com a estreia, José Roberto Guimarães promoveu a central Carol, com mérito, para fazer dupla com Juciely no meio de rede. Além disso, escalou Natália, que perdeu espaço no fim da preparação no país por causa de uma lesão muscular no glúteo, no lugar de Fernanda Garay.

A dupla do Rexona mostrou eficiência, terminando a partida com 11 pontos cada.  Juciely marcou nove no ataque, enquanto Carol fez seis no bloqueio. Dá para dizer que as duas se completam nos fundamentos. Joycinha, com 10, jogando dois sets como titular, veio logo a seguir. Natália terminou o jogo com seis, com um aproveitamento pouco animador nos ataques.

Pelo lado sérvio, sem nenhuma das principais jogadoras nesta etapa do GP, Busa terminou com dez pontos.

Lendo as declarações de Zé Roberto no pós-jogo, destaco essa frase:

– O bloqueio e a defesa fizeram um bom trabalho hoje.

Foram exatamente esses fundamentos que ele cobrou melhorias no jogo com o Japão, fechado para o público, que acompanhei no Maracanãzinho.

 



  • Rafael

    Caro Daniel, a Natália pontuou muito pouco sim, mas se fizermos uma análise num contexto mais amplo, ela foi mais eficiente no ataque que a Gabi além de ter dado menos prejuízo no passe. Analisar por pontos absolutos nem sempre é a melhor opção.

    • Juliano

      Achei q foi prejudicada pela Dani. Poucas bolas ficaram boas. P ela, apesar de ñ ser bola tão lenta como das russas, tem q ter um pouco de altura (barriga), coisa q Dani evita p Gabi e Garay, q precisam da maior velocidade possível. Daí, lógico q deu Pani na Lins.

  • AfonsoRJ

    – Rexona desfalcada de Fofão e Fabizinha e com o reforço de uma oposta de origem 3×0 Sérvia. 🙂

    – Nesse jogo e no jogo contra o Japão, graças a Deus a transmissão não insistiu com pontos e mais pontos transmitidos pela câmera de fundo, do alto com câmera móvel ou por baixo na quina da quadra. Fez o “b-a bá” com a câmera #1, o que para mim é o ideal. Não complica e deixa os planos alternativos para replays ou filmes do Orson Welles.

    – Pan ou Grand Prix? Qual será a estratégia do Zé em dividir a seleção em duas e não priorizar uma ou outra competição? Corremos sério risco de perder as duas. Será que a cabeça está no Rio-2016? Se for, então muito justo, mas como bom brasileiro gosto mesmo é de ganhar TUDO. Incluindo Pan, Grand Prix, Montreux, Yeltsin e até amistoso 🙂

    – Cadê a Yukiko Ebata? Adoro as orelhinhas de abano dela… 🙂

  • Edu

    Nenhuma surpresa.Jogo tranquilo apos uma fase inicial de maior incidência de erros por parte da Natália um próximo ao constrangedor ao passar a chande de uma bola de china e ser enganada no quique da borda rede.Queria ver esse novo grupo jogando com jogadoras mais jovens e altas como essa Servia B.Dani continuou como a melhor quadra , na minha opinião,porque conseguiu dar ritmo ao novo grupo de jogadoras com diferentes características pessoais e técnicas.Carol foi bem demais no bloqueio e se manter o nível empurra indiretamente Adenizia para fora da seleção como reserva da quarta opção de central.Juciely também fez uma partida correta e regular. Joycinha foi bem melhor e Gaby não comprometeu. Pensando no fator desenvolvimento de carreira já precisa buscar uma oportunidade numa liga italiana ou polonesa já que fica evidente a necessidade de novos e mais maiores desafios ito técnicos .Macris teve um pouco mais de tempo em quadar e não foi tão precisa sem destoar, no entanto.E classificada na expressão ambígua do ZRG como uma jogadora interessante nos treinamentos. Monique teve também passagem discreta como Mari PB.Ainda e muito cedo e as chamadas casinhas, vagas em aberto, ainda não estão devidamente ocupadas, ainda.

  • JSG

    Carol novamente foi a melhor do jogo. 6 pontos em bloqueio , 4 em ataques e 1 em saque. Jucy também fez ótima partida principalmente no ataque. Realmente as duas se complementam. Apesar da baixa estatura ambas compensam com técnica, carol um verdadeiro paredão e Jucy tem uma “china” quase indefensável quando bem trabalhada. Caso o time do pan seja mesmo o que foi divulgado na página de Fê Garay, o time titular será esee que iniciou hoje, com exeção de Joyce. Na minha opinião o correto seria usar Gabi e Suelle nas pontas (Gabi de maior força e velocidade nos ataques, e suelle com melhor qualidade no passe e podendo atacar bolas altas nas pontas já que tem 1,87 e é a mais alta das ponteiras), e assim sendo testaria Natália (1,83 ) na saída de rede e o resto do time com Jucy e Carol no meio, Dani no levantamento e Camila Brait de líbero. Ai poderemos ve o poder de fogo desse time na fase final onde , caso se classifique, enfrentará equipes fortes como os EUA e provavelmente China e Rússia.

    • Edu

      Foi divulgado na coluna do BV que as levantadoras do Pan serão Macris e Ana Tiemi.Com duas das chamadas titulares da principal no time : Jaqueline e Fê Garay Carol e Juciely ficariam reservadas para o Grand Prix. Angélica, Barbará e Adenizia como as centrais em Toronto.Léia seria a líbero e as pontas Mari PB e Michele como reservas imediatas.Joycinha e Rosamaria seriam as opostas.No Grand Prix , na fase coincidente ao Pan, seria Dani Lins, Natália, Gabi, Suelle, Ivna e Monique – com as centrais do Rexona – como prováveis titulares.Ainda restaria uma duvida quanto ao preenchimento de 3 vagas restantes.

  • SOARES

    Excelente comentário JSG. Também testaria Gabi e Suelle nas pontas e Natália de oposta. Com o time no qual as centrais fazem tanto diferença quanto as pontas, o passe é impressindível. Jogar com Gary/Natalia; Natalia/Gabi ou Gabi/Natalia é uma ” estrategia” muito arriscada. Jucy e Carol seguem muito bem. Brait e Dani também.

    • Juliano

      Achei Natália com passe melhor q o da Gabi e, principalmente, Garay.

      Temos q analisar o agora, e neste momento Garay eatá com o pior passe. Parece exagero, mas o fase….

  • douglas

    Respeito tudo q o Zé conquistou mais pra mim ele parou no tempo depois dos jogos olímpicos de 2008. Ele deveria aproveita essa coincidência das datas do Pan e Grand Prix pra da rodagema as jovens jogadoras. Atletas como Ana Tiemi, Monique ,Joyce ,Barbara ,Michelle, Mari e Suelle são boas mais já tão velhas pra seleção e sinceramente dessas só Suelle e Mari tem alguma chance de disputa as olimpíadas do Rio .Gabi, Rosamaria ,Paula Borgo,Ellen ,Mara ,Carol ,Fran ,Macris,Naiane ao lado de Camila Brait ,Tandara e Natália serão muito provavelmente a base do Brasil a parti de 2017 portanto são essas as jogadoras q ele tem q coloca pra joga.kd a Seleção B do Brasil q no ano passado não houve.achava que Paulo Cuoco contratou a Samara no Minas pra coloca ela pra jogar já q é jovem e tem ótimo potencial no fundo de quadra(passe e defesa) mais não ele vai atrás de contrata a Tandara e coloca a única jovem jogadora q pode de um futuro substituí Jaqueline no banco.

    • Edu

      Tandara e Samara são jogadoras de posições diferentes e podem perfeitamente jogar juntas num eventual Minas (já que Tandara não foi e nem será oficialmente contratada antes de ser efetivamente mãe).Samara é ponteira passadora. Tandara é oposta.E ver Ellen como perspectiva de futuro promissor da seleção brasileira é avizinhar uma triste realidade.Ela é uma boa atacante, no bom sentido médio, mas com sérias deficiências na recepção e falta de consistência no bloqueio.Tanto que esta na lista das jogadoras que menos se destacaram nessa fase inicial de treinamentos.Já que nem foi acomodada ainda na lista das selecionáveis do Pan ou do Grand Prix.

  • Juliano

    A Dani fez uma partida bem mais ou menos. Forçou as jogadoras a largarem a td momento. As de fundo eram p chorar. Quase ñ conseguiu levantar uma única bola decente p Natália. Do lado da Gabi ela ñ tinha nem a capacidade de inverter p saída, enquanto a Gabi tinha q se virar.

    Porém, algo é inegável. A Dani parecia visivelmente cansada e sem vontade de se esforçar por isso.

    Joycinha foi menos pior, mas ainda sim a Sérvia quase levantava td q ela atacava.

    Monique está um peso morto e tem q melhorar. Vai ser reserva até da Ivna do jeito q vem se apresentando.

    Brait bem. Leia foi muito mal na recepção. Parece sentir a pressão de jogar com a amarela.

    As centrais deram um show. O bom da Jucy é q ela ataca muito bem. A Carol segurou o primeiro set e fez o time deslanchar. Monstra no bloqueio. Mas o teste virá, vamos ver como vai se comportar contra Rússia e, se formos à fase final, contra os EUA.

    Natália foi muito bem na recepção e defesa. Jogou muito melhor q a Garay na partida anterior nesses fundamentos. No ataque foi prejudicada pela Dani Lins. As duas ñ se acertaram. A bola da Natália ñ é da msm forma q a da Garay/Gabi. Qdo havia um levantamento razoável, Natália cravava em boas diagonais ou atacava por cima.

    Gabi tem segurado mais o ataque e tem se virado com as jacas da Dani, q ñ inverte uma bola e a coloca quase sempre contra bloqueio duplo p cima. Como era mais acionada, era óbvio q seria mais exigida na recepção, fundamento em q ela ñ foi muito bem. Uma pipe bem rápida q a Dani Lins levantou deu bem certo p ela. Uma pena q só foi esta jogada isolada q a Dani levantou na pinta.

    Qto a Macris, ela levanta bem e é rápida. Mas ainda sinto q dependendo da bola, principalmente p Natália, ela precisa colocar mais altura. E tem q parar de ficar dando bolas de segunda de toque, pois ela é bem lenta nestas bolas.

    Apesar do q falei, nd está definido. O time B da Sérvia é muitoooooooo fraco. Decepção total.

  • ZIGFRIDO

    TENHO A DESTACAR O SEGUINTE:

    1 – COMENTÁRIOS DE MARCOS FREITAS NA SPORTV SÃO ABSURDAMENTES RIDÍCULOS. ATÉ HOJE ELE FALA QUE A NATHALIA VEM DE CIRURGIA RECENTEMENTE E TÁ SE RECUPERANDO E TENTANDO SE ADAPTAR À SELEÇÃO… P.S.: JÁ FAZ MAIS DE 4 ANOS QUE NATHALIA FEZ A CIRURGIA;

    2 – NATHALIA NÃO É JOGADORA DE SELEÇÃO BRASILEIRA. SUELLE MILHÕES DE ANOS LUZ À SUA FRENTE E DA GABI. É INACREDITÁVEL QUE O ZÉ ROBERTO NÃO APROVEITA A SUELLE. JOGADORA ALTA, TÉCNICA, DE QUALIDADE, ATACA ALTA E TEM UMA EXCELENTE RECEPÇÃO.

    3 – GABI JOGADORA RAZOÁVEL, LEVA MUITO TOCO. ATACA MUITO NO BLOQUEIO E INFELIZMENTE NÃO SE PODE ESPERAR MUITA COISA DELA CONTRA UM CONFRONTO CONTRA CHINA, EUA E RÚSSIA.

    4 – ZÉ ROBERTO NÃO SABE APROVEITAR BEM SUAS SELECIONÁVEIS. NÃO ENTENDO O QUE A BÁRBARA TÁ FAZENDO DE CENTRAL NA SELEÇÃO. ELA DE OPOSTA RENDERIA MUITO MAIS QUE A ESTÁVEL JOYCINHA.

    5 – CAROL FANTÁSTICA!!! NÃO É ATOA QUE FOI UMA DAS MELHORES CENTRAIS DO MUNDIAL FEMININO DE VOLEI DESSE ANO. SE MELHORAR NO ATAQUE, SERÁ SUBSTITUTA DE FABIANA NA SELEÇÃO NA PRÓXIMA OLIMPÍADA.

    6 – NÃO ENTENDO O BRASIL DAR PRIORIDADE PARA O PAN… LEVAR JOGADORAS DO CALIBRE DE JAQUELINE, GARAY, ADENÍZIA PARA DISPUTAR PARTIDAS CONTRA COLOMBIA, PORTO RICO, ETC… EM CONTRAPARTIDA DEIXÁ-LAS DE FORA DA FASE FINAL DO GRANPRIX CONTRA SELEÇÕES COMO RÚSSIA, CHINA E EUA. A SELAÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS É A MELHOR ATUALMENTE, PRINCIPALMENTE PELO FATO DO KART KILARRY DAR OPORTUNIDADE PARA JOGADORAS NOVAS. QUE ÓTIMAS SÃO AS OPOSTAS DOS EUA. AGORA ZÉ ROBERTO INSISTE COM JOGADORAS COMO NATHALIA, GABI, ETC… NO LUGAR DE SUELLE, MARI PARAÍBA, QUE SÃO MELHORES QUE ELAS. VAI ENTENDER… DEVE TER POLITICAGEM POR TRÁS DISSO. NUNCA VI UMA JOGADORA TER AS COSTAS LARGAS COMO ESSA NATHALIA… SE EU FOSSE ELA, TERIA VERGONHA DE JOGAR NA SELEÇÃO, PQ ELA NÃO TEM VOLLEYBOL SUFICIENTE PRA ESTAR LÁ. FRAQUÍSSIMA!!! JOGA RAZOAVELMENTE BEM NO SEU CLUBE, E SÓ. FORA NATHALIA!!!

MaisRecentes

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo

Camponesa/Minas quebra longa invencibilidade em Osasco



Continue Lendo

Placar RedeTV!: Futebol 2 x 0 Vôlei



Continue Lendo