CBV e BB celebram paz



Uma nota oficial da CBV, enviada na tarde desta segunda-feira, comemora acordo com o Banco do Brasil. Os dois lados fizeram aditivos no milionário contrato (que o mercado estima em mais de R$ 350 milhões), evitando que o longevo patrocínio fosse rompido devido às graves denúncias que sacudiram o esporte no ano passado.

Leiam as explicações da confederação aqui: http://www.lancenet.com.br/minuto/CBV-Banco-Brasil-patrocinio-mantido_0_1288071314.html

Certamente para a CBV é um alívio ter este voto de confiança do banco. Agora começam a contar 90 dias para que a entidade cumpra o que prometeu, evitando qualquer  abalo à celebrada paz.



  • Edu Real

    Um contrato de 350 milhões e o Voleibol no Brasil campengando e se rastejando? faltando subsídios e investimentos na formação de atletas, algumas instalações precárias e tem muitos (muitos mesmos) locais do País, onde o esporte em questão nem chegou ainda.

    Onde estão enfiando todo esse dinheiro?

  • SPORTS IN THE WORLD

    Maravilhoso para a continuação do desenvolvimento do vôlei brasileiro, parabéns a atual gestão da CBV. Agora e os 30 milhões que o CGU disse que foram surrupiados através de 13 contratos ilícitos, de acordo com o divulgado pelo CGU. Não vão pelo menos serem devolvidos por quem se apoderou desta grana? Então tudo isto que foi desvendado pelo CGU, vai acabar em pizza? meu Deus toda a corrupção neste país acaba em pizza. Onde estão os técnicos, os jogadores que colocaram narizes postiços de palhaço (seriam eles autênticos?) e colocaram tarjas pretas (sinal de luto), já se calaram? Por quê? Está tudo certo para eles também, ou será que deram um “cala boca” neles? Viva o Bom Senso do Futebol, os do vôlei não são de nada, ficaram só nos narizes de palhaço e mais nada.
    Então está certo, vida nova para a CBV e os 30 milhões e as pessoas que deles se apoderaram, ficam livres, leves e soltas. Ficará somente a VERGONHA daqueles que mancharam o bom nome do voleibol brasileiro. Espero pelo menos que os amantes do vôlei e os brasileiros de um modo geral não se ESQUEÇAM dos que comprovadamente foram corruptos e corruptores de acordo com pronunciamento oficial do CGU! Quando de competições aqui no Brasil quero ver o comportamento do público brasileiro em relação aqueles que mancharam o bom nome do vôlei brasileiro. Fora daqui Ary Desgraça, Fabio Azevedo, Marcos Pina & outros menos votados.

  • Felipe Piol

    Se esse dinheiro fosse usado de forma correta para o vôlei certamente teríamos uma das melhores ligas de vôlei, digo mais devíamos ter grandes centros de treinamento nas cinco regiões do país a exemplo de saquarema que hoje esta sucateada, Aqui nos ES temos grandes nomes do vôlei de praia mas em compensação no vôlei de quadra não temos nada.

  • Osmar Cordeiro

    Que contrato eim , bem que poderia ser investido em mais centros de treinamentos que abrangesse todas as regiões do Brasil ( Norte , Nordeste , Centro-Oeste , Sudeste e Sul ) e com isto revelando um número maior de atletas . Sonho que este dinheiro possa ser investido nas categorias de base e o incentivo ao esporte , que as federações estaduais tivessem estrutura e organizassem campeonatos competitivos e uma Superliga bem estrutura , q fosse atrativa para quem assistisse e não escândalos de corrupção .

MaisRecentes

O novo conceito da FIVB para 2018



Continue Lendo

Apenas Lebes/Canoas faz o dever de casa na rodada



Continue Lendo

Um líder por pontos ganhos. Outro por pontos perdidos



Continue Lendo