CBV altera estatística e Tandara iguala recorde de Tifanny



Uma revisão nas estatísticas da partida entre Camponesa/Minas e Vôlei Nestlé deu um ponto a mais para Tandara, fazendo assim que ela se tornasse recordista de pontos em uma partida na história da Superliga.

O site da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) mostrou, na tarde desta sexta-feira, que a oposto da equipe de Osasco passou de 38 para 39 acertos, igualando a marca de Tifanny, do Vôlei Bauru.

– Vou repetir o que disse na quadra. Eu trocaria esses 39 pontos pela vitória. Claro que é uma marca importante, pois é a consequência de um bom trabalho de treinamento e mostra que procuro estar inteira a todo momento em que sou acionada. Mas não fiz isso sozinha, as minhas companheiras sempre ajudam. Uma teve que passar, outra que defender ou bloquear e, claro, levantar a bola até o meu ataque. Então, não concordo quando dizem que jogo sozinha ou que o Vôlei Nestlé é o time de uma jogadora só. Para fazer os pontos, preciso que elas me ajudem, acreditam em mim a todo momento. Tenho que agradecer ao grupo pela vontade de vencer e fazer o melhor a todo momento. Temos mais três jogos importantes até o playoff e que venham mais grandes marcas, não individuais, mas para o time – disse a jogadora.

Tandara é a maior pontuadora da Superliga (João Pires/Divulgação)

Tandara teve uma noite de gala em Belo Horizonte, mas houve uma divergência de números após a partida. O Minas, responsável pela estatística oficial da partida (a regra da CBV é que o clube mandante assuma essa responsabilidade), apontou 38 pontos. O SporTV, que transmitiu o duelo ao vivo, indicou 39, enquanto a analise do Vôlei Nestlé computou 40 acertos. Nesta sexta-feira, o clube mineiro reviu a partida e percebeu que no 17/10 do terceiro set, um ponto da oposto foi dado para a Mari Paraíba. Feita a correção, o recorde foi confirmado. Segundo os estatísticos das duas equipes, esse processo de ajuste é normal, tanto que existe o prazo de 24 horas após o final da rodada para isso.

Além dos números finais, Tandara teve um terceiro set praticamente perfeito. Recebeu 12 bolas e derrubou 9, com 75% de aproveitamento. Nos cinco sets, a oposta foi acionada 70 vezes no ataque e pontuou 36 vezes, além de conseguiu dois bloqueios e um ace. No geral, sua eficiência foi de 51%

– Trabalho para isso, para ser cada vez mais regular. Errar menos para ajudar o Vôlei Nestlé a vencer até chegar ao título da Superliga – completou.



MaisRecentes

Uma satisfação



Continue Lendo

Coluna: Parelha, Liga das Nações feminina promete



Continue Lendo

Na Liga das Nações masculina, se a primeira impressão é a que fica…



Continue Lendo