Capitã da seleção chinesa se aposenta aos 26 anos



Hui Ruoqi, capitã da seleção feminina da China na conquista da medalha de ouro na Rio-2016, confirmou o encerramento da carreira aos 26 anos.

A notícia foi divulgada no fim de semana, após jogo do Jiangsu, no encerramento da primeira fase da liga chinesa. Hui foi homenageada pelo clube e pela torcida, avisou que vai parar ao término da principal competição do país

O Jiangsu, inclusive, foi o primeiro time de Hui Ruoqi. Ela se profissionalizou cedo, aos 15 anos, e ficou apenas uma temporada fora, no Guangdong Evergrande na temporada 2013/2014, quando disputou o Mundial de Clubes.

Pela seleção da China, ela esteve presente também na Olimpíada de Londres-2012, sendo eleito a melhor sacadora da competição. Foi medalhista de prata no Campeonato Mundial de 2014 e bronze na Copa do Mundo de 2011.

Capitã chinesa na Rio-2016 vai parar de jogar (Divulgação)

Hui Ruoqi, atacante de 1,92m, tem um histórico de superação após problemas físicos. O principal aconteceu oito meses antes da Rio-2016, quando ela precisou passar por uma cirurgia no coração para corrigir uma grave arritmia. A volta ao esporte chegou até a ser colocada em xeque. Rumores apontam para um novo agravamento, mas sem confirmação da atleta.

Hui promete seguir presente no esporte, mas com foco na fundação que pretende ajudar no desenvolvimento de jogadoras de vôlei.

– Vou tentar resolver alguns problemas sociais com as atividades esportivas – disse Hui.

 



MaisRecentes

Esperava um jogo tecnicamente melhor no Mineirinho



Continue Lendo

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo