Camponesa/Minas cumpre obrigação contra peruanas



O Camponesa/Minas estreou com vitória no Campeonato Sul-Americano feminino nesta terça-feira.

Em casa, na Arena Minas, em Belo Horizonte, o time de Stefano Lavarini derrotou o Regatas Lima, do Peru, por 3 a 0, parciais de 25-22, 25-14 e 25-13.

Um placar óbvio e esperado, considerando o desnível técnico entre os representantes brasileiros e os demais participantes da competição continental. O Minas não contou com a oposto americana Hooker, poupada. Laiza atuou na saída de rede. O treinador italiano aproveitou também para colocar outras reservas em quadra durante o duelo, como Carol Tormena, Karine e Mayani.

As donas da casa voltarão à quadra amanhã, às 20h, contra as argentinas do Boca Juniors. Nova vitória garantirá o primeiro lugar no grupo e a vaga na semifinal.

Também nesta quarta-feira, estreia do Sesc. Às 18h, o atual vice-líder da Superliga fará seu primeiro jogo contra o San Simón, da Bolívar.

Minas derrotou peruanas na estreia (Divulgação)

Sem desmerecer as bolivianas, uma lavada é mais do que esperada. Marcar uns dez pontos em cada parcial já será uma vitória para o San Simón.

Como já escrevi anteriormente, apenas uma zebra épica-histórica-monumental impedirá uma final entre Minas e Sesc, no sábado, às 15h45, com transmissão do SporTV. Valendo o título sul-americano e a vaga no Mundial de Clubes.

 



MaisRecentes

Coluna: mercado já sente reflexos da crise mundial



Continue Lendo

Itambé/Minas planeja time “em volta” de Macris



Continue Lendo

Osasco Audax quer a volta de Tandara



Continue Lendo