Campeãs olímpicas se destacam na rodada



A sexta-feira à noite foi das campeãs olímpicas na Superliga feminina.

Fernanda Garay foi a melhor em quadra na vitória do invicto Dentil/Praia Clube sobre o Pinheiros, que também vinha sem derrotas, por 3 sets a 0. Já Jaqueline ganhou o troféu VivaVôlei após o triunfo do Hinode/Barueri, de virada, sobre o Sesi por 3 a 1, também como visitante.

Em São Paulo, no Ginásio Henrique Villaboim, as mineiras mostraram que não estavam para brincadeira e abriram a partida de forma avassaladora. Um 25 a 7 para deixar o Pinheiros desconcertado. Um placar que refletiu no restante do duelo.

– Acho que o primeiro set tem sido fundamental em todos os jogos, a gente tem que entrar bem e impor o ritmo do jogo e nós não conseguimos fazer isso. É claro que um 25-7 é um baque, mas nós temos que tentar esquecer e partir para a próxima e foi o que a gente tentou. Não deixamos de lutar em momento algum, mas não conseguimos ir bem taticamente e tecnicamente também, o que nos custou a partida – admitiu a líbero Ju Paes.

Pelo lado do Praia, o ritmo foi mantido. Um bom teste para a concentração da equipe de Paulo Coco, que fechou as parciais seguintes em 25-17 e 25-22.

Garay, a melhor em quadra, terminou o jogo com 18 pontos (14 no ataque e quatro no bloqueio). Fabiana, outra campeã olímpica, veio a seguir com dez acertos, seis deles no block. Pelo lado do Pinheiros, Bruna Honório fez 15 pontos.

– Estamos em crescimento como equipe. Hoje a nossa estratégia de jogo funcionou bem tecnicamente e taticamente. O grupo está de parabéns pelo resultado e agora temos que pensar nos próximos jogos – disse Fernanda Garay.

Também jogando fora de casa, o Hinode/Barueri superou o Sesi, mas com susto. Após perder o primeiro set por 25-20, o time de José Roberto Guimarães virou com parciais de 25-10, 25-16 e 25-18.

Jaqueline, que começou a partida no banco de reservas, substituiu Suelle ainda no primeiro set e terminou a partida com 13 pontos (dez no ataque e três no bloqueio).

– Joguei bem, mas tenho muito a melhorar. O grupo me aceitou tão bem, me apoiou e ajudou muito e isso se refletiu hoje em quadra. Tivemos um primeiro set nervoso, mas depois que começamos a colocar em prática o que o Zé pediu, passamos a impor nosso jogo – afirmou Jaque.

Edinara (12) e Saraelen (11) vieram a seguir na pontuação do Barueri.

Na classificação, o Praia lidera com nove pontos, seguido pelo Sesc com oito. O Pinheiros, com um jogo a mais, divide o terceiro lugar com o Vôlei Nestlé (cinco), logo à frente do Barueri, que soma quatro.

 



MaisRecentes

Os seis jogos finais do turno da Superliga masculina



Continue Lendo

Os duelos da Copa Brasil feminina



Continue Lendo

Lances do clássico Vôlei Nestlé x Sesc



Continue Lendo