Brasileiras se garantem no Mundial. Estão surpresos?



O Sollys/Nestlé acaba de conquistar sua vaga no Mundial de Clubes, que acontecerá em Doha, no Qatar, entre 13 e 18 de outubro.

Sem desmerecer a equipe paulista, fico até com preguiça de escrever algo sobre o Sul-Americano mequetrefe (eita palavrinha estranha) que aconteceu em Osasco.

Jogos contra times amadores, sem qualquer atrativo ou mínimo equilíbrio. Na final desta quinta, contra as argentinas do Boca Juniors, a última parcial terminou com o fantástico 25 a 9. É preciso dizer mais alguma coisa?

Infelizmente, não dá para fazer qualquer análise séria sobre a estreia de Sheilla e Garay, por exemplo, com a camisa do time de Osasco.

Agora é esperar a participação do Sollys/Nestlé no Mundial. Na primeira fase, duelo com Rabita Baku, do Azerbaijão, e as chinesas do Bohai Bank.



MaisRecentes

Reflexão sobre o momento da Seleção é necessária



Continue Lendo

O novo capítulo de uma relação conturbada entre Brait e Zé Roberto



Continue Lendo

Coluna: A empolgante decisão da Superliga feminina



Continue Lendo