Brasil x Bulgária: comentem



No trem, entre Ancona e Roma, consigo alguns minutos de conexão para postar este texto. Um relato do que vi em Brasil x Bulgária e que está nas páginas de hoje do LANCE!

Brasil x Bulgária vai entrar para a História do vôlei. Negativamente. Em jogo que valia o primeiro lugar do Grupo N da segunda fase do Campeonato Mundial, em Ancona, os dois times entraram nitidamente desinteressados pelo resultado positivo, já que uma derrota seria mais benéfica para o emparceiramento na fase seguinte.

A falta de vontade de vencer, para não dizer a vontade de perder, ficou clara já nas escalações. O técnico italiano Silvano Prandi deixou fora dos 12 o levantador Zhekov e o líbero Salparov. No Brasil, foi preciso esperar o time ser chamado pelo locutor oficial para ter a certeza. Théo, oposto reserva, foi escalado como levantador. Bruninho, o titular, ficou no banco, poupado. Marlon, o reserva, doente, mais uma vez ficou fora dos relacionados.

Era claro que a derrota para cair no grupo de República Tcheca e Alemanha era o desejo, fugindo de Cuba e Espanha. E mais. Perder valeria uma viagem a menos até as finais. Como o regulamento (ruim diga-se de passagem) permitia, era perder ou perder.

O jogo, ou algo parecido com isso, tem pouco a ser elogiado. A cada ataque errado, falha no saque ou defesa que deixava de ser feita, a resposta vinha das arquibancadas do PalaRossini, em Ancona. Vaias. No fim do primeiro set, vencido pela Bulgária por 25 a 18, foram ouvidos os primeiros gritos de “Vergonha”.

No rosto dos jogadores era possível ver o desconforto. Na parada para o tempo, o silêncio virou o tom nos bancos de reserva. Se alguém merece elogios é Théo. Jogou fora de sua posição, poderia ser ridicularizado por errar demais, mas não fez feio como levantador.

Irritada com o que via, a torcida passou a vaiar quando o locutor pedia aplausos e gritou “Ridículo e Palhaçada” após a Bulgária fechar o segundo set. Só vibrou quando a vitória da Azzurra sobre Porto Rico foi anunciada. No fim, 3 a 0 para os búlgaros. E quem estava satisfeito era o Brasil. Para o esporte se envergonhar.

E vocês, amigos e amigas? O que acharam do jogo?



  • MARCELO

    Agora eu quero ver o BERNADINHO posar de motivador e lider.Para mim este cara nunca passou de um mal humorado que teve a sorte de comandar uma geração de ouro e vive sendo idolatrado. lider que se preza não faria nunca o que ele fez, um lider pedir para sua equipe perder é totalmente contra qualquer principio ético e moral.

    • Paulo Lima

      Caro Marcelo. Lider usa a cabeça mais do que o coração… Mal humorado? Posso até concordar… Mas quem disse que lider tem que ser bem humorado?

      Amigão, lider usa a cabeça para dar direção e seguir o melhor caminho… O caminho mais fácil… o regulamento permitia isso? Então está valendo!!! Se liga e deixa de ser invejoso e ignorante.

      você precisa ir a Goiás… Segue por Minas, Df até chegar em Goiás ou vai pelo Rio de Janeiro, depois Espirito Santo, passa pela Bahia, depois pernambuco, uma passadinhas nas Alagoas, depois Belém do Pará e por fim, Goiás?

      Se liga, camarada!

      • M.RODRIGUES

        CARO PAULO LIMA,

        EXEMPLOS DE ÉTICA E MORAL TAMBÉM PASSAM PELAS CARACTERÍSTICAS (FUNDAMENTAIS, INCLUSIVE) DE UM LÍDER. É INEGÁVEL QUE, DESTA VEZ O BERNARDINHO DEIXOU A DESEJAR. ASSIM COMO OUTROS LÍDERES DO GRUPO.

        O REGULAMENTO NÃO PODE SER USADO PARA JUSTIFICAR O QUE FIZERAM. TODOS SABIAM COMO SERIA. PORQUE NÃO RECLAMARAM ANTES DA COMPETIÇÃO COMEÇAR?

        E OS ESPECTADORES QUE PAGARAM UMA GRANA PARA VER O JOGO? COMO FICA? VOCÊ GOSTARIA DE TER SIDO UM DOS PALHAÇOS QUE ESTAVA NA ARQUIBANCADA?

        • Bruno L.

          Amigão,

          Se informe um pouco mais.. a seleção brasileira vem reclamando deste regulamento desde quando o mesmo fora apresentado. Agora o que vc queria que eles fizessem? Que eles não viagessem para a Itália?! Eu achei a atitude deles ESPETACULAR, inclusive para o esporte. Quem sabe terminem com as marmeladas. Essa atitude acaba expondo a tabela RIDÍCULA que fora elaborada para favorecer a Itália.. ou seja.. falta ética na base do veleibol. Prefiro uma atitude honesta, às claras e dentro do regulamento (não há menção alguma proibindo de perder um jogo) do que os jogos de equipe da F1. Eu sou total aplausos a esta equipe que teve a coragem e a atitude de bater de frente com a entidade máxima do seu esporte, em seu maior campeonato e diante uma das torcidas mais fanáticas por volei! SENSACIONAL!

          Parabéns ao time brasieliro.. coragem e garra SEMPRE!!

          • O regulamento não foi feito na semana do jogo… Por que já não levantaram a bola logo de início? Foi uma vergonha para o voleibol brasileiro. Só tenho a lamentar essa postura de nossos dirigentes, jogadores e treinador.

          • Genilson

            Bruno vc foi muito feliz em suas colocações. Só estou escrevendo para dizer que concordo plenamente com sua opinião.

        • Paulo Geraldo

          Aos defensores do regulamento:
          Se o que importa é somente ganhar, mesmo que o PROFISSIONAL tenha que expor o seu público pagante, que financia todo este circo, ao extremo ridículo, a seleção fez o seu papel e bem feito! Uma perda de tempo aquela partida.
          Antigamente, deixava-se de participar de um torneio por estes motivos.
          Hoje virou moda fazer o espectador de bobo. Tá difícil. F1, vôlei, futebol. Tudo igual.
          Entonces, aos bobos de plantão, apoveitem o tempo ocioso e leiam as auto-ajudas do emburrado vitorioso e ridículo Bernardinho.
          E quanto ao regulamento, sujiro aos que o defendem, para fazer melhor uso dele!

        • Tereza Suzuki

          Olá.
          Olha,respeito sua opinião à respeito de ética.Mas,nesse caso o regulamento permitia que entregasse o jogo para seguir um caminho mais “fácil”e ;pelo amor de Deus,Bernardinho é o MELHOR e lógico ele e o time inteiro querem o TÍTULO,afinal é campeonato,o que interessa é título.Cuba indiscutivelmente é o adversário mais forte,pra que eles iriam querer enfrentar a fera e colocar em risco o título?Eu espero que vc continue torcendo para o Brasil.Agora sim é hora de jogar com Cuba,na FINAL.Torce pro Brasil,vai?Às vezes é preciso perder para poder ganhar.

      • Bem….em um país que está a um passo de eleger uma ex-guerrilheira para presidente,tem um “presidente”,que para elege-la,passa por cima de tudo e todos….desde que leve vantagem..não importa escandalos,roubo,etc…nosso povo aceita e gosta….não me surpreende a mensagem acima do cidadão…O negocio é a famosa lei do Gerson…levar vantagem…ganhar sempre..não importa de que maneira…mas amigo…as vezes perder com dignidade faz muito melhor ao intimo,como aconteceu com Camarões frente ao EEUU,do que perder sem dignidade,sem vergonha na cara,como o Brazil fez questão de perder,e só sentir no desabafo de um atleta do nivel do Giba:ESSA VAI SER A UNICA MANCHA NEGATIVA EM TODA MINHA CARREIRA…NEM QUANDO ME MACHUQUEI,SENTI NO INTIMO DOR MAIOR…..acho que não precisa falar mais nada…

        • Antonio – Contagem

          Deixa de utopia Caio.
          Desde quando não for ilícito, não ofende a ética.
          Se a regra permite, que se jogue com ela.
          E foi o que o Bernardinho fez. jogou com a razão. E não com a emoção, que tão peculiar na derrotada manifestação futebolística brasileira.
          Como foi falado acima, o Bernardinho usou a cabeça, e isso é demonstração de ser um bom líder.
          Concordo com ele. e sem essa de manchara reputação brasileira.
          Ele cumpriuos seus objetivos, não lesou ninguém e é isso que importa.
          E outra coisa, palhaço é quem vai a um ginásio assistir a uma partida de algum eporte sem conhecer a regra e o regulamento.

        • Genilson

          Caio vc vem cheio de argumentos sem sentido misturando esporte com política de uma maneira muito infeliz para o momento. Se vc for honesto consigo mesmo verá que outras seleções por discordarem do regulamento e tb para terem um caminho mais fácil tiveram a mesma atitude do time Brasileiro, inclusive a Bulgária. Como vc analisa o cenário político delas tb?

    • adilson

      Esse Marcelo nunca vai saber ganhar alguma coisa na sua vida. Porque quando se pode jogar com o regulamento tem que usar!!!!

    • O negócio é o seguinte: No futebol quantas vezes os técnicos não colocaram o time “b” devido à tabela ou situação da sua equipe? Várias vezes; se o regulamento proporcionou que o segundo colocado tivesse uma melhor oportunidade de avançar na competição a culpa é de quem criou tal regulamento ( os italianos ), é normal que o 1º colocado tenha privilégios em relação as chaves, mas este campeonato deu privilégio ao segundo colocado, e time experientes amigos joga com as regras do jogo, ou a Itália não sabia que o Brasil ficaria em 1º? é claro que sim, por isso o regulamento foi editado de tal forma ridícula. Eles só não esperavam que o Brasil não iria observar isso, bem feito, se alguém não foi antes esportivo não foi o Brasil, foram os italianos, porque jogar com o regulamento não é ante esportivo, porém fazer um regulamento que prejudique o melhor ( que já deduziram que o Brasil ficaria em 1º) isso sim é ante esportivo.
      Da próxima vez é so criar um regulamento em que o melhor se beneficie em não o 2º, 3º…
      “Manda ver Brasil… a melhor seleção de todos os tempos”, isso incomoda a galera.

    • AI MARCELÃO. NO FINAL DAS CONTAS O BRASIL ESTAVA CERTO NÉ. O BRASIL (SEGUNDO COLOCADO PASSOU) E A BULGÁRIA (LIDER ABSOLUTA, ESTA FORA DA SEMI FINAL). A ITÁLIA NÃO QUERIA ENFRENTAR O BRASIL ANTES DA FINAL. AGORA ELES MOSTREM NA QUADRA QUE O REGULAMENTO ESTAVA CERTO. DA-LHE BRASIL.

    • fernando

      só pra lembrar 2 coisas:
      1 – no esporte ética e profissionalismo não andam juntos obrigatoriamente e;
      2 -Bernardinho e Bernardinho e ponto final.

  • Caio Uehara

    Os Estados Unidos e a Rússia também jogaram com o regulamento debaixo do braço e entregaram seu jogos

  • Gaba

    Infelizmente assiti o jogo, e fiquei surpreso com a postura da seleção, principalmente dos seus comandantes (Bernardinho / Giba)…
    Para mim faltou entendimento de quanto a seleção é grande, tanto para o Brasil, quanto para o mundo, e quanto ela é exemplo…
    Perder o jogo ou campeonato é normal, agora não querer vencer é triste…e foi isso que aconteceu, não adianta Bernardinho e Giba tentarei bascular para a organização, regulamento ou qualquer que seja, pois, o fato é não queriamos vencer o jogo…contrariando toda a histório desta seleção e seus atletas.

    • Leandro Santos

      Gaba, sempre fui fã da seleção de 82 de futebol, porém não foi campeã… o que preferimos jogar bonito e perder, ou sermos campeão?
      O Regulamento foi feito pra tirar o Brasil, e favorecer a Itália, então ganhamos e vemos a Itália campeã?

  • Michelle

    Que tristeza! Sempre tive orgulho da seleção masculina de vôlei; sempre achei que valia a pena torcer muito por ela, mesmo quando derrotada. Mas, sexta-feira passada, me decepcionei não pela derrota do Brasil para a Bulgária, mas pela derrota da seleção brasileira para a sua própria falta de ética. Péssimo exemplo para os jovens doBrasil. Para mim, o campeonato acabou naquele jogo. Acredito que só voltarei a torcer novamente para a seleção masculina de vôlei quando esses jogadores e esse técnico não estiverem mais nela. Mesmo que ganhem o campeonato mundial, esta atitude de perder por querer, deixa uma enorme mácula na dignidade desses “desportistas”.

  • Georgea

    Boa tarde. Como toda brasileira e apaixonada pelo nosso vôlei senti uma tristeza grande, não pela derrota, mas pela forma como nossa equipe foi tratada, nacional e internacionalmente. Gostaria de acreditar que venceríamos qualquer jogo sem nenhuma dificuldade, mas neste momento não temos uma equipe tão forte assim para tal feito. No lugar de Bernardinho faria exatamente o mesmo, com os bônus e ônus que esta decisão impôe. O Brasil neste momento não pode mais perder e tem a obrigação de vencer o campeonato. Bernardinho fez o que foi preciso. Como ele mesmo disse “O sucesso tem muitos pais e o fracasso é quase órfão”. Abraços.

    • Que triteza que nada Bernardinho agiu como todos os outros para não ser” safadeado” ou vc acha que eles queriam o quê com esse regulamento? É claro que é tirar o Brasil que não deixa ninguém ganhar. Eles queriam beneficiar a Itália. Pense… Pense… Pense…

  • Daniel

    Caro Daniel, a vergonha para o esporte consiste no golpe que a FIVB e a Federação Italiana quiseram dar. Pelo bem do esporte, Brasil e Rússia acabaram com a farra dessas duas entidades. Alguém tinha que parar essa palhaçada, e não é a primeira vez que eles fazem isso, mas nunca tão gritante. Quem sabe esse protesto do Brasil sirva para a FIVB parar de fazer “graça” nas competições. Bem, o campeonato vai começar, e pode ver que agora as equipes estão distribuídas de maneira adequada. Boa sorte ao time mais fantástico de todos os tempos. Vamos Brasil!!!!!!!!!

  • marcelo patricio

    Gostaria que completasse a reportagem explicando os metodos utilizados pela federaçao italiana de volei na organização da tabela. Sera que a culpa cabe exclusivamente ao Brasil ou devemos apresentar os verdadeiros protagonistas desta confusão ??? Alem do que Cuba não é invencivel , vamos tirar esta duvida nas finais.
    Benardinho, tô contigo meu irmão, traz mais este caneco e mostra como a politica do volei não deve e não pode se intrometer no esporte.

  • duda Knauer

    infelizmente ou felizmente nao pude ver o jogo.

  • Gil

    Vergonha? Não sei. Um desconforto. Questiono a formatação da tabela, das chaves e encadeamentos. Tudo muito estranho. A própria seleção brasileira de volei muito antes do jogo contra a Bulgária já manifestava todo descontentamento em relação ao que foi citado acima. Não tenho dúvidas que o Brasil é capaz de vencer todos os adversários, mas me parece que existe ma tentativa de pegar no pé da seleção desde o início, uma “perseguição” da torcida italiana em relação à equipe verde-amarelo. No primeiro jogo contra a Tunísia (se não me engano) vaias. Depois vem estrela italiana (veterano) dizer que era maravilhoso ver o Brasil jogando? A Rússia fez um jogo estranho contra a Espanha, mas não apareceu nenhum indignado pregando falso moralismo.
    É claro que gostaria de ver o Brasil jogando bem e ganhando da Bulgária. Mas não condeno a seleção bicampeã do mundo e campeã olímpica. Eles tivram a coragem de dizer o que incomodava, coisa que no futebol ninguém abre a boca.
    Sorte para Bernardinho e seus jogadores!!!

  • paulo roberto

    ACHO QUE O BRAZIL FEZ CERTO ATE PORQUE CRIARAM ESSE REGULAMENTO PRA BENEFICIAR A ITALIAE OS OUTROS TIMES RESOLVERAM BOICOTAR OS EUA PERDERAM PRA REPUBLICA THECA A RUSSIA PERDEU PRA ESPANHA E O BRASIL PRA BULGARIA AGORA QUERO SO VER A ITALIA VAI PEGAR OS EUA NUM GRUPO QUE SO O PRIMEIRO SE CLASSIFICA ACHO QUE ELES RODAM DE PRIMEIRA O BRASIL VAI CON TUDO RUMO AO TRI ESPERO VER A REVANCHE CONTRA OS EUA SE BEM QUE CUBA E RUSSIA TAMMBEM VIRAM BABANDO CONTRA NOIS

  • Emerson

    Se o regulamento da competição permite perder, não vejo vergonha nenhuma nisso, vejo uma Itália decadente no volei ficar choramingando, o Brasil e o Bernardinho ja provaram que são fantásticos, que organizem tabelas melhores da próxima vez, porque grupo com 3 times é ridículo!!!!!!!!

  • George

    Bom, certamente a derrota não é uma coisa a ser comemorada, gostaria de ver o Brasil vencer mas de acordo com as circunstâncias que envolveram o jogo e tal, achei que foi uma bela porrada dada na cara da federação internacional de volei, dos “inteligentes” que fizeram o regulamento e da imprensa pseudo moralista italiana.

    BRASIL É POTÊNCIA NO VÔLEI, A MAIOR DE TODOS OS TEMPOS!!! isso certamente dói nos moralistas de merda da imprensa italiana

  • paulo martins

    VERGONHA É DE QUEM FEZ ESTE REGULAMENTO RIDICULO QUE TEM Q PERDER PARA SE DAR BEM NA TABELA.

  • Carlos Alexandre

    Acho que algumas pessoas são muito ingenuas quando afrima que faltou ética. O brasil está jogando com um levantador. Foi uma experiência. Colocou-se um jogador fora da posição para ver como se comportava. Se o Bruninho jogasse e se machucasse, todos estariam afirmando que o Bernadinho era um ético burro.
    Não se pode cair na critica italiana que foi bem mais leve para as outras seleções que jogarm com seus times reservas.

  • Fernando RJ

    Vamos parar de hipocrisia nos comentários minha gente. Vocês realmente estão chateados e decepcionados com a seleção brasileira? Uma seleção que ganhou tudo nos últimos 10 anos e que tem o melhor e maior vencedor de títulos de todos os tempos????? Isso tudo por causa de um mísero joguinho que não valia nada? A Itália que começou essa vergonha, criando um campeonato chapa branca pra ela se dar bem. O Brasil só perderia se ganhasse esse jogo. Iria enfrentar adversários mais fortes e iria perder tempo de treinamento e descanso tendo que se locomover para Roma. A Rússia, que é o top 2, fugiu do Brasil, assim como os americanos. Vocês realmente acham que os torcedores russos e americanos estão decepcionados com as suas seleções? Duvido! Uma outra pessoa ali em cima, num comentário infeliz, diz que não irá mais acompanhar os jogos do Brasil enquanto esses jogadores e esse técnico estiverem nela. Santo Deus…e percebe-se que ela nem deve ter assistido o jogo, pois o jogo não foi na sexta como ela diz e sim no sábado. Eu assisti o jogo e vi o quanto foi constrangedor, realmente foi. O técnico e os jogadores estavam com desconfortáveis. Mas a regra permitia isso. O Bernardinho estava 100% correto em não entrar com o Bruno e o Murilo. O Bruno é o único levantador no momento. Imagina se o Bruno torcesse o tornozelo nesse jogo? Aí já era. O que interessa é que o campeonato começa nessa segunda e agora é tudo ou nada! Força Bernardo. Força seleção. Voçês são e serão sempre o nosso orgulho. Tenho orgulho de ser brasileiro e ter presenciado essa geração vitoriosa.

    • Mah Meneses

      Você disse tudo!!! O vôlei é um dos únicos esportes coletivos que nos tem dado orgulho… e por todo esse tempo…10 anos! Uma década de vitórias! Não é por uma derrota estratégica que vamos abandonar quem nos trouxe tantas alegrias!!! No esporte é assim… uma derrota às vezes soa como uma grande vitória! É preciso criar estratégias… Qualquer atitude é válida (quando as brechas são dadas e se tenham motivos para isso), quando se almeja o topo! Vamu que vamu Brasil… Tragam mais esse título pros fanáticos aki! Estaremos sempre contigo… Nas vitórias e NAS DERROTAS… hehehe

  • Fabio

    Ao contrário do que muita gente diz, o Brasil não perdeu por protesto, mas sim para jogar com o regulamento. Não creio que devemos criticar o regulamento, ele foi sim mal feito, outros times também perderam, mas não é problema nosso. A seleção brasileira de vôlei tem um nome, uma tradição ainda que recente, que deveria ter sido respeitada.
    Me senti envergonhado com a postura do time, pra mim foi a pior derrota da seleção brasileira de TODOS OS TEMPOS, perder porque o adversário é melhor faz parte do esporte, mas perder para se beneficiar do regulamento é nojento… concordo com o jornalista iltaliano, seria melhor então ter perdido de W.O., aí sim seria uma forma de protestar.
    Aliás, no Globo Esporte de sexta feira teve uma matéria com jogadores do Brasil criticando a derrota dos reservas da Rússia, e que o Brasil não faria a mesma coisa.
    Vergonha!!!

    • Fátima

      Continua Envergonhado????

  • luciano

    o regulamento foi projetado para favorecer a fraca seleçao italiana, a falha esta no regulamento que eles criaram em beneficio proprio facilitando o caminho por equipes de menor expressao. a crise moral e etica na italia e historica basta consultar a quantidade de falcatruas no esporte. o brasil errou na escolha, pois um time vencedor nao pode se intimidar com adversarios mas jogou dentro do reculamento que eles criaram. tratra-se entao de falso moralismo e operaçao para levantar a morta e enterrada selecao italiana de volei.

  • Gil Ribeiro Leal

    Bom dia!
    O “ridículo”, a “palhaçada” e a “vergonha” devem-se ao fato do ocorrido ter sido com o Brasil. Se fosse com a própria Itália a atitude de Zorzi com certeza seria outra, pois além de ser o time da casa, é um time europeu, aos quais tudo é permitido (haja vista o próprio regulamento da competição, nitidamente favorável aos italianos o que, isto sim, é uma vergonha). Lembrem-se que antes do ocorrido com o Brasil, Estados Unidos e Russia já haviam “entregue” os respectivos jogos, sem nenhum comentário contrário às suas atuações. Como a Federação Brasileira foi a única a contestar o Regulamento aprovado pela Federação Internacional de Voleibol, Bernardinho, mais uma vez, agiu certo, demonstrando o grau de insatisfação do Brasil com toda essa armação e incompetência dos italianos. Torço, agora, para que o Brasil enfrente a Itália em uma semi-final. Mas, é lógico, que isto não acontecerá, pois a Itália cai antes…

  • Anamaria

    Infelizmente não tenho recursos para assistir os jogos pela TV Paga, somente quando a Band pode transmitir. Mas acompanhei o jogo lance a lance pela net e no fundo, eu já sabia que o Brasil iria entregar. Magoada? Não. Ao contrário, sempre considerei o Bernardinho um gênio. É fácil criticar o Brasil, quando ele simplesmente faz o que TODAS as seleções estão fazendo. Acontece que não tínhamos um levantador, o Bruno adoeceu, o que mais poderia fazer? Matar o menino e comprometer a terceira fase por conta de capricho de italianos? Não. Saúde em primeiro lugar. Bernardinho não só poupou o filho, como também a seleção inteira. Já está classificado, pra que colocar em quadra o time completo, vencer e enfrentar uma Cuba forte com a equipe verde-amarelo enfraquecida? Acho que tem que olhar o lado dos meninos, principalmente. Se sou brasileira, coloco meu coração e também a razão para analisar. Foi feio? Foi. Foi chato? Foi. Foi necessário? FOI.
    Não estou envergonhada pelo jogo. Estou triste por ver que a politicagem podre do futebol está sendo levada para o vôlei, ao menos por parte da Itália, país que até pouco tempo eu respeitava muito. Hoje pra mim, passam de lixo, fracos, incompetentes que não tem condição de vencer com tabela limpa e imparcial.

    Vai, Brasil! Força, meninos! Bruno, estou claramente torcendo por você. E admiro ainda mais o Bernardinho pelas posturas sempre maduras no que diz respeito a preservar a integridade física e moral de seus comandados.

    Um grande abraço e que venha a Itália medrosa! \o/

  • Bom, o assunto é controverso. Respeito as opiniões contrarias, mas o campeonato tem a sua credibilidade contestavel desde a sua concepçao. É inadimissível a forma vergonhosa com que a Italia foi favorecida. O Brasil esta jogando com o regulamento, que alias este regulamento não deveria privilegiar o perdedor, mas já que equivocadamente isto acontece, o Brasil se utiliza dele. Não é a primeira e nem vai ser a ultima vez que isso acontece.
    E uma pessoa que diz ter vergonha da nossa seleção é porque de certa forma é conivente com esta situação protagonizada pela Federação Italiana e a FIVB… Ridiculo isso alias.
    Mas para um povo tão submisso como o nosso, não é de se espantar que pessoas sintam “vergonha” da nossa seleção não se curvar ante a esta palhaçada. É de se esperar que pessoas se voltem contra Giba, Bernardinho e companhia, esquecendo quantas vezes estes se ausentaram de suas casas, e deixaram de estar com suas familias, para disputar um campeonato, treinar, e as vezes treinar após jogos dificilimos tidos no mesmo dia desse treino… Lesões e tudo mais que são frutos da entrega desses guerreiros…
    Mas também não vamos generalizar pois tem muita gente que entende o protesto e apioa o MAIOR GRUPO DE ESPORTES COLETIVOS DE TODOS OS TEMPOS…Senhoras e senhores eu dignifico a nossa SELEÇÃO BRASILEIRA MASCULINA DE VOLEI !!!!!!!

  • MARIANO

    Onde foi parar o ar de superioridade do técnico bernadinho??
    Como será agora suas palestras onde cobra fábulas de dinheiro para apresentar seus “métodos de superação…blá..blá…”
    Na minha opinão ACABOU!!!
    Time de tem medo de ganhar tem mais é que perder!!
    Vou torcer contra!!
    Agora não entendi o Giba no final da partida dizendo que esta partida seria uma mancha em sua carreira….
    Ele não participou da palhaçada??? não sabia???!!!
    E o papai técnico poupou o filho pra não sair na foto da vergonha!!!medo de rússia, itália, cuba..???
    tssss ACABOU!!!

    • Fernando RJ

      Beleza…torce pra Argentina então!

  • Paulo

    Deixa de HIPOCRISIA. Claro que é lamentável o que aconteceu, duas SELEÇÕES entrarem para perder, absurdo, porém, foi um erro de regulamento, se ele permitia esse tipo de situação, qualquer uma das seleções envolvidas na competição podem e vão usar dessa situação para se beneficiarem na busca pelo título.

  • Marcos

    Cadê os moralistas de plantão? Quer dizer que é errado usar o regulamento para se beneficiar?! Engraçado, porque os “nobres” italianos e seus organismos de imprensa não criticam duramente o regulamente que os beneficia tão claramente!
    Brasileiro é assim mesmo, falta raciocínio lógico.

    • Fernando RJ

      Concordo plenamente com vc Marcos. Falta raciocínio a essa gente que critica. O engraçado é que o Rubinho Barrichelo sempre sofreu com a torcida brasileira por não ser um vencedor como o Senna. E agora que temos o maior técnico de todos os tempos e a melhor seleção de todos os tempos, todos criticam. Realmente essa galera que critica não é patriota. Se vcs acham que o Brasil não foi ético, vão torcer pra Itália (um poço de ética) ou pra Argentina então.

  • william fernandes de almeida

    foi um verdadeiro tapa na cara daqueles que acompanham o volei brasileiro,dizer que outras seleçoes tambem jogaram com o regulamento é o mesmo que um ladrao preso em flagrante dizer que roubou porque outras pessoas tambem roubam.
    por ser a melhor seleçao de volei do mundo ( os resultados comprovam isso )o minimo que se esperava era dignidade e vontade de vencer sempre.
    é uma pena que mesmo que o brasil seja campeao a imagem que vai ficar é a de um pais em que a vitoria é sempre mais importante, nem que atletas e tecnico com carreiras vencedoras tenham que manchar sua biografia sempre em busca de mais uma vitoria.
    pobre pais grande e bobo…. e agora sem carater.

    • Joel

      Se o país for campeão, a imagem q vai ficar deu uma seleção vitoriosa e merecedora. Vai chorar no pé do Caboclo William.

  • Luiz Neto

    Meu amigo, gosto muito de volei, quando vejo esse tipo coisa, fico invergonhado pela decisao tomada pelo tecnico, para ser franco o Brasil, digo a selecao brasileira de volei, diante do feito na sexta-feira, deveria arrumar as malas e voltar para o Brasil. Porque, na minha opniao quem quer ser campiao nao tem que ficar escolhendo adversarios ou procurando seguir regulamento para se beneficiar. Isso acaba com a imagem de uma selecao do nivel da nossa. Teremos que ter muito cuidado e preservar tudo que conquistamos ate agora.

  • kleber

    Até que enfim, temos uma seleção que não serviu de fantoche nas mãos de uma Federação Internacional.
    Montaram um esquema para a fraquíssima seleção italiana chegasse à semifinal, só não contaram que Rússia, EUA e Brasil, não são trouxas.

    Parabéns à seleção brasileira que entregou o jogo.
    Os italianos tem mesmo que reclamar, afinal, agora podem ter em seu caminho, a seleção mais forte do planeta, que mostraráo quanto o time da bota é fraco.

    O resto é hipocrisia barata e conversa de botequim.

  • dinho

    É rídículo,não nós termos jogado de acordo com o regulamento,mais sim os italianos,tão acostumados a manipular resultados,e inclusive esse regulamento que parece ter sido criado para beneficiá-los. Com que moral os italianos se achão capazes de criticar alguém. por favor senhores poupem-nos dessa ipocrisia. hoje é dia de torcer brasil.

  • Antonio

    Senhores,

    Não sejamos inocentes o campeonato Mundial começa hoje(04/10), e nada mais justo que as melhores equipes do Mundo tenham chaves mais fáceis, em uma Copa do Mundo de futebol, nunca teremos Brasil, Alemanha e Argentina em uma primeira fase.

    Brasil, Rússia e EUA agiram de forma correta, conseguiram utilizando o regulamento fazer com que o equilíbrio entre os grupos fique correto, para uma primeira fase, pior seria se a Itália fosse campeã da forma como estava articulado a tabela do campeonato, no próximo ano, o país organizador ainda seria mais parcial, onde iríamos parar?

    O Mundial começa hoje com a definição correta dos grupos.

    Força Brasil!

  • Neto

    Caros, pq ninguém mete o pau na Russia ou nos EUA(campeões olímpicos) que tomaram 3×0 da Rep. Tcheca e agora só sabem falar do Brasil, pelo que li aqui, tem muita gente que não entende NADA de volei ou como se usar um regulamento seja no volei como em qualquer esporte.No futebol isso sempre e alguém aqui deixou de torcer pelo time?
    Esse Zorzi um puta idiota, se fosse o timinho dele estaria falando o contrário seria só elogios pq usou o regulamento e blá, blá, blá….
    O grande problema disso tudo é um campeonato muito mau organizado e feito unicamente para a ITALIA, entaõ foda-se.
    Só que se o brasil ganhar quero ver nego aqui nesse mesmo blog vibrar com a Conquista, e falar que somos os melhores e isso e aquilo.

  • Roberto Vicente

    Engraçado os italianos falarem em marmelada, vergonha, etc. Eles não tem o direito de falar nada, os apaixonados pela ferrari, não dizem que para um título vale tudo… O Brasil continua com o mesmo objetivo O título, que campeonato é esse que faz com que os primeiros dos grupos se enfrentem nas fases seguintes???? Será que mais uma vez a marmelada não está sendo criada para a Itália ser beneficiada? Usando ste jogo do Brasil para tirar o foco? E tem mais, o Brasil poupou o Bruninho, sabem por que? O Marlon esteve com problemas, o Brasil pediu a integração de um outro levantador e o comitê negou, como um jogador consegue jogar em alto nível sem poder ser substituído em nenhum momento pois não tem um substituto para sua posição????!!!! Brasil continuo confiando no Título

  • Eduardo

    Excelente….qndo o campeonato foi sério….fomos campeões…agora fizeram uma fórmula medíocre, que favorece os donos da casa, e onde todo mundo tá recorrendo a essa fórmula, mas só acusam a gente?? Ahhhhh, fala sério…bla bla bla moralismo……

  • ALEXANDRE GRANATO

    Acompanho, o volei brasileiro desde a memorável medalha de ouro em barcelona, vi esta outra geração da seleção se tornar o maior vencedor nos ultimos 10 Anos!!!. Que mesmo construindo esta história fantástica no esporte, nunca deixou de acreditar no seu potencial, nunca deixou se deixou relaxar, em outras competições. Honrando nossa Bandeira e nosso País, com determinação, garra, humildade e amor ao esporte.
    E sob a batuta de um que através dos tempos o povo brasileiro aprendeu a admirar. É perfeccionista, e tem alguns até a dizer que é mau humorado… discordo Bernardinho é simplesmente um treinador que acredita muito em seus comandados, consegue tirar o máximo de cada atleta e fez surgir craques que antes seriam considerados apenas meros jogadores ou promessas e possui uma garra, amor ao trabalho e dedicação que devem sim ser seguidos como exemplos. Todos eles sim merecem todo nosso respeito, nossa admiração, confiança e aquela corrente positiva.
    Que mesmo que não vençam este campeonato. será não só na minha opinião a melhor seleção de todos os tempos….FORÇA BRASIL. BOA SORTE! EU ACREDITO!!!!!!!!!!!!

  • Ana Paula

    Infelizmente, mais triste do que a seleção entregar o jogo é ver alguns torcedores que se dizem ‘brasileiros’, babarem tanto ovo de italiano e irem contra a atitude dos jogadores. Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Nessa hora, ninguem se propoe a se colocar no lugar de qualquer um ali da seleção. Estar sentadinho na poltrona confortável de casa, tomando sua cervejinha e criticando.. nossa, é a coisa mais fútil do mundo. Agora, estar lá, dentro da panela fervilhando, ciente do obrigação e mesmo assim sendo atacado até mesmo pelos que deviam apoiar, aí sim, quero ver quem queria. Daí me falam: “São pagos e muito bem pagos para isso. Eu responderia convicta: “Dinheiro nenhum no mundo transforma ninguém em Deus.” – mas á válido. Uma vez que nem Cristo na Terra agradou a todos, mesmo fazendo o que era certo, quem são os jogadores da seleção para quererem agradar seus compatriotas?
    Apenas sinto pena de quem se ocupa do pouco tempo útil para julgar sem nem mesmo sentir na pele. E o que é pior… pela maneira como escrevem, sequer tem cultura. Então deduzo: essa minoria que se acha no grande direito de julgar, é a mesma turminha que engole calada o regulamento podre de órgãos como a FIFA, por exemplo.
    Tem que poupar jogador? É o tecnico ou o médico que tem que decidir. Duvido que esses que estão criticando já trabalharam doentes. Façam-me o favor, abaixem a guarda e deixem a ignorância pra o que realmente for preciso.
    Estudem um pouco mais sobre o esporte e o regulamento e antes de julgarem não só os jogadores ou a equipe técnica, mas qualquer ser humano, procurem antes se colocar no lugar do réu.

    Santa HIPOCRISIA da parte dos incultos e adoradores de um oba-oba, bajuladores anti-patriotas.

    • Fernando RJ

      Perfeita as suas palavras Ana Paula. Assino embaixo!!!

  • Ana Paula

    Ah, sim, quanto ao senhor ‘digníssimo’ que citou bobagem aí em cima, sim, o “papai-técnico” poupou o filho, que estava doente e sem condições de jogo, assim como pouparia qualquer outro jogador que necessitasse ser preservado. O jogo contra a Bulgária valia o título? Óhhh… que pena, não valia. Então preserve seu parco vocabulário para o caso de o Brasil não trazer o título, o que acho IMPOSSÍVEL.
    Quando é que alguns irão crescer MENTALMENTE para só falarem coisas sãs? “Favor acionar o cérebro antes de abrir a boca, meu caro.”

    Sou a favor do Bernardinho, também o considero um cara inteligente ao extremo, porque não tá ganhando rios de dinheiro apenas por padrinhagem não. Ele é competente e, junto com o José Roberto Gimarães, uma cara cuja função eu não vi ninguém até hoje fazer melhor. Técnicos tem muitos sim, mas com a bagagem do Bernardinho… hum…

    É realmente frustrante encarar a dura realidade da mentalidade hipócrita de uma minoria ignorante.

    • Anamaria

      Por que será que apenas pessoas cultas conseguem facilmente defender suas opiniões com argumentos seguros e construtivos? Por que será que os críticos só postam oba-oba, mas deixam claramente a entender que não possuem qualquer entendimento cabível do que estão falando? A Ana Paula meio que resumiu o que tem que ser dito, mas duvido que isso afetará algum cérebro crítico destrutivo. Sabe por que? Ou é porque não possuem um cérebro pra ser atingido, ou é porque não acharam melancia na feira pra por na cabeça e estão tentando “aparecer” aqui.
      Quero ver todos esses críticos retornarem ao blog para enaltecerem a seleção brasileira por trazerem mais um título mundial pra casa.

      • Bruno

        Lamentável….Esses chamdos “cultos”. A atitude dos “donos” da seleção Brasileira foi podre, no mínimo lamentável. Regulamento?!!As regras do jogo foram feitas antes de iniciar o campeonato e o nosso “grandioso” Ary (des)Graça é nada mais que o vice -presidente da FIVB. Seleção tantas vezes campeã não precisa dessas atitudes. Se as outras seleções fizeram…….fo…@#$%&*, o probelmas é deles….Pra que manchar uma histório tão gloriosa como essa. Por fim, lembrar aos “donos” da Seleção que estão represntando uma NAÇÃO, por isso, repeito ao seu povo.

        • Joel

          E quem disse q manchou a história gloriosa da nossa seleção? Só se manchou p vc.

  • Dinh Junior

    Por que tantas criticas ao BRASIL? Jogou com time misto ao contrário da BULGARIA (time reserva)
    Sem levantador reserva (A FIVB negou o pedido de substituição de Marlon um dia após o encerramento das inscrições).
    Observe a seleção da Rússia.. Ganhava de 2×0 da Espanha… ao final do segundo set, o técnico russo SACOU o time TITULAR e colocou TODOS os reservas… O que é isto?

    Alguem viu o jogo ITALIA x ALEMANHA? Eu vi e digo que foi um jogo de compadres…

    Inteligencia é feita para usar e principalmente aplica-las com sabedoria. Este foi o caso do Bernardinho. Estupidos são aqueles que nao sabem utiliza-las no momento certo.

    Pertinentes os comentários da ANA PAULA:
    “É realmente frustrante encarar a dura realidade da mentalidade hipócrita de uma minoria ignorante.”

  • MARCO

    PORQUE A IMPRENSA ITALIANA NÃO CRITICA O FORMATO DO MUNDIAL, CLARAMENTE BENÉFICO A ELES?! O QUE ELES QUERIAM?! QUE O BRASIL SE MATASSE CONTRA CUBA ANTES PRA EVENTUALMENTE NEM FAZER PARTE DA FINAL?! FALA SÉRIO!!! O NOME DISSO É HIPOCRISIA!!! E AINDA VÃO LEVAR MAIS UMA SARAVAIDA EM CASA E ASSISTIR AO TRI DO BRASIL… KKKKKKK ABS!

  • Ede

    Me desculpem os moralistas, mas fazer um regulamento pra favorecer a dona da casa, pode???

    Outros times super campeões, como EUA e Rússia, podem jogar com o regulamento? Só o Brasil q tem q ser oo certinho???

    Me desculpem, mas hiprocisia tem limites.

    Que a Itália ganhe na quadra o posto de melhor do mundo, q ela perdeu há algum tempo, pro Brasil.

    A torcida italiana deveria ter vergonha de sua federação, não dos outros países que estão tentando se livrar das armadilhas armadas. Aliás, deve-se ressaltar que a FIVB acorbetou esse regulamento ridículo.

    Não é nada disso q se espera de um esporte q se tornou paixão nacional e é um dos esportes mais populares do mundo. Mas se querem assim, não somos nós q temos q ser os bodes expiatórios.

    Bernardinho e Cia, ergam a cabeça e vamos pro TRI.

  • Gustavo

    Bernardinho e equipe. Parabéns!!! Mostraram mais uma vez inteligência emocional.
    Não deve ser fácil aceitar a derrota sabendo de seu potencial comprovado por divesas vezes.

    Sabendo de sua superioridade em quadra optaram por jogar com o regulamento.
    Aliás Regulamento ridículo. Brecha da lei é brecha da lei. Se o regulamento foi aprovado que assim seja. Agora vamos em busca do título.

  • Rodrigo

    Mais uma vez o Bernardinho mostrou ser um líder nato. Focou somente o objetivo que é ganhar o mundial, e se tiver que perder uma batalha para ganhar a guerra, está valendo. Outro fator relevante, é o fato de mostrar o quão “RÍDICULO” é esse regulamento, onde a derrota vale mais que uma vitória. Parabéns Bernardinho e equipe, pois precisa ser muito homem para perder em prol do objetivo a ser alcançado.

  • Camila

    para mim a credibilidade da seleçao so aumentou, foi uma forma de protestar, o brasil fez certo em usar o belo regulamento a seu favor, e ainda poupar o bruninho.quem começou com esta historia foi a italia, e agora ficam criticando como se fossem os mais corretos do mundo?Dignidade nao é sinonimo de burrice. O brasil teve foi coragem, que falta pra mts pessoas, deram a cara a tapa, e seriam hipocritas sim se ganhassem da bulgaria e agissem como se nao houvesse nenhum problema.Pra mim vergonhoso foi a selecao de futebol, vergonhoso sao essas pessoas que nao tem coragem de tomar atitudes e ainda ficam criticando as que tem coragem e dignidade pra faze-lo.

  • Júlio Baldini

    Então… duro isso né?! Quando a Ferrari manda o Massa deixar o Alonso passar, todos os brasileiros caem de pau na Ferrari. Agora quando o Brasil manipula o resultado de um jogo, pode?! Os torcedores brasileiros estão muito hipócritas! Os gringos não podem pq é uma vergonha, mas os brasileiros podem?! Ridículo! Mais ainda quem apóia isso ou aprova isso. Deixei de torcer pra essa seleção depois de tudo o que houve. Lamentável! Denegriram a imagem do volei brasileiro com isso!

    • Alessandro Mendonça

      Júlio, o Brasil trocou o lema “que vença o melhor” pelo “os fins justificam os meios”.

    • Ricardo

      Eu concordo com o que eles fizeram. Tem que ser muito BURRO pra escolher um caminho mais difícil, podendo ter um caminho mais fácil. Eles tão lá pra ganhar o mundial, e não pra ganhar um jogo que não valia nada.

  • marcelo

    Achei correto o que a seleção fez, se existe um regulamento onde a derrota leva pelo caminho mais fácil, nada implica de perdermos o jogo para percorremos o mais fácil, quem errou propiciando isso foi a federação mundial que permitiu isso e não o Brasil por ter usado o regulamento.

  • andré

    Podem me criticar , mas eu acho que o Brasil agiu certo em ceder a vitoria para a Bulgaria , o regulamento está mal formulado , duvido que se fosse outra equipe não teria feito o mesmo.

  • Alberto

    Tudo isso para fugir de Cuba?? deram uma moral danada para os caras!!!!

    • JRNM

      Enfim descobri um blog onde podemos falar e participar sem cortes (o que não ocorre no UOL, por exemplo). Nosso time fez Cuba acreditar que eles eram os tais… ontem foi a hora de trazê-los de volta à realidade! Que baile da seleção e que vergonha deveriam ter os organizadores. Ficar falando contra o jogo diante da Bulgária revela falta de visão mais crítica e contextualizada do que é ética. Valeu Brasil!!

  • Alessandro Mendonça

    “A seleção jogou com o regulamento?” Tradução: medo de Cuba e Rússia.
    “A seleção escolheu o caminho mais fácil?” Tradução: medo de Cuba e Rússia.
    O brasil (com minúscula merecida) “evitou o confronto com times mais fortes”. Tradução: medo

    A seleção agiu com covardia. Agiu como seleção pequena. Teve medo de Cuba e Rússia. E isso não é questão de opinião. É fato. Pode ser inteligência escolher adversário, mas é uma inteligência covarde.

    Se o Brasil for campeão, será o TRI(ste) título de um time que se assumiu como inferior.

    • Alessandro Mendonça

      corrigindo: “Cuba e Espanha”

      • Joel

        A questão também era que as viagens p ouros jogos seriam mais desgatantes. Quem viu o jogo do Brasil contra cuba e espanha, o Brasil jogou mais ou menos, errou muito saque e recepção. Errava ataques. E mesmo assim tiveram dificuldades de enfrentar o Brasil. Vcs viram Brasil e Polônia, esse é o Brasil de verdade. Aí não tem p Niguém. Traduzindo, o Brasil só perde o campeonato se jogar muito mal.

  • Alessandro Mendonça

    “A seleção jogou com o regulamento?” Tradução: medo de Cuba e Espanha.
    “A seleção escolheu o caminho mais fácil?” Tradução: medo de Cuba e Espanha.
    O brasil (com minúscula merecida) “evitou o confronto com times mais fortes”. Tradução: medo

    A seleção agiu com covardia. Agiu como seleção pequena. Teve medo de Cuba e Espanha. E isso não é questão de opinião. É fato. Pode ser inteligência escolher adversário, mas é uma inteligência covarde.

    Se o Brasil for campeão, será o TRI(ste) título de um time que se assumiu como inferior.

  • Não, Giba. Não justifica.

    Não importa se o regulamento é estapafúrdio ou se a Ferrari vem a utilizar estratégias controversas para vencer na Fórmula 1. E muito menos é relevante se a escuderia é italiana, assim como os donos da casa no Mundial, que tanto criticam o Brasil do vôlei agora.

    Fossem obrigados a jogar, na segunda fase, contra a Espanha, Rússia ou mesmo que o legendário time norte-americano do “Pelé das quadras”, Kyrali, voltasse à ativa, você e seus companheiros deveriam ter entrado para vencer a partida contra a Bulgária.

    Sim. Para vencer.

    Porque para nós, meros torcedores, Giba, vocês são bons não apenas pelas muitas taças conquistadas. Mas, sobretudo, pela aura de super-herois que transmitem.

    Vocês são os caras.

    Aqueles que sempre buscam algo acima do limite.

    Não se entregam.

    E se não são certeza de Ouro, são garantia de orgulho.

    O time de Bernardindo não precisava disso.

    Guardadas as devidas proporções, é como se o Barcelona perdesse um jogo, com medo de um adversário. Um devaneio total.

    E tem outra. E daí que a derrota viesse perante o rivais gabaritados? Nem sempre é possível vencer, não é?

    Mas o castigo quase veio a cavalo. Um vigoroso e veloz puro-sangue tcheco. Vitória apertada por 3 sets a 2 contra os europeus, com os cumprimentos da vida.

    Senhora do nosso destino que, em sua cartilha, ensina não se tentar vencer a todo custo, apenas a sempre se fazer o melhor.

    Dura, mas preciosa lição que esses meninos campeões e seu competitivo e competente treinador, com certeza, começaram a aprender na tarde de hoje.

    E que nós, sociedade em geral, teimamos em ignorar.

    Abraço!

  • Leandro Santos

    Competição foi feita pra ser ganha, regulamento existe tb pra ser cumprido. Se regulamento favorece “A” ou “B”, então não vejo vergonha em jogar comele(regulamento) debaixo do braço, e vale a pena salientar: Se faz necessário dar um passo pra trás, para poder andar pra frente depois…
    Reitero que digo, “PARABÉNS SELEÇÃO BRASILEIRA, SOMOS OS MELHORES DO MUNDO…”

  • craveiro

    A equipe brasileira não pode se dar ao luxo de perder. Mesmo que o regulamento nos favoreça. Que venham os rivais. Nós temos jogo pra todos eles. VERGONHA.

  • Alessandro Mendonça

    Perfeito. Tocante e irretocável. Seu comentário é um tapa com luva de pelica. Dói, mas sem ser agressivo. É sensível, sem ser piegas. É ético, mas sem falso moralismo.

    PS – Faça uma pesquisa no google com a frase “dar o melhor de si” e o nome de Bernardinho. É impressionante a quantidade de vezes em que o técnico brasileiro a usa. Agora, já não pode dizer que sempre deu o melhor de si e exigiu o melhor de seus comandados. Não pode mais.

    • Ricardo

      Olha, na minha opinião, ele continuou dando o melhor de si. Explico: O brasil foi pro mundial pra ganhar um jogo da Bulgária, ou ser campeão mundial? Se perder o jogo da Bulgária facilitaria a vida da seleção, ele deu o melhor na questão de pensar no bem da seleção na sequencia do campeonato. Rússia e EUA fizeram isso nas fases anteriores e ninguém no mundo inteiro pegou no pé deles. O regulamento favorece a dona da casa e ninguém diz. Tão errados? Pra mim não, porque pra mim importa é ser campeão. O Bernardinho deve pensar o mesmo.

  • Jorge Roberto de Almeida

    A imprensa anda fazendo um cavalo de batalha por causa do Brasil ter facilitado para não ganhar o jogo, usando as prerrogativas dadas pelo regulamento da competição. A Russia, Espanha e Servia também “entregaram” jogos para utilizar as prerrogativas do regulamento e nem por isso estão sendo crucificadas. É ético utilizar as regras da competição; pode não ser moralmente correto. Quantas vezes, no futebol, os clubes jogam com equipes reservas para preservar os titulares para outra competição mais importante (para eles)? Na F1, quantas vezes os pilotos tiveram que seguir as ordens das escuderias? Parece que para os esportes profissionais o que vale é disputar o título. Todos os caminhos, dentro dos respectivos regulamentos, são válidos. Além do mais, o Brasil estava mesmo com problemas de levantador. Logo, tinha que improvisar mesmo. Não deu certo!

  • Joel

    Mariano e Companhia Irracional Limita, vocês não percebem q a tabela foi uma armação feita pela FIVB e a Federação italiana para favorecer a Itália. O Brasil foi o único país a contestar de forma veemente esse regulamento. E a FIVB não fez nada. Então, nossa seleção usou o regulamento a seu favor e todos acham isso uma absurdo. Se os torcedores italianos são tão sábios em relação as regras do volei com certeza sabem também da ridícula tabela armada p favorecer o seu país. Portanto, os torcedores e comentaristas esportivos italianos são idiotas ao pensar q o Brasil não iria usar a regra a seu favor. Acorde Companhia Irracional LTDA, os europeus fazem de tudo pra ganhar o campeonato, até roubar eles roubam se for preciso (vide Brasil versus Sérvia em Belgadro em 2009). Temos de ter orgulho dessa seleção. Ter a atitude q o Brasil teve é apenas p os corajosos. FORÇA BRASIL.

    • Bruno

      “JoEL DONO DA RAZÂO”, o Brasil aceitou as regras do jogo, quanto a FIVB, o Ary (des) Graça é nada menos que o VICE-PRESIDENTE, portanto tinha ciência e poder para alterar as regras antes da bola rolar. Se o Brasil for campeão, ninguém lembrará dessa atitude, agora, se perder……..

  • Ricardo P-36

    Vejam bem:num país que comprovada e vergonhosamente tem uma equipe que manda um de seus pilotos deixar o outro passar pra se beneficiar da pontuação na disputa de um mundial de F1, elabora um regulamento de um torneio no qual com 5 derrotas um time pode ser campeão, com o óbvio objetivo de facilitar a vida do país sede, e esse país sede chegou até onde chegou nesse torneio sem pegar NENHUMA equipe de comprovada tradição,NÃO TEM O DIREITO DE RECLAMAR DE NADA!!!E é capaz de nem ganhar dos EUA.E se passar de fase, o Brasil vai ENGOLIR a Itália na semifinal.Se fosse o Bernardinho, faria a mesma coisa.Tá comprovado que ele estava certo, haja visto que por mais que uma equipe sem tradição jogue bem(e a Rep.Tcheca jogou muito!!!), na hora H a experiência e tradição falam mais alto.O campeonato começa realmente agora.FORÇA BRASIL!!!!

  • O negócio é o seguinte: No futebol quantas vezes os tecnicos nao colocaram o time “b” devido a tabela ou situação da sua equipe? várias vezes; se o regulamento proporcionou que o segundo colocado tivesse uma melhor oportunidade de avançar ba competição a culpa é de quem criou tal regulamento ( os italianos ), é normal que o 1º colocado tenha privilegios em relação as chaves, mas este campeonato deu priveligio ao segundo colocado, e time esperiente amigos joga com as regras do jogo, ou a italia nao sabia que o Brasil ficaria em 1º? é claro que sim, por isso o regulamento foi editado de tal forma ridícula. Eles só não esperavam que o Brasil não iria observar isso, bem feito, se alguém não foi antes esportivo não foi o Brasil, foram os italianos, porque jogar com o regulamento não é ante esportivo, porém fazer um regulamento que prejudique o melhor ( que já deduziram que o Brasil ficaria em 1º) isso sim é ante esportivo.
    Da proxima vez é so criar um regulamento em que o melhor se beneficie em não o 2º, 3º…..
    Manda ver Brasil…” a melhor seleção de todos os tempos”, isso encomoda a galera.

  • CLARA

    NÃO VEJO VERGONHA NENHUMA. Varios países, como Alemanha , EUA, Inglaterra, Argentina e outros ja fizeram isso e não houve escandalo nenhum. Nem se falou no caso nos respectivos países. O Brasil fez muito bem. Ou voces creem ingenuamente que as grandes potencias do esporte o são somente porque são bons moços? Oras!!!!!!!!!!!

  • Zyva

    O Bernardo teve a sorte de comandar uma geração de ouro e ser idolatrado? Sorte??? Nãoooooooo, talentooooooo!!!! O que falta a muitos. Desde que o Bernardinho passou a comandar a seleção, ela se transformou, entra jogador, sai jogador e continuam ganhando, e isto se chama: sorte?!?!?!?! Não acho, acho sim que o Bernardinho é batalhador e sabe liderar e comandar, não interessa que a maioria não goste dele, mas reconheçam o seu valor ou só sabem falar de derrotados? Ele é mal humorado? E daí? Bom humor não ganha jogo!!!!
    Bernardinho é vencedor, é vitorioso, e acima de tudo é brasileiro!!!!
    E concordo com Ricardo P-36, a Itália não tem o direito de reclamar de nada, e os(as) italianos(as) hipócritas ainda levam faixas para o estádio destratando o técnico, que caras de pau!!! Só que Mastrangelo & cia foram para a PQP…
    Vamos lá BRASIL, vamos lá BERNARDINHO, nós os verdadeiros brasileiros e torcedores estamos com: BERNARDO & CIA.
    Valeuuuuuuuuuuuuuuuu

  • Zyva

    Para quem acha que é sorte do Bernardinho, não é que o cara deu sorte mais uma vez: É TRI-CAMPEÃO!!! Que sorte heim????
    E mais sortudos somos nós que temos um técnico da Seleção de Vôlei tão sortudo hahahahaha…
    É Bernardo, com a sorte que você tem nem precisa comandar, pega um monte de rapazes altos e põe na quadra e manda jogar, e com certeza eles vão ganhar!!! kkkkkkkkkk
    Isto é falta de reconhecimento ao talento do maior técnico que a seleção já teve. Que coisa feia.
    A resposta é pra você mesmo, o 1º.
    Parabéns Seleção Vitoriosa, parabéns Bernardo, mais que vitorioso: Tri!!!!
    Obrigada pela adrenalina e por nos dar esse prazer que é torcer por vocês, e por mais uma vez poder dizer: é campeão!!!
    Valeuuuuuu e será sempre D++++++++

MaisRecentes

Brasil faz dever de casa pela classificação



Continue Lendo

O bipolar Brasil no Grand Prix



Continue Lendo

Vaivém: Campinas apresenta patrocinador e caras novas



Continue Lendo