A notícia que ninguém gostaria de escrever



Atualizada às 19h

O ponta Murilo foi liberado pelo técnico Bernardinho e não viajou para Porto Rico, onde a Seleção fará sua estreia na Liga Mundial. Jaqueline, esposa do jogador, perdeu o bebê que esperava.  A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do casal. Fica aqui publicamente a mensagem de apoio aos dois.

O que vem abaixo é o de menos, mas fica somente como informação. Sem Murilo e com Giba sendo um dos titulares na ponta, os dois João Paulo (Bravo e Tavares) disputam a outra vaga na equipe-base.

Dante, o outro titular na ponta na temporada passada, ganhou alguns dias de folga por ter sido o último a encerrar as competições por clubes. Ele defendeu o Dínamo de Moscou, da Rússia.



  • Vitor

    Sem Dante e Murilo o jogo será um pouco mais complicado, mas contra Porto Rico ainda não é nada que preocupe muito. Acho que o João Paulo Bravo está esperando essa oportunidade a bastante tempo e dará conta do recado.
    Só espero que para os jogos aqui no Rio o time esteja completo. hehe

  • Afonso (RJ)

    A notícia tem como foco a equipe masculina de vôlei, e o desfalque de um dos seus principais jogadores.

    Mas o sentimento que me passa é que a equipe brasileira, o jogo contra Porto Rico, tudo o mais, enfim, perde a importância frente a tragédia da perda do bebê da Jaqueline/Murilo.

    Isso me entristece muito, e fico torcendo fervorosamente para que a notícia não se confirme e tudo não passe de um susto.

  • Vitor

    Nossa, agora que fui ver o motivo. Que o Murilo fique o tempo que for necessário fora. Ficar com a Jaque nesse momento é mais importante que qualquer jogo.
    Força, Jaque. Muita força.

  • Jonathan

    Ah que pena, fiquei triste com a notícia!

  • Jonathan

    *pela Jaque.

  • Afonso (RJ)

    Daniel:
    Compreendo que como bom jornalista, você não quis focar o post na perda do bebê da Jackie, pois era uma notícia até então não confirmada. E parabéns pela elegância de mudar o texto.

    De resto, só nos resta lamentar o fato, torcer pela pronta recuperação do casal, e que na próxima tentativa tudo corra bem.

  • raffael

    Acho que com essa fatidica noticia, quem pode sofrer algumas mudanças agora é a Equipe do Sesi, pois com certeza a Jaque jogara a proxima superliga(de preferencia num time de SP, pois ela quer ficar proximo ao marido dela). Acho que a Sassa dança nessa historia toda, pois a Soninha é ponteira de força, pra virar bola, e com a Jaque de ponta, a Sassa ja não teria toda aquela necessidade.Sassa e Jaque no Osasco funcionavam pq o Natalia era oposta do time, e a oposta do SESI é a Elisangela, que apesar de diversas qualidades, não sabemos como que ela voltou do Japão( nossa Superliga é bem mais forte que a Japonesa ).

  • Ismael

    Nossa passa um filme na minha cabeça, pois no final do ano passado aconteceu com a minha irmã quase que na minha frente de ela perder o bebê tbm no inicio da gestação.
    Foi dos momentos mais tristes e agoniantes que já passei. A felicidade da Jaqueline estava no rosto e com toda certeza não por menos do Murilo.
    Vamos dar um tempo a eles e daqui a um tempo voltará tudo ao normal por mais dificil que seja. A Jaque precisa se recuperar fisicamente e mentalmente e voltará a integrar a seleção brasileira e o Murilo tbm.

    Meus sentimentos ao casal!

  • Rafael

    Que triste noticia!
    Força ao casal e àqueles q o substituirão na seleção…
    Daniel, vc sempre de parabéns!!!

  • Vitor

    A Jaque é guerreira. Já passou por muitas situações complicadas na carreira e se recuperou. Creio que essa seja a pior pra ela. Mas com a ajuda das suas companheiras e principalmente do Murilo, ela vai dar a volta por cima. Ela agora precisa se recuperar emocionalmente para decidir o que fará esse ano. E que o Murilo possa ter o tempo que for necessário para ficar ao lado da esposa.

    Muita força ao casal. Tudo vai dar certo.

MaisRecentes

Biografia de Serginho Escadinha será lançada nesta quinta



Continue Lendo

Lipe fala sobre novo projeto em Ribeirão Preto



Continue Lendo

O primeiro teste do Brasil diante da Polônia



Continue Lendo